Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A natureza entra em cena: As organizações vistas como organi

No description
by

Ibmr Laurette

on 18 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A natureza entra em cena: As organizações vistas como organi

A Natureza entra em cena


" As Organizações vistas como Organismos ''
Os empregados são pessoas com necessidades complexas.

=> sabendo que as pessoas trabalham melhor quando se sentem motivadas pelas tarefas que devem desempenhar e que o processo da motivação depende de se permitir as pessoas atingirem recompensas que satisfaçam as suas necessidades pessoais.



Saúde Organizacional & Desenvolvimento
Saúde organizacional e desenvolvimento
Seleção Natural
A Visão da população
Ecologia das Organizações
Ecologia Organizacional
A criação de um Futuro Compartilhado
OBRIGADO
A
Todos!!!
A tarefa de empreender mudanças e desenvolvimento organizacional bem-sucedidos, freqüentemente, depende do fato de harmonizar melhor as diferentes dimensões em jogo de tal forma que a organização possa ir ao encontro dos desafios e oportunidades colocados pelo ambiente.
Na natureza, descobre-se que os organismos são dotados de um padrão harmonioso de relações internas e externas como um resultado da evolução.

Forças e Limitações da Metáfora Orgânica
A metáfora encara a sobrevivência como um processo que atribui uma maior flexibilidade à administração, da busca pela satisfação de suas necessidades para conseguirem sobreviver ;
Ao identificar diferentes "espécies" de organizações, realça o fato de que as organizações têm um conjunto de opções, atingindo sua eficácia de acordo com a qualidade das escolhas dos seus administradores;
A inovação será mais incentivada ou menos em função da forma orgânica da organização;
Constante contribuições à teoria e prática do desenvolvimento organizacional.
A metáfora indica a Ecologia como uma analogia ao ambiente complexo de relações interorganizacionais em que as organizações encontram-se inseridas.

Suas configurações e estruturas são muito menos resistentes e seguras do que a estrutura material de um organismo.

A maior parte das organizações não funcionam de forma unificada, como os organismos vivos. Capazes de viverem separados, podendo ocorrer conflitos internos.

Perigo de produzir uma sociedade organizacional povoada pelo "homem organizacional" e pela "mulher organizacional", onde as pessoas tornar-se-iam recursos a serem desenvolvidos, em lugar de seres humanos.
Importantes limitações apresentadas também são evidenciadas:
As principais forças desta metáfora provém
Gareth Morgan
Imagens Da Organização
Apresentaram esse Trabalho os Alunos
Rodrigo Carmo
Daniel Abelha
Bernardo Cândido
Igor Rodrigues
Lucas Maramaldo
Introdução


É possível pensar nas organizações como se fossem organismos.


- Nos anos 20 e 30 sob a liderança de Elton Mayo, na fabrica de Hawthorne da Western Eletric Company em Chicago.
=> Famosa por indicar a importância das necessidades sociais no local de trabalho e a forma pela qual os grupos de trabalho podem satisfazer a essas necessidades.
=> As atividades de trabalho são tantos influenciados pela natureza dos seres humanos como pelo planejamento formal e que os teóricos organizacionais devem prestar muita atenção ao elemento humano da organização.
=> Uma nova teoria da organização começou a emergir, apoiando na ideia que indivíduos e grupos, da mesma forma como os organismos biológicos, atuam melhor quando suas necessidades são satisfeitas.
Estudo de Hawthorne:
Os cargos e as Relações interpessoais poderiam ser redesenhados para criarem condições de crescimento pessoal que simultaneamente ajudariam as organizações a atingir os seus propósitos e objetivos. Desenvolvendo uma liderança mais humana (Democrática). Respeitando os funcionários e desenvolvendo uma ideia de que eles são recursos valiosos para a organização. Aumentando a qualidade do trabalho e com isso melhorando o desenvolvimento de produtos e serviços.

=> Tipos de Necessidades (as motivações)
Auto realização, Autoestima, Sociais, Segurança e Fisiológicas.

