Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Copy of Coesão e Coerência

No description
by

Marina Tavares

on 6 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Copy of Coesão e Coerência

Coerência e Coesão
A noção de coerência não se aplica, isoladamente, ao texto, nem ao autor, nem ao leitor, mas se estabelece na relação entre esses três elementos.
Não pressupõe, necessariamente, a ligação entre os enunciados de forma explícita.
A construção da coerência demanda conhecimentos em certas culturas e épocas quanto a formas de comportamento.
Coesão:
Parágrafos que dão continuidade uns aos outros.

Aspecto fundante da textualidade e não resultante dela
Coesão:

Os elementos de coesão determinam a transição de ideias entre as frases e os parágrafos.

Coesão:
-conexão;
-ligação;
-harmonia;

A coerência depende também de fatores como a focalização e a seleção lexical.
INTRODUÇÃO
O que queremos dizer quando afirmamos que um texto ou um trecho está incoerente? E quando constatamos que a coesão está prejudicada em determinado trecho?
Há vários recursos que respondem pela coesão do texto, os principais são:
*Palavras de transição: são palavras responsáveis pela coesão do texto, estabelecem a inter-relação entre os enunciados (orações, frases, parágrafos), são preposições, conjunções, alguns advérbios e locuções adverbiais:
-primeiramente (começo, introdução)
-do mesmo modo (continuação)
-portanto (conclusão)
-enquanto isso (tempo)
-conforme (semelhança, conformidade)
-em virtude de (causa e consequência)
- então (exemplificação, esclarecimento)
*Coesão por referência: existem palavras que têm a função de fazer referência, são elas:
- pronomes pessoais: eu, tu, ele/a, me, te, os...
- pronomes possessivos: meu, teu, seu, nosso...
- pronomes demonstrativos: este, esse, aquele...
- pronomes indefinidos: algum, nenhum, todo...
- pronomes relativos: que, o qual, onde...
- advérbios de lugar: aqui, aí, lá...
*Coesão por substituição: substituição de um nome (pessoa, objeto, lugar etc.), verbos, períodos ou trechos do texto por uma palavra ou expressão que tenha sentido próximo, evitando a repetição no corpo do texto:
Na tirinha Calvin faz referência a sua
mãe
com o pronome pessoal
ela.
<http://apatossauros.files.wordpress.com/2007/10/calvinharodotira354.gif>
Coesão :
Cuidado com a ambiguidade!

Observe o seguinte período:
“Maria deixou a sala completamente suja”.
Nesse caso, o problema de coesão resulta em uma ambiguidade: quem estava suja? Maria ou a sala? Para desfazer a ambiguidade, poderíamos agir da seguinte maneira:
“Maria deixou a sala que estava completamente suja.” ou “Maria estava completamente suja quando deixou a sala.”

Mafalda substitui
país subdesenvolvido
por
país amador.
<http://4.bp.blogspot.com/-vVHrCwuJJiA/UBQGEZsNvvI/AAAAAAAAB4Y/qyx5I0a9cIo/s1600/mafalda.jpg>
Coerência :
"um princípio da interpretação do discurso"
CHAROLLES-1983
A coerência busca organizar o núcleo em torno do qual giram os enunciados textuais buscando relações lógicas entre as ideias, apoiando-se em mecanismos formais, de natureza lexical ou gramatical, e no conhecimento compartilhado entre os usuários da língua. Não é uma realização local, mas global, embora possa ter, em muitos casos, um desenvolvimento local. Nisso se distingue de forma clara da coesão textual.
relação lógica entre as
ideias
Ideias que devem se
complementar
Pressupõe a manutenção temática, embora, em certos casos dependendo da intenção do autor ou do gênero textual, a fuga do tema seja utilizada como estratégia da própria coerência.
Coerência :

A coerência não é uma propriedade empírica do texto, mas , um trabalho do leitor sobre as possilidades interpretativas do texto
Herança de propriedades
que um elemento traz para dentro do texto
Definir coerência demanda considereções de alguns fatores, entre eles são :
Depende em parte do uso
da língua socialmente
instituído.
Alguns exemplos :
- Adorei o jogo da seleção brasileira. Perdemos de 2 a 1 (uso de ironia)
referências bibliográficas
ESCRITA E CORÊNCIA
http://www.mundoeducacao.com/redacao/coesao-coerencia.htm
http://editora-arara-azul.com.br/novoeaa/revista/?p=44
produção textual análise de gêneros textuais-MARCUSHI, Luiz Antônio
Full transcript