Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

psicologia do transito

No description
by

Thaís Cabral

on 3 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of psicologia do transito

Psicologia do Trânsito Área de atuação do Psicólogo Conflitos no trânsito Porque as pessoas são agressivas. Carolina Rodrigues
Emily Pereira
Fernanda Gouveia
Juliana Madeira
Luana Madeira
Natália Nader
Thaís Cabral
Thatyana Barbosa Introdução a Psicologia 2012 Estudo dos processos internos e externos do homem quando exposto à situação de trânsito, relação do usuário das vias com o ambiente, o desenvolvimento de estudos pesquisas e a elaboração diagnóstica da estrutura dinâmica dos indivíduos e grupos nos aspectos afetivos, cognitivos e comportamentais ,o desenvolvimento de avaliação psicológica em condutores e candidatos à CNH (Carteira Nacional de Habilitação); a analise dos acidentes de transito e a atuação como perito em exames de habilitação, reabilitação ou readaptação profissional. Depois de um dia longo no trabalho as pessoas ficam estressadas, e querem chegar logo em casa, descansar! E então são agressivas no trânsito. A agressividade no trânsito já se tornou um problema social, com a falta de segurança que traz a todos nós que fazem parte do trânsito. Nosso trânsito é um reflexo de nossa sociedade.
Somos violentos no trânsito porque nossa sociedade é
violenta. Todo esse desrespeito, falta de solidariedade de
sempre querer sair ganhando, ‘’aprendemos em casa’’,
em nossa própria sociedade, desde cedo. Métodos para relaxar no transito A intervenção do psicólogo vai muito além do individuo que dirige, envolve varias modalidades de deslocamento humano.Cada um tem sua característica como cada individuo a sua personalidade. É necessário que a formação dos profissionais seja dirigida para o desenvolvimento de condutas e de responsabilidades sociais, e não apenas direcionada a aplicação de técnicas de resolução de conflitos ou de avaliação dos candidatos a obtenção da CNH. O que faz a psicologia do transito ser uma das áreas de maior responsabilidade é que no transito os erros são, em grande parte das vezes, fatais. O interesse em realizar este trabalho surgiu devido ao alto índice de acidentes de trânsito e tem como objetivo investigar o perfil psicológico do condutor jovem e o comportamento de riscos que são associados ao ato de dirigir. A Psicologia do Trânsito estuda e analisa o comportamento humano em função das normas ou leis que buscam a segurança e a integridade de todos que se locomovem. O condutor está buscando efetivar seu objetivo, qualquer coisa que saia da normalidade, fará com que ele aja de forma diferente do esperado.
O meio em que se dirige altera o bem estar do motorista
Estamos o tempo todo sentindo-nos ameaçados, torcendo para que a constante violência urbana não nos alcance. O medo se tornou algo constante em nossas vidas. Dirigimos tensos a todo o momento.
O ser humano por si só, já é violento. História da Psicologia do tânsito no Brasil Quatros etapas históricas:

1)Período entre das primeiras aplicações de exames psicológicos a e regulamentação da Psicologia como profissão.

2)Consolidação da Psicologia do Trânsito como disciplina científica.

3)Período de desenvolvimento notável da Psicologia do trânsito em vários âmbitos e a presença marcante no meio interdisciplinar.

4)Aprovação do Código Brasileiro de Trânsito (Lei 9.503, 23/09/97) e época de maior sensibilização da sociedade e dos próprios psicólogos do trânsito na discussão política sobre saúde, educação e segurança relacionadas a circulação humana.
Full transcript