* Deve-se ter em mente a interdependência entre a parte técnica e as necessidades humanas.

Teoria da Motivação (Abraham Maslow)
Os indivíduos, grupos e as organizações têm necessidades que devem ser satisfeitas.

O enfoque de sistemas fundamenta-se no princípio de que as organizações, como os organismos estão “aberto” ao seu meio ambiente e devem atingir uma relação apropriada com este ambiente, caso queiram sobreviver.

Aspecto 1º
Sugere que se deveriam sempre efetuar o processo de organização tendo-se em mente o ambiente em geral, e principalmente as interações organizacionais diretas (clientes, concorrentes, fornecedores, governo e sindicato).
Devem ser sensíveis ao que ocorre no mundo que as rodeia

Aspecto 2º

Define uma organização em termos de subsistemas inter-relacionados.
=> Um sistema com seus subsistemas, como um corpo humano.
Reconhecer como tudo depende de tudo o mais e a encontrar formas de administrar as relações entre subsistemas críticos e o ambiente.
As variações de subsistemas organizacionais: Supra sistema ambiental, Subsistemas Estratégico, Técnico, Gerencial, Humano – Cultural e Estruturas.

Aspecto 3º
Tentativa de estabelecer congruências (semelhanças) entre diferentes sistemas para identificar e eliminar disfunções (o não funcionamento do sistema)
Existem diferente tipos de organizações em diferentes tipos de ambientes.
=> Algumas espécies de organizações estão mais bem adaptadas para determinadas condições ambientais do que outras.
O foco da teoría organizacional, como “maquina” (Objetivos, Estruturas e Eficiência) e como “organismo” (Sobrevivência, Relações organização-ambiente e Eficácia organizacional).
Resultados Organizacionais
Características
situacionais
Ações Administrativas
São contigentes
das
Para obter
Abordagem Contigencial
Quando se tenta compreender a ecologia das organizações com essa perspectiva em mente, torna-se necessário compreender que as organizações e os seus ambientes estão engajados em um padrão de criação mútua, em que cada um produz o outro.

Exatamente como na natureza, em que o ambiente de um organismo é composto de outros organismos.
Os ambientes organizacionais são, de forma ampla, compostos de outras organizações.
Assim, uma vez que se reconheça isso, torna-se claro que as organizações são, em princípio, capazes de influenciar a natureza dos seus ambientes.
Podendo desempenhar um papel ativo no delineamento do seu futuro, especialmente quando agem em conjunto com outras organizações.
As organizações, como organismos vivos, dependem, para sobreviver, da sua habilidade para adquirir adequadamente os recursos necessários para sua existencia.
Nesse esforço, tais organizações enfrentam a competição de outras, uma vez que com frequencia existe escassez de recursos, somente os mais adaptados sobrevivem.
A visão da população – A ecologia das organizações
A Variedade de Tipos
Máquina burocrática & Forma Departamentalizada
Eficazes em ambientes simples e estáveis.
São sistemas altamente centralizados.
Lentidão na tomada de decisão
A Burocracia Profissional
Diminuição da centralização
Aumento da Antonimia do funcionarios
Eficazes em ambientes estáveis, em que as tarefas sejam relativamente complicadas
Estrutura Simples
Eficaz em ambientes instável
Organização é muito informal e flexível
Atingem mudanças e manobras rápidas
Tomada de decisão valorizada
Tarefas complexas
Adhocracia
Altamente adequadas para desempenhos de atividades complexas e incertas em ambientes turbulentos.
Equipes de projetos que se formam para desempenhar uma atividade, desparecendo quando esta termina.
Empresas inovadoras
Sistema Vivo – com necessidade e desejos.


As organizações e as técnicas administrativas são estruturas sensiveis as mudanças dos ambientes interno e externo.

Onde encontramos diferentes tipos de organizações que se adaptam a determinados ambientes. E assim caminham de uma forma mais saudável e durável.

Conclusão:
Full transcript