Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

dsdasdas

No description
by

Rui Piassini

on 5 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of dsdasdas

TEORIA MARXISTA DA EDUCAÇÃO
INTRODUÇÃO
PRINCÍPIOS
A PEDAGOGIA COMUNISTA
CARÁTER DA TEORIA EDUCACIONAL DA URSS
PONTOS CHAVE DA
PEDAGOGIA SOVIÉTICA
EDUCAÇÃO NA RDA
EDUCAÇÃO NO COMUNISMO POLACO
OUTROS PAÍSES COMUNISTAS
ESPANHA
CHINA
CUBA
PEDAGOGIA NEOMARXISTA
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL
FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO
MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

DISCIPLINA: TEORIA DA EDUCAÇÃO
PROF. DR. JUAN JOSÉ MOURIÑO MOSQUERA
TEORIA MARXISTA DA EDUCAÇÃO
In: CABANAS, José María Quintana. "Teoria da Educação. Concepção Antinômica da Educação". Porto: ASA, 2002. Capítulo 9.
Acadêmicos: Beatriz Diconca
Dinorá Meinicke
Márcia Villas Bôas
Rui Piassini
Síntia Ebert
Perguntas de um Operário Letrado

Quem construiu Tebas, a das sete portas?
Nos livros vem o nome dos reis,
Mas foram os reis que transportaram as pedras?
Babilónia, tantas vezes destruída,
Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas
Da Lima Dourada moravam seus obreiros?
No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde
Foram os seus pedreiros? A grande Roma
Está cheia de arcos de triunfo. Quem os ergueu? Sobre quem
Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio
Só tinha palácios
Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida
Na noite em que o mar a engoliu
Viu afogados gritar por seus escravos.

O jovem Alexandre conquistou as Índias
Sozinho?
César venceu os gauleses.
Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço?
Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha
Chorou. E ninguém mais?
Frederico II ganhou a guerra dos sete anos
Quem mais a ganhou?

Em cada página uma vitória.
Quem cozinhava os festins?
Em cada década um grande homem.
Quem pagava as despesas?

Tantas histórias
Quantas perguntas
Bertold Brech
Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis.
Bertold Brecht
Pedagogia Marxista

Pedagogia socialista

Pedagogia Sociologista
MATERIALISMO DIALÉTICO
CULTURA
ANTROPOLOGIA IMAMENTISTA E EVOLUCIONISTA
TRABALHO
PRAXIS
CONFLITO DE
CLASSES NA
BURGUESIA
SOCIEDADE
SEM CLASSES
ALIENAÇÃO
PROPRIEDADE
COLETIVA
REVOLUÇÃO VIOLENTA
DITADURA DO
PROLETARIADO
Educação como fator ambiental e metodológico
Educação no grupo e pelo grupo
Formação prática
Trabalho é o meio e o fim
Formação polivalente
Educação física e estética
Educação moral
Formação do "homem novo"
Educação dogmática e autoritária
Educação compete ao estado
Escola única e igual para todos
Coeducação absoluta
Objetivo social
URSS
RDA
POLÔNIA
ESPANHA
CUBA
POUCA TEORIA
X
BOA PRÁTICA
EXCLUSÃO DA
PEDAGOGIA
OCIDENTAL
PSEUDOCIÊNCIA
BURGUESA
BARANOW
PRINCÍPIOS
MARXISTAS
MANUAL
PEDAGÓGICO
MANUAL DE PEDAGOGIA
ACADEMIAS DE CIÊNCIAS PEDAGÓGICAS DE MOSCOU E DE BERLIM ORIENTAL
FALTA DE INFORMAÇÃO

ATRASO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO

FALTA DE CRÍTICA

MUITO DISCURSO IDEOLÓGICO

MUITAS REFERÊNCIAS POLÍTICAS
DIMENSÕES DA PEDAGOGIA SOVIÉTICA
Ideologia marxista

Cosmovisão comunista

Programa da pedagogia
marxista
Inapropriada para quem não tem mentalidade marxista
Pedagogia realista

