Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teoria da Industrialização

No description
by

Andréa César

on 18 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teoria da Industrialização

Teoria da Industrialização
Sobre Otto Peters...
Professor Doutor Otto Peters nasceu em Berlim, na Alemanha, a 6 de maio de 1926.

Concluiu os estudos em 1960 na Universidade Livre de Berlim (além de Educação, estudou Psicologia e Filosofia). Fez o seu doutoramento na Universidade de Tuebingen.

Desde 1965 que acompanha o desenvolvimento do ensino à distância na Alemanha e no mundo.

Ainda sobre Peters...
Pontos Importantes
Princípios Básicos da Teoria de Peters
Otto Peters, em 1967, baseia-se na realidade da sociedade industrial para descrever a educação à distância, fazendo um paralelo entre as caraterísticas da produção fordista e a organização desta modalidade educacional.

Educação à Distância X Produção Industrial
Peters, ao defender a utilização dos conceitos e princípios da industrialização para descrever os sistemas da EaD, deixa claro que faz apenas uma comparação holística e não pretende igualar os processos de produção industrial com os processos de educação à distância.
Trabalho da UC Modelos de Educação a Distância, da 8ª turma do Mestrado em Pedagogia do e-Learning - Universidade Aberta de Portugal.
Grupo: Amélia Mungoi, Andréa Cesar, Elizabeth Batista e Lúcia Couto.
Aspetos da teoria da industrialização
A
racionalização
: é reconhecida como adoção propositada de medidas para alcance de maior produtividade, com menor curso de energia, tempo e dinheiro.

A
divisão do trabalho
: resulta na descentralização da organização do conteúdo e planeamento das aulas.

O caráter de
linha de montagem
: cada pessoa fica responsável por uma parte do processo e não tem domínio único de todo o processo.

A
produção em massa
: aplicada na educação à distância resulta em produtos manufaturados em larga escala, sem nenhuma personalização.
Aspetos da teoria da industrialização

O
planeamento
: quando utilizado na preparação de materiais de uso no ensino à distância, deve ser mais abrangente e pormenorizado.

Os
métodos de controlo científico
: introduzidos por Peters, pois até então, eram negligenciados no ensino.

A
standartização
: permite limitar o tipo de produto a um determinado número, tornando-o mais adequado ao seu objetivo final.
Referências Bibliográficas
Aquino, M., Costa, A. (2011). Industrialização do ensino e política de educação a distância. Ciência em Movimento, 26, 41-51. Disponível em:
https://www.metodista.br/revistas/revistas-ipa/index.php/EDH/article/viewFile/102/66

Farhad, S. (2014). Introduction to Distance Education: theorists and theories: Otto Peters. Disponível em:
http://distance-educator.com/introduction-to-distance-education-theorists-and-theories-otto-peters

Peters, O. (1967). Distance education and industrial production: a comparative interpretation in outline
Disponível em:
http://www.c3l.uni-oldenburg.de/cde/found/peters67.htm

Peters, O. (1993). Understanding distance education. In K. Harry, M. John, and D. Keegan (Eds.). Distance education: New perspectives. (10-18). London, UK: Routledge.

Peters, O. (2004). A educação a distância em transição: tendências e desafios. Trad. Leila Ferreira de Souza Mendes. São Leopoldo, RS: Ed. Unisinos.

Peters, O. (2001). Didática do ensino a distância: experiências e estágio da discussão numa visão internacional. Trad. Ilson Kayser. São Leopoldo, RS: Ed. Unisinos. pp. 213-214

Sewart, D., Keegan, D., and B. Holmberg (eds). (1983) Distance Education: International Perspectives, London and New York: Croom Helm Routledge, pp. 95-113

[Fonte: http://www.hipersuper.pt/2012/05/23/planeamento-dos-gastos-e-prioridade-maxima-para-o-consumidor/]
[Fonte: http://gostandodefilosofia.blogspot.pt/2013_08_01_archive.html]
[Fonte:http://www.halloffame.outreach.ou.edu/2008/peters.html]
Fonte: http://www.labjor.unicamp.br/comciencia/img/ead/ar_mauro/ar_mauro_g.jpg
Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/gestao-e-administracao/fordismo-revolucao-administracao-empresas/
Modelo de Processo de Produção em EaD
Mestrado em Pedagogia do eLearning
Unidade Curricular:
Modelos de Educação à Distância
Coordenação:
Prof. Doutora Lina Morgado
Teoria da Industrialização
Otto Peters
Amélia Mungoi (1400534), Andréa Cesar (1400271), Elizabeth Batista (1400526) e Lúcia Couto (1104245)

Dezembro de 2014
Full transcript