Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE URBANO – METRÔ

No description
by

Cassio Pedrosa

on 26 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE URBANO – METRÔ

PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE URBANO – METRÔ
Introdução
Devido ao grande crescimento das metrópoles, o aumento do numero de veículos e consequentemente a saturação do transito nas grandes cidades, a otimização do tempo por meio de veículos automotores se tornou algo complicado nos últimos tempos, comprometendo assim o transporte publico e coletivo.
DIMENSIONAMENTO DO QUADRO
Aspectos legais e de acordo coletivo definem a jornada diária de trabalho e a jornada média semanal da escala praticada pelos empregados.

Características a serem levadas em consideração:
Número de guichês de bilheterias;
Linhas de bloqueios ;
Trens em circulação;
Quantidade de usuários ao longo do dia,
Concentração de usuários com necessidades especiais;
Estratégias operacionais diferenciadas;

No que diz respeito a programação horária de viagens, o metrô utiliza uma para os dias úteis, uma para o horário noturno (em locais onde funciona 24 horas) e uma para finais de semana e feriados.


CAPACITAÇÃO DO QUADRO.
Envolve a formação técnica e os desenvolvimentos profissionais dos empregados
Treinamento estruturados de maneira que os empregados sejam permanentemente monitorados por outros mais experientes, com tarefas pré-definidas e avaliações constantes por seus supervisores.
Exercícios de simulação da operação de equipamentos em condições normais e de anormalidades no sistema.
Programação de reciclagem.
Dimensionamento da Demanda
Modelo de distribuição de demanda em dias e horários
• Pesquisa O/D
• Quantidade de usuários que utilizam cada trecho
• Carregamento de cada trecho
• Fator de renovação de cada trecho
• Viagem média dos usuários.

Resultado
• Dimensionar o número de guichês
• Bloqueios e escadas para fluxos de usuários
• Horário de três a cada dia da semana


Segurança Operacional
Deve ser considerada prioritária sobre todos os aspectos operacionais do sistema.

• Andreotti e Fioratti.• Treinamento adequado para os usuários.
• Sistema a ser implantado deve ser baseado no conceito de falha segura.
• Estudar as ocorrências de incidentes notáveis.

Integrantes:

Alexandre Rezende Flores
Bruno Luiz de Freitas
Cássio de Paula
Edson Luis Carvalho Junior
Marcelo Rodrigues de Aquino
Rodrigo Eduardo de Castro e Silva
Rodrigo Lisboa Fernandes

Estratégias Operacionais
As estratégias operacionais estão diretamente ligadas a implantação de medidas que viabilizem a compatibilização entre o fluxo de passageiros e a oferta de serviços e são utilizadas, principalmente, quando da ocorrência de grandes eventos em uma determinada região.

Essas ações visam assegurar o transporte rápido e seguro a população e para que isso ocorra é necessário que haja uma contínua monitoração dos eventos na cidade e o desenvolvimento de parcerias com organismos públicos e privados que venham a auxiliar na elaboração de estratégias operacionais seguras e bem sucedidas.

Conclusão.
Para implantação do metrô e um conjunto de fatores que dependem de analise de um sistema como todo.
Referências:

ANDREOTTI, F. L.; FIORATTI, M. F. Gestão Operacional de Metrô de São Paulo. 2013. Disponível em: http://www.cbtu.gov.br/estudos/pesquisa/antp_15congr/pdf/TP-240.pdf. Acesso em: 20 nov. 2013.



CBRU. Companhia Brasileira de Trens Urbanos. Relatório de Gestão: 2011 - 2012. Mensagem da Superintendência. Belo Horizonte, 2012.



CBTU. Histórico do Metrô de Belo Horizonte. 2013. Disponível em: http://www.cbtu.gov.br/acbtu/acompanhia/historico/veja/histstu/historicobh_cont.htm. Acesso em: 20 nov. 2013.



