Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Psicologia do Testemunho

No description
by

julianna rufino

on 26 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Psicologia do Testemunho

Psicologia do Testemunho
O tripé do testemunho:
Percepção
Memória
Expressão do Fato


Depende:
a) do modo como se percebeu o acontecimento;
b) do modo como a memória o conservou;
c) do modo como é capaz de evocá-lo;
d) do modo como quer expressá-lo;
e) do modo como pode expressá-lo.

Questionamento

Qual a relação existente entre o relato espontâneo, o direcionamento do interrogatório e a garantia de maior honestidade nas respostas dadas por sua testemunha?
Percepção
Atribuir significado às informações (experiências) captadas pelo sistema sensorial (que chegam ao córtex cerebral).

Influência de diversos fatores internos e externos ao observador.

O testemunho pode sofrer tanto a deformação vonluntária e consciente do indivíduo como a distorção involuntária.
A percepção é afetada pelos automatismos mentais (hábitos): completamos as percepções da realidade com o todo já conhecido.

Há dificuldades de notar mudanças com pessoas ou situações com que se convive diariamente.

Situações de estresse elevado e violência tendem a diminuir a capacidade de adaptação das informações, bem como estar sob o efeito de substâncias químicas.
Memória
Armazenamento das representações (de informações e experiências vividas), sua fixação, retenção e posterior evocação.
Tipos de memória:
1. Memória processual: dá novas habilidades ao corpo;
2. Memória episódica: memória de acontecimentos marcantes;
3. Memória visual: registra rostos, formas, lugares;
4. Memória topocinética: registra movimentos, a posição do corpo no espaço (GPS natural);
5. Memória semântica: adquirida pela transmissão do saber de forma escrita, visual ou sonora.

Quanto ao tempo de armazenamento:
1. Memória de trabalho;

2. Memória de curto prazo;

3. Memória de longo prazo.
Fatores que afetam a retenção e evocação da memória
Atenção e concentração;

Fatores emocionais;

Lapso temporal.
Expressão do fato
- Descrever os fatos com fidelidade
* Tendências afetivas;
* Ausência de habilidades de expressão (inteligência verbal);
* Lembranças fragmentadas;
* Ambiente de interrogatório, tipos de perguntas e linguagem usada entre investigador e testemunha.
Afetam a expressão do fato:
Fidedignidade do Testemunho
1. Análise prévia do tipo de personalidade e das relações afetivas da testemunha.

2. Preferência por relatos espontâneos ao obtido por interrogatório.

3. Expressões faciais, linguagem não-verbal.

4. Pedir à testemunha a descrição dos fatos e não a interpretação deles.
Considerações finais
- O tipo de personalidade, os hábitos e as tendências afetivas da testemunha afetam a elucidação feita por ela sobre os fatos.
- O testemunho pode conter erro de percepção, erro de memória e erro de expressão.
- Outras interferências: comentários de outras pessoas sobre o acontecimento, a mídia, novas informações
- A utilização dos instrumentos de análise psicológica
pode favorecer a compreensão da verdade real perseguida pelo Direito.
Full transcript