Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Explorando a célula

Explorando a célula e suas estruturas
by

Lais Futuro

on 3 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Explorando a célula

Célula
Núcleo
Nucleoplasma
Nucléolo
Cromatina
Carioteca
Presente em todas as células eucarióticas.
Cromossomos estão em seu interior.
Conjunto de
cromossomos
presente no núcleo.
Pode ser dividida em
Eucromatina
e
Heterocromatina
.
Massa densa no núcleo
Constituído principalmente por RNAr.
Molécula de DNA associada a diversas proteínas.
Número de cromossomos varia de espécie para espécie.
Contém os genes.
Cromatina condensada.
DNA metabolicamente inativo.
Cromatina frouxa.
DNA metabolicamente ativo.
Envoltório nuclear.
Constituída por duas membranas lipoproteicas justapostas e forrada internamente por uma lâmina de filamentos proteicos.
Membrana mais externa comunica-se com o retículo endoplasmático.
Possui
poros
.
Ponto onde a membrana interna e externa se encontram e se fundem.
Por onde acontecem as trocas entre o citoplasma e o nucleoplasma.
Solução aquosa que envolve a cromatina e os nucléolos.
Rede citoplasmática de tubos e bolsas membranosos.
Pode ser
granuloso
ou
não

granuloso
.
Retículo
endoplasmático
Não apresentam ribossomos em sua membrana.

FUNÇÕES:
Síntese de ácidos graxos, fosfolipídios e esteróides.
São pouco numerosos na maioria das células, mas podem ser abundantes em certos tipos celulares como células hepáticas e de gônodas.
Apresentam
ribossomos
em sua membrana

FUNÇÕES:
Produção de proteína, principalmente de exportação.
Produção das proteínas lisossômicas.
Produção das proteínas de membrana.
Proteínas que não são produzidas no retículo são produzidas por ribossomos livres no citoplasma.
Dinâmica: Proteína começa a sua síntese em um
ribossomo citoplasmático e dependendo da
sequência inicial de aminoácidos se prende ao
retículo.
Quando termina a síntese o ribossomo se solta da
membrana do retículo.
Estruturas granulosas especializadas na produção de Proteínas.
Complexo
Golgiense
Lisossomo
Do grego, lise – quebra.
Bolsas membranosas que contém dezenas de tipos de enzimas digestivas.
Possui pH ácido.
Pode digerir substâncias endocitadas, ou componentes desgastados da própria célula.
Responsável pela produção de determinados carboidratos.
Responsável pela secreção celular:
- empacota as proteínas e as envia para o meio extracelular.
Também produzem as vesículas que compõem o citoplasma ou o lisossomo.
Recebe vesículas com proteínas dos retículos granulosos e as modifica quimicamente, adicionando glicídios.
Peroxissomo
Contem diversos tipos de oxidases – enzimas que oxidam, formando água oxigenada como subproduto.
Possui catalase – enzima que transforma água oxigenada em água e oxigênio.
Principal função – oxidar ácidos graxos para serem usados na respiração celular e na síntese de coleterol.
São abundantes nas células do fígado e dos rins – processam substâncias tóxicas.
Mitocôndria
Organela com forma de bastonetes numerosas na célula, de dezenas a centenas.
Duas membranas: - externa: lisa e semelhante às demais membranas celulares.
- interna: composição diferente e apresenta dobras ou cristas.
Matriz mitocondrial - líquido viscoso que possui:
- DNA, RNA e ribossomos próprios;
- diversas enzimas.
Responsável pela respiração aeróbia.
Durante a divisão celular cada célula-filha recebe cerca de metade do número de mitocôndrias
da célula-mãe.
Mitocôndrias surgem exclusivamente por autoduplicação.
Núcleo
processo autofágico
processo heterofágico
Centríolos
Pequeno cilindro oco constituído de microtúbulos.
Todas as células eucarióticas, exceto fungos e plantas, possuem um par de centríolos.
Se encontram muitas vezes em uma região de origem de citoesqueleto, chamada centrossomo.

Função:
- Orientação dos fusos acromáticos que auxiliam a migração dos cromossomos durante a
divisão celular.
Citoesqueleto
digestão de partes da própria célula, organelas desgastadas por exemplo.
digestão de partículas alimentares endocitadas pela célula.
Complexa estrutura intracelular constituída por filamentos e tubos de proteína.
Presente apenas em células eucarióricas.

Função:
- Define a forma e organiza a estrutura interna da célula.
- Possibilita o deslocamento de materiais no interior da célula.
- Permite a adesão das células.
- responsável por diversos movimentos celulares.
Célula eucariótica animal
Célula eucariótica vegetal
Núcleo
Retículo
endoplasmático
Complexo
Golgiense
Mitocôndria
Microtúbulos
Organela com forma de bastonetes numerosas na célula, de dezenas a centenas.
Duas membranas: - externa: lisa e semelhante às demais membranas celulares.
- interna: composição diferente e apresenta dobras ou cristas.
Matriz mitocondrial - líquido viscoso que possui:
- DNA, RNA e ribossomos próprios;
- diversas enzimas.
Responsável pela respiração aeróbia.
Durante a divisão celular cada célula-filha recebe cerca de metade do número de mitocôndrias
da célula-mãe.
Mitocôndrias surgem exclusivamente por autoduplicação.
Vacúolo central
- Chega a ocupar cerca de 80% da célula.
- Contém uma solução aquosa ácida composta com íons inorgânicos,
açúcares, aminoácidos e ácidos orgânicos.
- Contém também enzimas digestivas.





Funções:
- Armazena substâncias úteis.
- Função semelhante a de lisossomos nas
células animais.
- reservatório de substâncias prejudiciais.
- armazena pigmentos solúveis em água.
Cloroplasto
Principal tipo de plasto.
Leucoplasto
Cromoplasto
Presente em certas raízes e caules.
Função: armazenamento de amido.
Plasto que possui pigmentos vermelhos ou amarelos.
Responsável pelas cores de determinados frutos e raizes.
Responsável pela fotossíntese - produção de glicídios (alimento).
Características: - forma de uma lentilha alongada.
- a maioria possui duas membranas lipoproteicas mais um complexo membranoso interno
- estroma (líquido interno)
- DNA, RNA e ribossomos próprios
- clorofila - pigmento verde responsável pela captação da luz solar
Plastos: - presentes em plantas e algas
- possui poder de autoduplicação
- origem exclusivamente materna
- possui DNA, RNA e ribossomos próprios
- proplastos das células embrionárias podem
dar origem a qualquer um dos plastos
Responsável pela ciclose
- movimento de organelas e substâncias do citosol arrastada
por correntes resultantes da interação entre moléculas de
actina e miosina que acontece principalmente em células
grandes como as vegetais.
Polimerização de actina
Outras proteínas associadas a actina são responsáveis por movimentos celulares (ex: contração muscular)
Podem ser formados por mais de um tipo de proteína.
Desempenham função estrutural, evitam rompimento, suportam tensão, ajudam a manter a forma da célula.
Formados por polimerização de tubulina.
Se relacionam a movimentos intracelulares, como transporte de velículas, deslocamento de cromossomos.
Também apoiam cílios e flagelos
Cílios e Flagelos
São expansões citoplasmáticas extremamente delgadas, sustentados por um cilindro de microtúbulos, derivados dos centríolos.
São curtos e numerosos
São longos e pouco numerosos
Full transcript