Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pensamento Computacional

Aprender no Séc. XXI
by

Vítor Machado

on 7 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pensamento Computacional

Uma Oportunidade para a
Renovação das TIC nas Escolas Iniciativa Metas Curriculares TIC PENSAMENTO COMPUTACIONAL Aprender no Séc. XXI
implica uma nova ATITUDE - Os professores disponibilizavam conteúdos, factos, informação, fórmulas, teorias, histórias através de formas clássicas de ensino que envolviam a MEMORIZAÇÃO. José Carlos Valente Vera Pires Vítor Machado Pesquisar Selecionar Explorar Discutir Organizar
informação Estabelecer
Prioridades Planificar Questionar Criar alternativas Avaliar
consequências Resolver problemas Tomar decisões Avaliar escolhas Mobilizar saberes Construir Colaborar Partilhar Idealizar Criar Reinventar Reorganizar GERAR
NOVO CONHECIMENTO ONTEM - O professor tem um papel fundamental nesta mudança de paradigma e tem as novas tecnologias ao seu serviço para o apoiar neste desafio. São os professores que têm de alterar a filosofia de ensino e aprendizagem a que, eles próprios, foram submetidos. HOJE - A criança aprende com o apoio dos computadores, desenvolve o seu pensamento cognitivo, constrói o seu conhecimento quando explora informação, quando aprende pela prática, quando discute online, quando reorganiza o conhecimento, mobilizando saberes, quando gera novo conhecimento porque, para além de crítica, é também criativa. - Os alunos constroem as próprias ideias, aprendem de forma ativa e consciente. Os alunos determinam os seus próprios objetivos de aprendizagem a partir das orientações do professor. O Professor Mudança
ao nível das
práticas educativas - Procurar uma abordagem construtivista
- Desenvolver competências tecnológicas
- Deixar de fornecer as respostas aos alunos e começar a questioná-los mais
- Colocar de parte a necessidade de protagonismo e responder às reais necessidades dos alunos
- Trabalhar em equipa para rentabilizar as suas experiências e as dos colegas e, consequentemente, ganhar tempo
- Alterar a conceção de avaliação por parte dos Encarregados de Educação. Nem só os testes são instrumentos de avaliação. Todo o acompanhamento de um projeto é avaliação e pode ser qualificado e quantificado.
- Ao nível das estruturas, a necessidade de horários mais flexíveis no intuito de se conseguirem desenvolver projetos que vão ao encontro das reais necessidades dos alunos e abrangendo várias áreas curriculares;

- Na sequência da avaliação por projetos, também os programas terão de ser mais flexíveis ou os professores flexibilizarem os mesmos, trabalhando em equipa e interdisciplinarmente. E repensar... ...as ferramentas que usamos e o tipo de problemas que pedimos aos nossos alunos para resolver!
Full transcript