CBTU. 2013. Disponível em: http://www.cbtu.gov.br/operadoras/sites/menuprincbh.htm. Acesso em: 20 nov. 2013.

http://www.mobilize.org.br/midias/noticias/lei-seca-alckmin-cogita-metro-e-trem-24-h1.jpg

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/42/WMATA_Metro_Center_crossvault_2009.jpg


http://imguol.com/2013/02/28/28fev2013---estacao-luz-do-metro-de-sao-paulo-lotada-no-inicio-da-manha-desta-quinta-feira-28-apos-falha-que-obrigou-os-trens-a-circularem-com-velocidade-reduzida-1362081638057_956x500.jpg


http://www.google.com.br/imgres?safe=active&espv=210&es_sm=93&biw=2133&bih=1083&tbm=isch&tbnid=b_THikSY42oOjM:&imgrefurl=http://www.not1.xpg.com.br/metro-de-sp-parou-como-ficou-o-povo/&docid=ClXUBRsNYQilVM&imgurl=http://www.not1.xpg.com.br/wp-content/uploads/2012/05/trem-lotado.jpg&w=570&h=380&ei=2b2MUtPKCcW2kQfvqIHICA&zoom=1&ved=1t:3588,r:48,s:0,i:229&iact=rc&page=2&tbnh=182&tbnw=255&start=40&ndsp=49&tx=101&ty=78


http://photos1.blogger.com/blogger/4730/4167/1600/seguranca1.0.jpg

Metrô em Belo Horizonte

No final dos anos 70, deu-se o início para os projetos para implantação de sistema de trem metropolitano. As obras foram iniciadas em 1981 e paralisadas por motivos de falta de recursos em 1986.

As obras foram retornadas no ano de 1991, mediante um apoio suprapartidário no Congresso Nacional foi possível finalizar as obras.

O metro de Belo Horizonte atualmente opera com uma linha (Linha 1), que passa pelo município de Belo Horizonte e segue para Contagem, tendo um extensão de 28,10 km de trilho.
A Figura 1 mostra o diagrama da Linha de metro em Belo Horizonte.

A CBTU desenvolveu o Plano Diretor de Transportes sobre Trilhos para Belo Horizonte, foram projetadas a criação de duas novas linha de transporte sobre trilho, são eles: Linha 2 e Linha 3.

O projeto de ampliação prevê a criação duas novas linha para o atendimento das demandas dos novos usuários nas regiões que tem o crescimento populacional mais acentuado em Belo Horizonte.

A Figura 2 mostra o diagrama de como ficará a disposição da rede de trem metropolitano.
De acordo com a BHTrans (2013), os projetos executivos se encontram em fase de elaboração:

a. Linha 2 (Barreiro/Santa Efigênia): a linha tem como inicio a Estação Barreiro, operando em superfície ao se aproximar do Hipercentro, a operação será subterrânea, tendo como fim a Estação Santa Efigênia.

b. Linha 3 (Pampulha/Savassi): a linha tem como inicio a Estação Pampulha, operando de forma subterrânea sob a Av. Antônio Carlos, o Hipercentro, até atingir a Estação savassi.
Gestão Operacional
Envolve a formação técnica e os desenvolvimentos profissionais dos empregados
Deve-se desenvolver programas de treinamento estruturados de maneira que os empregados sejam permanentemente monitorados por outros mais experientes, com tarefas pré-definidas e avaliações constantes por seus supervisores.
Criação de exercícios de simulação da operação de equipamentos em condições normais e de anormalidades no sistema.
Criação de uma programação de reciclagem que possa manter o funcionário atualizado.
Desenvolvimento comportamental do empregado.
Tem como principal objetivo para esse modal a satisfação da população, e seus principais elementos são compostos pela:
• Capacitação dos funcionários (Quadro)
• Dimensionamento do quadro
• Dimensionamento da demanda
• Estratégia de operação
• Segurança Operacional
Full transcript