Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Sabrine Carla

on 21 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Orientador:
Profº Carlos Roberto Jeronymo Escola Técnica “Lauro Gomes” HORMÔNIOS FEMININOS ENCONTRADOS NAS ÁGUAS DESTINADAS AO ABASTECIMENTO PÚBLICO E SEUS DANOS A POPULAÇÃO Autores:
Danilo Morais de Almeida
Felipe Carneiro Secafim
Izis Ferreira Paixão
Leisiane Ferreira de Oliveira
Narciso Rodrigo dos Santos Vagula
Sabrine Carla de Souza Silva Escola Técnica “Lauro Gomes”




Um dos campos mais proeminentes da área ambiental é o estudo de micropoluentes orgânicos presentes em ambientes aquáticos.

Várias são as substâncias classificadas como desreguladores endócrinos. INTRODUÇÃO Escola Técnica “Lauro Gomes”
Principalmente o 17B-estradiol e 17a-estradiol, estrogênios que possuem alto potencial estrogênico.

A presença desses hormônios em estações de tratamento de esgoto e em águas subterrâneas e superficiais mostra a necessidade de uma avaliação. Escola Técnica “Lauro Gomes” OBJETIVO


Estabelecer normas quanto a concentração em que esses hormônios se encontram na água sem causar malefícios a saúde.

Demonstrar métodos , para extração total ou parcial desses hormônios. Escola Técnica “Lauro Gomes” MOTIVAÇÃO


Depois das mudanças climáticas, a poluição hormonal talvez seja o problema ambiental global mais complexo que a humanidade tem a resolver. HORMÔNIOS Escola Técnica “Lauro Gomes”
O que são?
Como atuam?
Quais seus efeitos?
A produção de estrogênios por homens e mulheres varia em função de fatores como gênero, idade e ciclo reprodutivo. 
A maioria dos estrogênios naturais tem vida curta e não acumulam nos tecidos.
Estrogênios sintéticos como 17α-etinilestradiol e dietilstilbestrol (DES) são mais estáveis e permanecem no corpo mais tempo do que os estrogênios naturais.  Excreção de Estrogênios por Homens e Mulheres Escola Técnica “Lauro Gomes”
Em nosso planeta não existe uma água totalmente pura, sempre a encontraremos contaminada com diversos compostos orgânicos, inorgânicos, gases dissolvidos, partículas sólidas, entre outros.. A ÁGUA Escola Técnica “Lauro Gomes” Escola Técnica “Lauro Gomes” HORMÔNIOS ENCONTRADOS NA ÁGUA
São contaminantes que se disseminam em grande escala pelo planeta a partir do século 20, pondo em risco a biodiversidade e a saúde humana. Conhecidos como interferentes endócrinos. Escola Técnica “Lauro Gomes” Há também estudos que relacionam a exposição fetal a estas substancias a obesidade, distúrbios neurológicos, alergias e doenças autoimunes , sugerindo que alterações do sistema endócrino possam perturbar o sistema nervoso e imunológico. A ANÁLISE DA ÁGUA Escola Técnica “Lauro Gomes”

Água potável é a água que pode ser consumida
por pessoas e animais, que não possui substancias
tóxicas que trazem riscos de se adquirir doenças
por contaminação. PROCESSOS DE TRATAMENTO  Escola Técnica “Lauro Gomes”

O processo convencional de tratamento de água é dividido em etapas. Em cada uma delas existe um rígido controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade Escola Técnica “Lauro Gomes” Escola Técnica “Lauro Gomes” Consiste em separar a parte líquida da parte sólida do esgoto e tratar cada uma delas separadamente, reduzindo ao máximo a carga poluidora, de forma que elas possam ser dispostas adequadamente, sem prejuízo ao meio ambiente. Tratamentos de esgotos


-Da carga orgânica presente;
-Da classificação das águas do rio que recebera o efluente tratado;
-Da capacidade de autodepuração do rio que recebera o efluente tratado;
-Da disponibilidade de área e energia elétrica. Escola Técnica “Lauro Gomes” Para tratar o esgoto, a Sabesp realiza diversos procedimentos diferentes, um para cada tipo de situação ou necessidade. Tais como:
-Ascendente (RAFA) 
- Lagoa facultativa 
- Lagoa anaeróbia 
- Lagoa aerada
- Baias e valas de infiltração 
- Flotação 
- Lagoa de maturação  TRATAMENTO DE ESGOTOS Escola Técnica “Lauro Gomes” Vários tipos de substâncias podem ser encontradas numa amostra , assim o ideal é mensurar a atividade estrogênica total, não importando qual contaminante esteja presente.  MÉTODOS DE QUANTIFICAÇÃO DE HOMÔNIOS INTERFERENTES NO ESGOTO E AGUÁ POTAVEL Escola Técnica “Lauro Gomes”

