Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

SNC e POCAL

No description
by

Sandra Braga

on 6 January 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SNC e POCAL

SNC vs POCAL
Sumário
1. Contabilidade geral
1.1 Funções
2. Sistema de Normalização Contabilística (SNC)
2.1 Normalização contabilística em Portugal
2.2 Código de contas
2.3 Demonstrações financeiras
3. Contabilidade autárquica
4. Plano Oficial das Autarquias Locais (POCAL)
4.1 Destinatários
4.2 Código de contas
4.3 Demonstrações financeiras
5. Componente prática
6. Atividade prática
Síntese
Bibliografia
Webliografia
1. Contabilidade geral
1.1 Funções
1. Contabilidade Geral
Prova de Aptidão Profissional
Sandra Marisa Pereira Braga
Viana do Castelo, 12 de junho de 2015
Utilizadores externos
Investigadores

Credores (Bancos e Fornecedores)

Clientes

Concorrência

Estado e outras entidades públicas

Empregados
2. Sistema de Normalização Contabilística (SNC)
É um modelo de normalização assente mais em princípios do que em regras explícitas e que se pretende em sintonia com as normas internacionais de contabilidade adotadas na União Europeia (UE)

2.1 Normalização contabilística em Portugal
Está dividida por cinco entidades:

Banco de Portugal
Instituto de Seguros de Portugal
Comissão de Normalização Contabilística
Comissão de Normalização Contabilística da Administração Pública
Comissão do Mercado de Valores Mobiliários


Gestores

Administração

Direção

Trabalhadores

Proprietários da empresa

Mutantes

Utilizadores internos
2.2 Código de contas


Classes 1, 2, 3, 4 e 5 Balanço

Classes 6 e 7 Demonstração dos Resultados

Classe 8 Balanço e Demonstração dos Resultados
2.2 Código de contas
Classe 1 – Meios Financeiros Líquidos
Classe 2 – Contas a receber e a pagar
Classe 3 – Inventários e ativos biológicos
Classe 4 – Investimentos
Classe 5 – Capital, reservas e resultados
transitados
Classe 6 – Gastos
Classe 7 – Rendimentos
Classe 8 – Resultados

2.3 Demonstrações financeiras
A avaliação da performance de uma entidade constitui um dos principais objetivos das demonstrações financeiras, uma vez que os utentes das demonstrações financeiras, e, em particular, os acionistas, querem avaliar a rentabilidade obtida.

4. Plano Oficial de Contabilidade das Autarquias Locais (POCAL)
Integra
três
componentes fundamentais:

contabilidade orçamental
contabilidade patrimonial
contabilidade de custos

4.1 Destinatários
Freguesias
Municípios e serviços municipalizados
Associações de municípios e de freguesias de direito público
Áreas metropolitanas
Assembleias distritais
Juntas de turismo e regiões de turismo
Outras entidades sujeitas ao regime de contabilidade das autarquias locais


3. Contabilidade Autárquica
É o ramo da contabilidade que se dedica ao estudo do património dos entes públicos

Objetivo:
tratamento da informação contabilística inerente à Administração Financeira do Estado, assim como, a aplicação das regras a que está sujeita a elaboração e execução do Orçamento do Estado
4.2 Código de contas
Classe 0 Contas de controlo orçamental e de
ordem

Classes de 1 a 5 Balanço

Classes 6, 7 e 8 Contas de resultados





4.2 Código de contas
Classe 0 – Contas do controlo orçamental e de ordem
Classe 1 – Disponibilidades
Classe 2 – Terceiros
Classe 3 – Existências
Classe 4 – Imobilizações
Classe 5 – Fundo patrimonial
Classe 6 – Custos e perdas
Classe 7 – Proveitos e ganhos
Classe 8 – Resultados

5. Componente prática
Câmara Municipal de Valença

Algumas das tarefas desenvolvidas:
fazer os lançamentos das OPs (ordens de pagamento)
classificar recibos
controlar todas as entradas e saídas de valores monetários no dia anterior, ou seja, conferir as folhas de caixa
classificar faturas de cada entidade, procurando o número da fatura no Sistema de Contabilidade Autárquica (SCA)
5. Componente prática
Roguel - Assessoria e Contabilidade, Lda
Algumas das tarefas desenvolvidas:
classificar documentos de acordo com o código de contas
efetuar lançamentos no programa MDI Contabilidade
fazer a reconciliação bancária, ou seja, comparar e harmonizar os extratos bancários com os controlos contabilísticos internos da empresa

6. Atividade prática
Visita de Estudo ao Estaleiro Municipal
Armazenagem dos produtos em stock

Visita de estudo à Câmara Municipal de Valença
Edifício principal da Camâra (Gabinete de Apoio à Presidência, Gabinete de Recursos Humanos e Assembleia Municipal)
Secção de contabilidade, secção de compras e aprovisionamento, tesouraria e arquivo
Síntese
Bibliografia
Almeida, R. M. P., Dias, A. I, Carvalho F. (2009). SNC explicado. ATF- Edições Técnicas

Almeida, R. M. P. (2010). SNC Legislação. ATF- Edições Técnicas

Luís, J. G. (1999). Plano Oficial de Contabilidade Das Autarquias Locais. Vislis Editores

Caiado, A. C. P., Pinto A. C. (1997). Manual do Plano Oficial de Contabilidade Pública. Vislis Editores

Rodrigues J. (2009). Sistema de Normalização Contabilística Explicado. Porto Editora

Webliografia
“Contabilidade é a ciência do cálculo aplicado à vida comercial ou simplesmente a ciência das contas.”

(R. Dória, 1903)

http://www.airc.pt
http://www.dgaa.pt
http://www.igf.min-financas.pt
http://www.oroc.pt
http://recipp.ipp.pt
http://www.otoc.pt
http://www.autarnet.com
http://www.portalautarquico.pt
http://www.cnc.min-financas.pt

Páginas web
Acedido em:
setembro de 2014
outubro de 2014
outubro de 2014
dezembro de 2014
janeiro de 2015
fevereiro de 2015
março de 2015
março de 2015
março de 2015

Avizinha-se uma reforma da contabilidade pública em Portugal tendo por base o processo de adoção das Normas Internacionais de Contabilidade Pública (designadas IPSAS).
Em breve será aprovado o Sistema de Normalização Contabilística para a Administração Pública (SNC-AP) que revogará o POCP e planos sectoriais.
A recente crise económica que o país tem atravessado evidenciou novas necessidades de informação contabilística, a que o anterior sistema, assente no Plano Oficial de Contabilidade Pública (POCP), já não responde.
2.3 Demonstrações financeiras
Balanço

Demonstração de resultados por natureza

Demonstração de resultados por funções

Demonstração de fluxos de caixa (DFC)
A contabilidade é a ciência que controla a atividade da empresa e o registo dos factos patrimoniais, revelando, posteriormente, todo o património da empresa
Registo
Controlo
Avaliação
Previsão
4.3 Demonstrações financeiras
Regista todos os factos patrimoniais

Controla a situação económica e financeira da empresa

Avalia os bens que estão na empresa e toda a sua atividade

Faz previsões para o futuro das empresas
Análise
Analisa todos os registos da empresa de forma a tomar decisões mais fundamentadas
Câmara Municipal de Valença
Estaleiro Municipal
Balanço

Demontração de resultados por natureza

Demonstração de fluxos de caixa
Full transcript