Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Lucas 23.33-38 - PALAVRAS DA CRUZ - Perdão

No description
by

Jônatas Cunha

on 24 April 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Lucas 23.33-38 - PALAVRAS DA CRUZ - Perdão

O homem havia feito o seu pior. Ele não estava clamando por piedade – mesmo sendo condenado injustamente.

Ele não estava pronunciando maldição contra os que o crucificavam.

Ele estava orando – orando por seus inimigos. Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem
(Lucas 23.34) 1. Jesus começa e termina com oração Seu ministério público começou com oração, foi regado pela oração e estava terminando com oração. Lucas 3.21-22 – E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo. Se há um ministério a qual todos devemos nos dedicar é o da oração. a oração precisa fazer parte da nossa agenda. 2. Um exemplo amoroso do seu ensino Lucas 6.27-30 – “amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam; bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam. Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e, ao que tirar a tua capa, deixa-o levar também a túnica; dá a todo o que te pede; e, se alguém levar o que é teu, não entres em demanda”. Devemos perdoar como também fomos perdoados. Se você quer ser feliz por um instante: Vingue-se! Mas se você quer ser feliz para sempre? Perdoe! (Tertuliano) 3. O cumprimento de uma profecia Isaías 53.11-12 – Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si. Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu. que deveria ser desprezado e rejeitado pelos homens;

que deveria ser um homem que sabia o que era sofrer;

que ele deveria ser ferido, moído e castigado;

que deveria ser levado, sem resistência, ao matadouro;

que deveria permanecer mudo perante os seus tosquiadores;

que deveria derramar sua alma na morte;

que deveria ser enterrado na sepultura de um rico;

que deveria ser contado com os transgressores;

que deveria interceder por eles. 4. A avaliação divina do pecado e as consequências Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem
(Lucas 23.34) Salmo 19.12 – Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que me são ocultas. Pecados cometidos por ignorância precisam de perdão tanto quanto os conscientes. 5. A cegueira do coração humano Lucas 23.34
… porque não sabem o que fazem. A rejeição do Filho de Deus por parte deles trouxe pleno testemunho, de uma vez por todas, de que a mente carnal é “inimizade contra Deus” (Rm 8.7). Lucas 2.29-31 – “Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra; porque os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste diante de todos os povos…” 6. O alcance e eficácia do perdão de Deus ninguém está além do alcance do perdão de Deus Em Deus, e somente Nele há esperança. Você está ao alcance do perdão de Deus, seja o que for que você tenha feito. 7. O triunfo do amor redentor de Deus Lucas 23.33-34 – Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali o crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda. Contudo, Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Esse era o triunfo do amor redentor: “o amor paciente, benigno, que tudo sofre, que tudo suporta”. (1Co 13). Você já conhece esse perdão? Você sabe que deve receber a Cristo como seu Salvador, que deve coroá-lo como Senhor de sua vida, que deve tornar a sua primeira e última preocupação agradá-lo e glorificá-lo.
Full transcript