Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Indivíduo e Sociedade - Weber, Norbert Elias e Pierre Bourdieu.

No description
by

Silvia Beltrane Cintra

on 26 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Indivíduo e Sociedade - Weber, Norbert Elias e Pierre Bourdieu.

Indivíduo e sociedade: Marx, Durkheim, Weber, Norbert Elias e Bourdieu
Weber argumentava que a sociologia devia se concentrar na ação social, e não nas estruturas sociais como Marx e Durkheim. Dizia ainda que a motivação e as ideias humanas eram a força por trás da mudança - ideias, valores e opiniões tinham o poder de causar transformações.
Os indivíduos têm a capacidade de agir livremente e de moldar o futuro. Na visão de Weber, as ideias e os valores culturais ajudaram a moldar a sociedade e nossos atos individuais.
Compreender o indivíduo e suas ações;
Partindo do indivíduo e de suas motivações, Weber pretendia compreender a sociedade como um todo;
Conceito básico:
ação social
: ato de se comunicar, se relacionar, tendo como alguma orientação quanto as ações dos outros;
"Outros": pode ser um único indivíduo ou vários, indeterminados e até desconhecidos.
Pontos importantes da Sociologia de Weber
A ação social não é homogênea e nem influenciada
Weber agrupou as ações individuais em quatro grandes grupos:

1) Ação tradicional: hábito familiar/tradição;
"Eu sempre fiz assim."

2) Ação afetiva: satisfação das necessidades/desejos;
"O principal é viver o momento."

3) Ação racional com relação à valores: fundamenta-se em convicções sem levar em conta as consequências;
"Eu acredito que a minha missão aqui na Terra..."

4) Ação racional com relação à fins: avalia a relação entre meios e fins.
"Vamos ver qual é a melhor alternativa".
A ação social não existe em estado puro, os indivíduos mesclam os vários tipos de ação social
Tipos ideiais:
modelos conceituais ou analíticos que podem ser usados para entender o mundo.
As relações sociais consistem na probabilidade de que se aja socialmente com determinado sentido, sempre numa perspectiva de reciprocidade por parte dos outros.
Sociedade
Marx:
foco sobre os indivíduos inseridos nas classes sociais;
Durkheim:
o fundamental é a sociedade e a interação dos indivíduos.
Weber
:

os indivíduos e as ações são elementos constitutivos da sociedade.
Norbert Elias:
analisa a dicotomia (oposição) entre sociedade e indivíduo com o conceito de configuração/figuração.
Não há separação entre indivíduo e sociedade. Tudo deve ser entendido de acordo com o contexto; caso contrário, perdem-se a dinâmica da realidade e o poder de entendimento.
habitus:
conceito que liga Norbert Elias à Bourdieu.
Significa um saber social incorporado durante a nossa vida. É estruturado por meio de instituições socias.
Existem o habitus primário e secundário...
A diversidade
de análises é um dos elementos essenciais do pensamento sociológico.


O fato de existirem pessoas, até ocupantes de cargos governamentais, que não cumprem as leis e normas na sociedade não significa que a maioria da população aja dessa forma. Será que todas as pessoas querem "levar vantagem em tudo" e "tirar o seu" em todas as situações? Tudo pode ser pensado em termos monetários?
Full transcript