Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Trabalho de Biologia: Protozoários

No description
by

Pablo Pokeloks

on 12 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Trabalho de Biologia: Protozoários

Caracteristicas gerais
Protozoários
Homenagem ao cientista brasileiro Carlos Chagas (1879-1934) que descreveu o ciclo de vida do parasita causador da doença: o protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. A pessoa é contaminada pelas fezes de insetos hematófagos conhecidos como “barbeiros” ou “chupanças”. O Trypanosoma vive no sangue humano e se instala em diversos órgãos, principalmente na musculatura do tubo digestivo e do coração, destruindo estes tecidos.

Estes protozoários apresentam seletividade pelo músculo cardíaco: eles penetram nas células cardíacas, perdem o flagelo e tornam-se esféricos. A presença dos parasitas causa lesões que prejudicam o funcionamento do coração, o que leva à morte o doente. A infestação pode causar também aumento e disfunção de outros órgãos, como o esôfago, o baço, o fígado. Porém, o tratamento adequado do paciente chagásico, iniciado precocemente pode aumentar a expectativa de vida.
Mau ar: no passado acreditava-se que as pessoas adoeciam devido à má qualidade do ar fétido próximo aos pântanos.

Brasil: maleita, impaludismo, febre palustre, tremedeira, febre terçã, febre quartã.

Agente etiológico = Plasmodium sp (esporozoário)
Transmissão = picada do mosquito Anopheles, transfusão sanguínea
Unicelulares
Eucariontes
Heterótrofos
Digestão Intracelular
Reprodução Assexuada ou Sexuada
Vida Livre ou Parasitas
Classificação por estruturas locomotoras
Malária

Doença de Chagas
Sarcodíneo

locomoção através de pseudópodos
Ciliado
locomoção através de Cílios
Flagelados
locomoção através de flagelos
Esporozoários
Não apresentam estrutura locomotora
Trypanossoma cruzy
Barbeiro
Triatoma infestans
O barbeiro adquire os tripanosomos ao sugar sangue de pessoas ou animais silvestres contaminados, como tatús, em cujas tocas o barbeiro costuma se abrigar. Este animais costumam ser reservatórios naturais do protozoário.

O inseto transmissor pode ser encontrado em ninhos de pássaros, cascas de troncos de árvores, montes de lenha e embaixo de pedras. Os barbeiros também costumam se esconder em frestas de casas de pau-a-pique ou de barro.

O ciclo da doença
Plasmodium sp
Anopheles
O ciclo da doença
Sintomas
Os sintomas da doença de Chagas podem variar durante o curso da infecção. Nos primeiros anos, na fase aguda, os sintomas são geralmente lentos, pouco mais do que inchaço nos locais de infecção. À medida que a doença progride, durante até cinquenta anos, os sintomas tornam-se crônicos e graves, tais como insuficiência cardíaca e desordens do sistema digestivo. Se não tratada, a doença crônica é muitas vezes fatal. Os tratamentos medicamentosos atuais para esta doença são pouco satisfatórios. Os medicamentos têm efeitos colaterais significativos e são, muitas vezes, ineficazes, em especial na fase crônica da doença. Pacientes em estado grave são muitas vezes encaminhados ao transplante cardíaco, porém não há cura para a doença
Full transcript