Experiência prática

Bom senso

Valores da Pedagogia Perene

PAÍSES LIBERAIS X PAÍSES COMUNISTAS
Crise de autoridade
Professores impotentes

Métodos ativistas
e globalistas
Não exigem do aluno
Esforço
Concentração
Memorização

Pretensão de respeito
às iniciativas e opções dos alunos
Abandono à incerteza e inexperiência

Exige-se dos alunos
Respeito
Atenção
Obediência

Rendimento na aprendizagem

Cortesia com os mais velhos

Responsabilidade com a sociedade

Disciplina na aula

Personalidade consciente
Atitude positiva individual e coletivamente


Educação como elemento essencial da superestrutura
1
2
Educação consiste em certos homens atuarem sobre outros
Desenvolvimento multifacetado e harmonioso da personalidade
Participação ativa
Cosmovisão marxista-lininista
Moral comunista
União entre
Ensino
Trabalho produtivo
Ginástica
Educação politécnica
3
4
Educação igual, gratuíta e obrigatória em instituições estatais
Liberdade linguística
Educação laica e em regime de co-educação
5
Papel importante do trabalho na formação da criança
Principal aspecto do homem é a atitude social
6
DIDÁTICA
Ciência e sistematização
Ensino intuitivo
Muitos exercícios práticos
Síntese pessoal por meio de atividades em casa
7
Participação dos alunos na política
Associação Juvenil
Organização de Pioneiros
Amor à pátria
8
Alunos organizados em, agrupamentos chamados coletivos
Vivem
Estudam
Trabalham
9
Pressupostos da boa educação familiar
Autoridade paterna
Horário
Hábituar a criança a leitura e ao trabalho
10
Imperislismo como inimigo da humanidade
Aversão a exploração e opressão capitalistas
11
Professor censura faltas sob forma de más notas
Trabalho em grupos
Aplicação
Rendimento
12
Formação das crianças na disciplina

Trabalho doméstico

Ordem e limpeza da casa
Trabalho de utilidade social
13
CONCEITO
OBJETIVO
MILITARISMO
INTENCIONALIDADE
EDUCAÇÃO
MORAL
IDEOLOGIA
ANTROPOLOGIA
CONCEITO
DE EDUCAÇÃO
DIMENSÃO
SOCIAL
OBJETIVOS
OUTROS
ASPECTOS
Eliminação da linguagem
reacionária
Aboliu-se antigo sistema
antidemocrático
Conteúdos conformaram-se ao
socialismo
Organizações juvenis
Somente escolas estatais
Ramos da Pedagogia Marxista na década de 1970
Europedagogismo
Retardar tomada do poder por razões conjunturais
Objetivos imediatos
Substituir escola e cultura burguesas por marxistas
Supressão da liberdade de ensino
Escola única, pública e laica.
Supresssão do ensino privado
Unificação dos ensinos médios
Autogestão da educação
Professores: trabalhadores do ensino
União entre estudo e trabalho
PRINCÍPIO
OBJETIVOS
MORAL
TRABALHO
FAMÍLIA
FINALIDADE
EDUCAÇÃO E
TRABALHO
CONCEPÇÃO: política
Mao Tsé
1940
Cultura
Nacional
Científica
Massas
1949-54
Alfabetização de massas
Criação de escolas e universidades
1958-59
ualCrítica ao modelo soviético
União do trabalho manual e intelect
1960-63
Volta ao ensino livresco

1966
Revolução Cultural
REVOLUÇÃO CULTURAL
Evitar o contágio dos jovens pelo capitalismo

Promoção de ações estudantis

Maior importância ao marxismo do que aformação profissional

Continuidade do estudo dos alunos se dá pela atitude política

Encurta-se o tempo de ensino

Reeducação dos professores
OBJETIVO
"...controle dos intelectuais educados à maneira soviética e que formavam uma elite técnica."
CARACTERÍSTICAS
Aproveitamento máximo dos recursos

Participação dos estudantes

Integração da escola com a sociedade

Combinação de teoria e prática

Auto-sustentação das instituições

Oportunidades para todos

Esperação que o ensino se estenda dos jovens aos adultos, dos filhos aos pais
O homem é um ser social.
Formação do homem novo
Concepção científica do mundo
Formação múltipla, harmoniosa e coerente