- in vitro: Reproduzir em laboratório as condições de determinada reação ou fenômeno relacionado a organismos vivos, só que sem utilizá-los.
- in vivo: Se referem a experiências usando seres vivos como cobaias, para aproximar mais os resultados das condições em que acontecem naturalmente. Escola Técnica “Lauro Gomes”
O ozônio é aplicado em diversas atividades como no tratamento de água, no tratamento de efluente, para redução de lodo biológico, no controle de odor nas plantas de tratamento de esgoto, em indústrias no processamento de alimentos, entre outras. Escola Técnica “Lauro Gomes” Em uma estação de tratamento de efluentes, o ozônio pode ser utilizado para desinfecção do efluente e aumento da biodegradabilidade, na redução da cor, na diminuição da turbidez, na redução do lodo biológico e no controle do odor. Ele é um forte agente oxidante, resultando e um germicida muito eficiente. Escola Técnica “Lauro Gomes” Escola Técnica “Lauro Gomes”
-Aumenta a eficiência de oxidação de várias substâncias orgânicas
-A Fotocatálise é considerada um Processo Oxidativo Avançado (POA), sendo capaz de gerar o radical hidroxila ( .OH). Os reatores fotoquímicos geralmente são dotados de uma fonte de radiação UV e são projetados de forma a promover um tratamento contínuo ou em batelada. Escola Técnica “Lauro Gomes” Reatores Fotocatalíticos Escola Técnica “Lauro Gomes”
Dentre os processos biológicos, o mais empregado para degradação de estrogênios é o processo de lodo ativado, capaz de remover de 65 a 99 % de 17β-estradiol e 17α-etinilestradiol, as remoções obtidas variam largamente, de 34 a 98 %. Remoção de 17α-etinilestradiol de águas de abastecimento, utilizando diferentes tecnologias de tratamento físico-químico (segundo a SABESP). Escola Técnica “Lauro Gomes” PRÁTICAS 



-2 ml de amostra de água de poço em cada reator + 200µL do contaminante padrão 17α-Etinilestradiol
- Dosagens pré-calculadas dos oxidantes em cada um dos reatores.
-Agitação em agitadores eletromagnéticos.
-Reatores vedados com filme plástico Escola Técnica “Lauro Gomes” -5 dosagens: 0; 2,0; 10,0; 50,0 e 100,0 mg/L;
-5,0000 µg/L de 17α-Etinilestradiol Adsorção em carvão ativado em pó (cap)
e tratamento  Escola Técnica “Lauro Gomes”
O tratamento físico-químico da água foi realizado empregando-se diferentes combinações de carvão ativado em pó (CAP) e do agente coagulante Sulfato de Alumínio PA - Al2(SO4)3 em cada jarro do equipamento “jar test”.  Estudos de tratamento físico-químico Escola Técnica “Lauro Gomes”
Segundo a SABESP o Hipoclorito de Sódio se mostrou mais efetivo do que o Dióxido de Cloro;
O Hipoclorito de Sódio apresentou maior ação oxidativa sobre a molécula do princípio ativo sobre dosagens de 5,0 e 10,0 mg/L e tempos de oxidação entre 3 e 5 horas;
O CAP apresentou maior efetividade na adsorção do princípio ativo; RESULTADOS Escola Técnica “Lauro Gomes”
O tratamento físico-químico estudado apresentou melhor eficiência de remoção do 17α-Etinilestradiol, para a combinação de dosagem: 5,0 mg/L de CAP e 5,0 mg/L de coagulante;
Entre as tecnologias estudadas pôde-se destacar a adsorção em CAP, não apenas pela elevada eficiência de remoção apresentada no estudo, mas também por ser um material inerte, de simples remoção e por não demandar a adição de produtos químicos na água. Escola Técnica “Lauro Gomes” Escola Técnica “Lauro Gomes” A análise química de desreguladores endócrinos é sensível e específica, entretanto, é limitada, uma vez que somente as substâncias-alvo são analisadas.
 Conclui-se que, o uso de bioensaios, juntamente com métodos de análise químicos, parece ser a melhor estratégia durante a avaliação da remoção de desreguladores endócrinos de amostras de águas e efluentes. CONCLUSÃO Escola Técnica “Lauro Gomes” Conscientizando a população do alto índice de riscos trazidos por esses hormônios, o número poderia ser diminuido através de medidas simples:
-Diminuição da utilização de anticoncepcionais pelas mulheres;
-O uso de preservativos feminino e masculino (camisinha).
Com a queda da utilização mundial de anticoncepcionais, sua concentração diminuiria, pois a cada dia a população aumenta, a taxa de hormônios encontrados também. Escola Técnica “Lauro Gomes” Definição da água potável Tratamento de água Os níveis e a maneira de se tratar os esgotos dependem: Determinação da atividade estrogênica por ensaios in vivo e in vitro Ozonização Sistema de ozonização Processos oxidativos avançados: Degradação de estrogênios por processos biológicos Oxidação com hipoclorito de sódio ou dióxido de cloro Escola Técnica “Lauro Gomes” ABERTA A SESSÃO
DE
PERGUNTAS Escola Técnica “Lauro Gomes” OBRIGADO!
Full transcript