Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Supra Renais e Pâncreas

No description
by

Carolina Smith

on 2 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Supra Renais e Pâncreas

Supra Renais
As supra-renais são glândulas localizadas acima dos rins que são responsáveis pela produção de hormônios.
O cortisol é um hormônio que tem as funções de enfrentar o estresse do corpo e reduzir inflamações, entre outras, mas este hormônio, dependendo da sua quantidade no organismo, pode causar diversos problemas como a doença de Addison (cortisol baixo) e Síndrome de Cushing (cortisol alto).
Adrenalina
Este hormônio prepara o corpo para a ação, ou seja, em termos biológicos, para atacar ou fugir.
Aldosterona
Aldosterona é um hormônio esteróide, seu principal alvo é o rim, ele tem a função da regulação da quantidade de sódio e de potássio no sangue.
Está localizado na zona glomerulosa do córtex das glândulas supra-renais.
Doenças relacionadas aos hormônios
A doença Addison:

Pâncreas
O pâncreas é um órgão que fica entre o intestino, o duedeno e o baço, na parte do abdômen. Ele pode medir de 15 a 25 centímetros e é dividido em três partes: cabeça, corpo e cauda. Possui duas funções distintas: a função endócrina e a função exócrina.
FIM!
Supra Renais e Pâncreas
Grupo: Bruna Dias, Carolina Smith, Fernanda Guedes, Mateus Marques e Rafael Mesquita.
Supra Renais
Androgênios
Os Androgênios são hormônios que são responsáveis pelas características do sexo masculino, tanto fisicamente, como psicologicamente. São responsáveis pelo crescimento de pelos corporais, inclusive faciais (foto ao lado), pelo crescimento do pomo de Adão, pelo crescimento do pênis e do saco escrotal, além de serem responsáveis pelo engrossar da voz e pelo desenvolvimento muscular.
O principal andrógeno é a testosterona.



Noradrenalina
A noradrenalina é um hormônio que é produzido nas supra-renais, age da mesma forma que a adrenalina (em situações de estresse ou de perigo) e interfere no sono, na ansiendade, no humor e na alimentação. A noradrenalina é liberada normalmente em pequenas doses, mas nessas ocasiões de aflição, é liberada em doses maiores, assim como acontece com a adrenalina. Além disso, não depende da liberação da adrenalina, apesar de suas estruturas químicas serem bem parecidas.
Fontes: -http://www.significados.com.br/androgeno/
-http://www.mdsaude.com/2008/09/conhea-seu-corpo-supra-renal.html
-http://www.tuasaude.com/cortisol/
-http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Corpo/ sistemaendocrino2.php
-http://drauziovarella.com.br/corpo-humano/pancreas/
-http://pt.wikipedia.org/wiki/Insulina
-http://www.diabetes.org.br/diabetes-tipo-1
-http://drauziovarella.com.br/letras/p/pancreatites/
-http://www.minhavida.com.br/saude/temas/cancer-de-pancreas
-http://www.infoescola.com/hormonios/glucagon/
-http://www.infoescola.com/doencas/sindrome-de-cushing/
-http://corticoidestireoide93.blogspot.com.br/2011/07/funcao-renal-dos-mineralocorticoides.html
-http://www.minhavida.com.br/saude/temas/doenca-de-addison
-http://slideplayer.com.br/slide/1733888/
- Ser protagonista - editora sm - André Canati, Fernando Santiago, João Batista, Juliano Vinãs Salles, Maria Martha Argel, Sílvia Helena Mattei e Virgínia Chacon - Ensino Médio
Cortisol
Doenças relaciondas ao pâncreas
Assim como todos os órgãos do corpo humano, o pâncreas possui doenças associadas a ele. As principais são:


É um distúrbio em que o córtex supra-renal não produz hormônios suficientes causando:
- Baixo nível de cortisol;
- Baixa pressão saguínea;
- Perda de potássio pela urina.

Sintomas:
- Emagrecimento;
- Anorexia;
- Fraqueza muscular;
- Fadiga;
- Tonturas;
- Irritabilidade;
- Depressão;
- Vômito.

O tratamento é baseado em medicamentos prescritos por um médico que deve ser tomado pelo individuo pelo resto de sua vida.
Além dessas, ainda podemos destacar:

· Tumores benignos

· Fibrose cística

· Pseudocisto pancreático

· Hiperinsulinismo Congênito

· Síndrome de Zollinger-Ellison
Câncer de Pâncreas:
Câncer de Pâncreas: Se desenvolve principalmente na região denominada Cabeça do Pâncreas, e o risco aumenta a partir dos 50 anos, principalmente entre os 65 e 80, com maior incidência no sexo masculino. Grande parte dos casos só é diagnosticada em fase avançada, por isso grande parte do tratamento é ineficaz em relação a cura, e só serve para prolongar o tempo de vida do paciente. O tipo mais frequente é o adenocarcinoma, que chega a ser 90% dos casos. A taxa de mortalidade por esse câncer é muito alta, pois o diagnóstico é difícil e a doença é muito agressiva.
Diabetes tipo 1:
Atinge principalmente crianças, adolescentes ou jovens adultos. O que ocorre é que a quantidade de insulina produzida pelo pâncreas é insuficiente, normalmente porque suas células sofrem de destruição autoimune (contudo pode haver outras causas, como problemas genéticos). Os portadores dessa diabetes precisam tomar doses regulares de insulina todos os dias, pois, a falta desse hormônio pode levar a várias consequências, até à morte.
Pancreatite:
Os principais efeitos da adrenalina são:
• Taquicardia (o coração dispara e impulsiona mais sangue para os braços e pernas, os dando capacidade de correr mais e utilizar músculos esqueléticos melhor, com mais rapidez)
• Aumento da frequência respiratória e da taxa de glicose no sangue (isso permite que as células produzam mais energia).

• Contração dos vasos sanguíneos da pele (o organismo envia mais sangue para os músculos esqueléticos)
É o nome dado à inflamação do pâncreas, que pode ser aguda ou crônica. O alto consumo de álcool está diretamente relacionado com a doença. Ela é diagnosticada através de raios-X, exame de sangue e ultrassom abdominal. Existem diferenças entre ambos os tipos de pancreatite:
O sistema endócrino no pâncreas é formado por células chamadas ilhotas pancreáticas e tem a função de produzir hormônios, como insulina e glucagon, que regulam os níveis de açúcar no sangue. Os hormônios produzidos são diretamente lançados no sangue.
Endócrino
Pelos faciais
Síndrome de Cushing:
Essa síndrome é causada pelo excesso de cortisol no sangue.

Sintomas:
- Aumento de peso no pescoço, na maçã do rosto e no tronco
- Braços e pernas finos (perda muscular);
- Pele fina e frágil (isso causa hematomas);
- Fraqueza;
- Irritabilidade;
- Cansaço;
- Insônia;
- Problemas mentais.

*Quando ocorre em mulheres, há também alguns sintomas específicos:
- Crescimento de pelos na face, no abdômen, no tórax, nos braços e nas pernas;
- Mudanças no ciclo menstrual;
- Queda de cabelo;
- Diminuição das mamas;
- Alteração na voz.

Exócrino
Insulina e Glucagon:
Insulina: A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que serve para diminuir os níveis de glicose no sangue, além de ser ativadora de enzimas. Ela é produzida nas células beta do pâncreas.
O sistema exócrino no pâncreas tem a função de produzir enzimas e sucos digestivos que ajudam na digestão e absorção de alimentos e na metabolização dos nutrientes. Depois disso, esses alimentos digeridos passam para o intestino.
A aldosterona aumenta a absorção de sódio e ao mesmo tempo, aumenta a secreção de potássio pelas células.
As consequências do aumento da aldosterona podem ser: aumentar a quantidade total de sódio e reduzir a quantidade de potássio no líquido extracelular.

Glucagon: O glucagon é um hormônio produzido pelo pâncreas nas células alfa, e é o contrário da insulina, pois ele aumenta os níveis de glicose no sangue.
Os Supra Renais são divididos em:
Medula Adrenal
É localizada na parte mais interna das glândulas e é responsável pela produção da Adrenalina e a Noradrenalina.
Córtex Adrenal
Localizado na parte mais externa dos Supra Renais, o Córtex é responsável pela produção da Aldosterona, do Cortisol e dos estrogênios
Tratamento:
O tratamento ocorre de acordo com o que causou a doença. Se a causa foi um medicamento, o mesmo será reduzido ou substituído por outro. Se o próprio corpo está produzindo muito cortisol, o tratamento é feito por meio de medicamentos ou de cirurgia.
Aguda:
Os sintomas são grande dor abdominal súbita, náuseas, vômitos e icterícia. O tratamento é clínico, porém precisa de internação hospitalar, pois é necessário jejum e hidratação de soro na veia. Porém, nesse caso é preciso esperar a desinflamação do pâncreas ficando em repouso, pois não há medicamentos que façam isso. Se a inflamação não regredir, como ocorre em 20% dos casos, ela irá evoluir para uma forma mais grave onde há lesão em diversos órgãos como pulmões, fígado, etc. Em casos ainda mais graves, é preciso fazer uma cirurgia para retirar o material necrótico.
Crônica:
Os sintomas são dor, diarreia e perda das funções exócrinas e endócrinas, resultando na diabetes. Inicialmente o tratamento também é clínico. Além do controle da dor, é preciso deixar o pâncreas em repouso, evitar alimentos gordurosos e adotar uma dieta à base de hidratos de carbono.
Pessoa sob efeito da adrenalina/noradrenalina
Sintomas
Os sintomas incluem:
- Maior volume de urina, que possui glicose;
- Desidratação - sede constante;
- Visão borrada;
- Fadiga;
- Perda de peso;

Após algum tempo há maiores complicações:
- Cegueira;
- Problemas cardiovasculares e renais;
- Gangrena, especialmente no tecido dos pés;
Full transcript