Base sólida do conhecimento
Atitude consciente
Conduta progressista e revolucionária
Educação política

Educação patriótica

Internacionalista
Mentalidade de produtor

Não mentalidade de consumidor

Contribuição a economia nacional
MORAL
PRINCÍPIO
OBJETIVO
TRABALHO
FAMÍLIA
Fator de maior influência na educação das crianças e dos jovens
FINALIDADE
Jovens
Cultos
Coletivistas
Honestos
Responsáveis
Corteses
Fisicamente aptos
Patriotas
Internacionalistas
Desenvolvimento das crianças e dos jovens no coletivo, através do coletivo e para o coletivo
EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO
Educação unida ao
trabalho produtivo
Contribuição para o desenvolvimento do seu povo
CONCEITO
"o objetivo de todas as instituições educativas é procurar um elevado nível de formação para todo o povo e a educação e a instrução de pessoas socialistas desenvolvidas de um modo pluridimensional e harmonioso, de tal maneira que configurem conscientemente a vida social, modifiquem a natureza e levem uma vida plena, feliz e digna do Homem" p.179
OBJETIVO
Fomentar o desenvolvimento da força criativa e da iniciativa revolucionária.

Progressiva formação da sociedade socialista avançada.
MILITARISMO
Recursos
Educação moral

Integração no coletivo

Autogoverno das crianças

Atividades de tempo livre

Educação cívica e política

Defesa civil

Educação para a paz

Educação militar
Recursos
Após período de formação social
Formação ativa
Defesa civil
Socorrismo
Enfermaria
militar
Técnicas
contra incêndio
Proteção do lar
Conservação
da saúde
Formação pré-militar

Defesa da paz
INTENCIONALIDADE
Potencialidade educativas da vida comunitária
Aplicadas expressamente
Influenciar
a criança
EDUCAÇÃO MORAL
Formação de hábitos e convicções
Continuidade e unidade nos estímulos
Educação deve ser exigente com o sujeito
CARACTERÍSTICAS
IDEOLOGIA
Teoria marxista

Moral como fenômeno social

Flexibilidade temporal

Otimismo

Função da educação: preparação dos indivíduos para a vida
ANTROPOLOGIA PEDAGÓGICA
Homem é produto de si mesmo.

A natureza humana muda ao longo da história.

Homem não é um ser acabado.
CONCEITO
DE EDUCAÇÃO
Ajuda imprescindível
Autoprodução
Rigor/praticidade
Conteúdo
Esfera da civilização
Domínio da personalidade
Esforço
Pedagogia
Diretiva e coercitiva
DIMENSÃO
SOCIAL
Formação de combatentes para o progresso social.

Educação como meio revolucionário.

OBJETIVOS
Conjugação dos objetivos sociais e individuais.

Desenvolvimento multifacetado e consciente do indivíduo.

Conceitos
Sociedade, trabalho, cultura.

Preparação do jovem para viver e atuar na coletividade.
Trabalho e realização pessoal

Projeção para o futuro

Moral deve ser natural - Hegel

Religião como ilusão

Arte: força da educação
OUTROS ASPECTOS
Divergências políticas

Maoísmo e eurocomunismo

Divergências doutrinárias

Anarquismo

Divergências teóricas

Alienação

Reich
Alienação não é econômica mas sexual
Escola de
FRANKFURT
MARCUSE
Exploração capitalista consiste na produtividade e no rendimento, reprimindo a dimensão afetiva, imaginativa e lúdica.
Alienação
Ser unidimensional
PEDAGOGIA DA
NOVA ESQUERDA
Objetivos

Minar valores capitalistas
Enfraquecimento e desmoronamento do capitalismo
Não pretende tomada direta do poder
Movimentos

Teologia da Libertação

Pedagogia da Libertação
(Pedagogia Crítica)
(Pedagogia Emancipatória)
BREZINKA
Através da educação formar pessoas capazes de crítica ideológica e de se libertarem dos vínculos que as unem às normas e crenças próprias da sua cultura.
EUROPEDAGOGISMO
Hegel
Full transcript