Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Em busca de uma metodologia inclusiva para enisno de teatro

No description
by

Amanda Caline Omar

on 22 July 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Em busca de uma metodologia inclusiva para enisno de teatro

Em busca de uma
metodologia inclusiva
para o ensino de teatro na escola

Objetivos
Refletir e apresentar discussões sobre metodologias do ensino de teatro que permitam a inclusão de estudantes com deficiências em sala de aula regular.
Metodologias
Teatro e deficiência
Deficiência em sala de aula
Considerações finais
Justificativa
Necessidade de entender o uso de abordagens que incorporem práticas inclusivas para ensino de teatro.
Compreender suas aplicações, utilização em sala e importância para o desenvolvimento cognitivo, motor e social dos sujeitos com deficiência.
Jogo Teatral: regras fixas, direcionamentos, foco.

Jogo Dramático: imaginação dramática, criação coletiva sem regras.

Teatro do Oprimido: colocar-se no lugar do outro.
Amanda Omar
Teatro como disciplina interdisciplinar - Tamiozzo,2012;

Abstração da realidade e colocar-se no lugar do outro- Vasconcellos, 2013;

Potencialização dos conteúdos e da autoestima - Costa, 2010;

Compreensão das semelhanças e diferenças- Courtney, 1990
.
Valorização da linguagem não verbal (Oliveira ,2005)

Estímulo à expressividade e consciência corporal (Vasconcellos,2013)

Vivência de emoções de forma organizada (Pires, 2012)

Reconhecimento do outro e crescimento pessoal


Como disciplina inclusiva, pode trazer momentos de prazer e diversão, mas na sala de aula proporciona algo maior: a experiência de criar e se arriscar, contribuindo para a autonomia de cada indivíduo de forma diferenciada.
Referências
BOAL, Augusto. Teatro do Oprimido e outras poéticas políticas. São Paulo: Cosac Naify. 2013.

BORBA, Juliano. O Ator Especial: Estudantes Especiais Atuam no Teatro de Integração. Urdimento - Revista de Estudos Pós-graduados em Artes Cênicas: Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, v. 1, n. 7, p.129-143, Dez, 2005. Anual.

COURTNEY, Richard. Drama and intelligence: a cognitive theory. Montreal: McGill-Queen’s University Press, 1990.

MENDONÇA, J. L. S. et al. Muito além da comunicação: A dramatização na ausência da oralidade – projeto clínico em sala de educação infantil. In: II Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa – ISAAC, Brasil. 2., 2007, Campinas- Anais de resumos e trabalhos completos. Campinas: Gráfica Central da Unicamp, 2007.

MICHELLETO, Franciane, Sonni, Martins. Ensino de arte para alunos com deficiência: Relato dos professores. Marília: Universidade Estadual Paulista UNESP, 2009.

OLIVEIRA, Mirian Martins de. Surdos e Ouvintes - dos bastidores aos aplausos: Em busca de uma autoria em um processo de inclusão pelo teatro. 2005. 141 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Educação, Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2005.

TAMIOZZO, Catiele. Arte/educação da perspectiva da inclusão: desafios contemporâneos. 2012. 42 f. TCC (Graduação) - Curso de Artes Visuais, Departamento de Departamento de Humanidades e Educação, Universidade Regional do Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2012.

VASCONCELLOS, Elaine Lívia Molla de. O Teatro do Oprimido e sua contribuição na formação da criança com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade. 2013. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Artes Cênicas, Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas., Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013..
Full transcript