Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Narrativa Visita Domiciliar 3º Bimestre

No description
by

João Cassorielo

on 17 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Narrativa Visita Domiciliar 3º Bimestre

Narrativa Visita Domiciliar 3º Bimestre
João Vitor Cassorielo dos Santos, Lilian Queiroz


RESUMO

Neste bimestre, cujo o objetivo foi a realização de visitas domiciliares e entender seus métodos de estudos, foi escolhida uma história, entre outras três, para se realizar um estudo de caso. A escolha foi por uma paciente com reincidência de câncer, que nós recebeu duas vezes em sua casa onde contou sua trajetória com a patologia.

INTRODUÇÃO
A paciente N.B. apresenta-se hoje com uma reincidência neoplásica, sendo já feito este ano uma retirada do intestino grosso e hoje em dia apresenta-se fazendo quimioterapia. Este caso ajudou na chegada do objetivo deste bimestre – entender e estudar a visita domiciliar. Assim, através deste caso, pudemos entender não só o processo em que consiste uma visita, mas também os aspectos psíquicos e emocionais em torno desta, incluindo nosso próprios.

MATERIAL E MÉTODOS

Para realizar este trabalho, utilizamos perguntas para estimular a falatória da paciente, afim de obter as informações necessárias, entre elas constavam tanto perguntas abertas, afim de uma visão geral da vida da paciente, além de perguntas direcionas, para obter aspectos importantes e necessários para nós como alunos. Sendo que estas visitas forão realizadas na microárea 1 da área 32 pertencente a UBS do Jardim Industrial com uma moradora desta região.

Resumo Expandido
Sra. N. B., 55 anos, entrevistada nos dias 13 e 20 de agosto de 2013, moradora da Rua João Matheus, 195, área de abrangência da equipe 1 da microárea 32 da UBS Jardim Industrial. Nascida em Alto Paraná, mudou-se para Maringá com 5 anos de idade. Seus pais já são falecidos, sendo que seu pai, A., morreu devido a complicações de uma trombose que primeiramente levou ao amputamento de uma perna, já sua mãe, V., morreu aos 47 anos devido a um AVE e apresentava histórica de hipertensão.
Resumo Expandido
N.B. é aposentada por serviços gerais devido a reincidência de um câncer. Primeiramente a neoplasia se apresentou como um cisto no ovário esquerdo o que acarretou a retirada do útero e de ambos os ovários. Neste ano fez-se quatro anos da operação inicial, porém o câncer se reapresentou, agora no intestino grosso, e desde modo, há 4 meses realizou-se a retirada de vinte centímetros iniciais deste intestino. Hoje, faz quimioterapia a cada 21 dias, tendo que tomar um reforço nos 7 primeiros dias, e injeções para imunidade uma semana após a quimiotepia inicial. Relata sentir muitas náuseas e perca de fome, além de vômitos constantes nos primeiros 7 dias após a dose inicial. Realiza seu tratamento no hospital Santa Rita através do convênio SAMA que têm devido a seu trabalho na prefeitura.
Based on Jim Harvey's speech structures
A paciente mora com seu marido e sua residência está em reforma para que um pequeno cômodo seja construído para que sua irmã possa ficar junto dela. Seu marido, A. atualmente com 59 anos é vigia, trabalhando das 16 às 2 horas, todos os dias exceto domingos, numa fábrica chamada Aludix, que está a cerca de 10 minutos de sua residência. O casal tem 3 filhos: C. (36 anos) e R. (34 anos) moram em Maringá, já A. (33 anos) mora hoje em Campinas. Este último tem uma filha de 14 anos, C. é casada com E., e juntos tem F.de 9 anos e K. de 1 ano e 7 meses. Por fim R. está atualmente grávida de 2 meses.
N.B. tem um relacionamento forte com sua irmã, V.C.B., com qual passa a maior parte do dia, uma relação de cumplicidade pois uma cuida da outra. Além disso é católica praticante, de acordo com ela, sua religião é algo que ajudou a enfrentar sua doença. Ela descobriu o primeiro câncer devido a um inchaço abdominal recorrente. Em primeiro momento foi visto um cisto no seu ovário esquerdo, porém a médica disse não ser perigoso. Pouco tempo depois o cisto havia crescido, estando com 8 cm, e foi pedido assim um ultrassom colorido. No dia do ultrassom N.B. foi sozinha, e durante o ultrassom o profissional já deu o provável resultado. Ela contou que saiu do consultório para tomar um ar, porém sentou na calçada e chorou, logo em seguida ligou para seu filho, e em pouco tempo todos seus familiares estavam no consultório com ela para assim ouvir o diagnóstico definitivo. Dez dias depois realizou-se a cirurgia.
Durante a cirurgia é retirada uma amostra e mandada no mesmo momento para o laboratório por um método de congelamento, e em menos de meia hora o resultado já é divulgado, no caso de N.B. o câncer era maligno, então os profissionais ampliaram a área de retirada, no total durou 7 horas a cirurgia. Hoje em dia após a segunda cirurgia Neli está fazendo as sessões de quimioterapia, que iniciaram em primeiro de agosto e tem previsão de término para Novembro.
Full transcript