Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A psicoterapia Histórico-Cultural em ação: apresentação de

No description
by

Catarina Kin Masukawa

on 5 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A psicoterapia Histórico-Cultural em ação: apresentação de

O papel do terapeuta
Hipóteses
Sujeito ativo
A psicoterapia Histórico-Cultural em ação: apresentação de um caso
UFSC - Depto de Psicologia: 2015.2
Alunos: Alana Anijar, Catarina Kin, Guilherme Arthur, João Ilson, Jorge Vianna, Joicy Veras e Marcelle Fernandes

O caso
O contexto
Independência de Cuba
Teoria Histórico Cultural?
O processo terapêutico
O processo terapêutico



Situação delicada no atual matrimônio
4) Mudança a partir da ressignificação

5)O campo de posição política e ideológica

6) A cultura, os processos sociais e os processos de subjetivação

7)Função de reabilitação ou recuperação
Em 1868 eclode 1ª Guerra “grito de Yara”;
Fevereiro de 1878, um acordo de paz;
líder nacionalista Antonio Maceo (1845-1896), não aceita as condições oferecidas e continua a luta;
A guerra recomeça em 24 de fevereiro de 1895, com o “grito de Baire”. Morrem muitos civis, povoados e cidades foram destruídos.
Ajuda Norte-americana.
Contribuição Vygotsky

Conceito de uma teoria
O contexto
Revolução cubana
* 1901, emenda de Platt;
Cuba independente porem dominada;
Varias ocupações militares;
década de 1950, general Fulgêncio Batista;
Entre 1956-1959 focos de guerrilhas por Fidel Castro, Ernesto Che Guevara e Camilo Cienfuegos;
Crise dos mísseis.

O processo terapêutico
Facilita formas novas de atividade e comunicação que desenvolvam processos de subjetivação alternativos
Produz o desenvolvimento de novas opções e tecidos de subjetivação nos espaços sociais significativos
Atua sobre as dimensões social e individual da subjetividade
J.A., 52 anos de idade, casado, pai de um adolescente e uma menina, filhos de casamentos diferentes
Teve infarto um ano antes de iniciar a terapia
Relações difíceis na infância com o pai
"A psicoterapia não é regida por um
conhecimento estático e que pauta a sua prática
a priori, mas, ao contrário, por um
conhecimento que é produzido no curso da
própria relação terapêutica" (REY, 2007, pg 196)
"outorgo ao outro o direito de me fazer
perguntas, de querer conhecer coisas de
minha própria vida [...] não existe diálogo sem
a emergência do sujeito" (REY, 2003, pg. 163)
Prática psicoterápica
Superar limitações da clínica tradicional
Instrumentos
"a única coisa que temos de fazer é facilitar
novos atos públicos para mudar o privado, de
formar que qualquer tipo de instrumento
pode servir [...] um instrumentalismo como
fim em si mesmo" (REY, 2007, pg 198)
Patologia
Incapacidade de ressignificação perante um evento subjetivo, que gera sofrimento a pessoa.
"Fixação do sujeito".
"o termo patologia, que coisifica e naturaliza
um conteúdo como patológico e anormal o
que leva à uma definição de um objeto
separado do sujeito" (REY, 2007, p 154).
3) Ação terapêutica sobre dimensões social e individual
1) Caráter Relacional e dialógica
2) Ação terapêutica e a produção de sentidos subjetivos
"O terapeuta, com base nas hipóteses [...] participa e induz tópicos na conversação" (REY, 2003, pg. 160)
CENTRADA na PRODUCAO de SENTIDOS SUBJETIVOS

a) Instrumentos produtores de sentido subjetivo: ; conversacao (fala); completamento de frases; diário de reflexão ; escrever um diário; tomar 1 hora do dia em atividades prazerosas; construção de ressignificação de experiências e nos Transtornos de Aprendizagem de crianças : o desenho, jogos, conversas e leituras
INSEPARÁVEL do CONTEXTO ATUAL de PRATICAS e RELAÇÕES da PESSOA
a) Sempre que um sentido subjetivo esta associado ao impacto do sistema complexo de vida da pessoa sobre a sua subjetividade

b) A Prática terapeutica integra todas as acoes produtoras de sentido subjetivo : grupo , casal, familia, trabalho individual

c) Múltiplas ações terapêuticas : escrita , discussão de um filme, psicodrama, alimentação saudável, caminhadas, conversa com respeito com esposa.
Ação terapêutica:
Ação terapêutica
Ação terapêutica
O sentido subjetivo representa um instrumento teorico para conhecer as consequencias de um sistema social na vida da pessoa
a) conflito pelo diálogo
b) trabalha o modo de vida do sujeito : muda regime alimentar, habitos de higiene, uso do tempo, sono, substâncias tóxicas
Ação terapêutica
Tipo de registro inseparável de outros registros da pessoa, da vida e da sociedade
a) Psicólogo Escolar: tanto nível individual como no institucional.
b) Psicólogo Social: sujeito individual e nas comunidades, instituicoes e grupos. Exemplo: comunidades vitimas de catástrofes sociais e comunidades afetadas por situações de guerra no Iraque e favelas RJ
Full transcript