Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Auditoria

Auditoria Ambiental e Não-Conformidades
by

Marcos Wicket

on 2 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Auditoria

Histórico
Europa
1985,
Holanda
A auditoria ambiental
começou a ser usada, o que futuramente influenciou outros países da Europa
1992,
Reino Unido
Surgiu a primeira norma de Gestão Ambiental (BS 7750) baseada em outra norma do sistema de Gestão de Qualidade
1993,
Europa
Regulamento da Comunidade Econômica Européia
Sistema de Gestão e Auditoria Ambiental da União Européia (EMAS)
NÃO CONFORMIDADES E AUDITORIA AMBIENTAL
Brasil
Legislação de 90
Lei nº 790, de 5/11/91, Santos
Lei nº 1.898, de 16/11/91, RJ
Lei nº 10.627, de 16/1/92, MG
Lei nº 4.802, de 2/8/93, ES
Projeto de Lei Federal nº 3.160, de 26/8/92
Todas essas leis fizeram a auditoria ambiental brasileira em meio a essa legislação
1996,

ABNT
Apresentação das NBR ISO 14010, 14011 e 14012, referentes a auditoria ambiental
Década de 2000
Resolução CONAMA nº 265 de 27/01/2000
Determina a realização de auditoria ambiental independente em instalações industriais de petróleo e derivados
Lei nº 9.966, de 28 de Abril de 2000
Art. 9º: As entidades exploradoras de
portos organizados e instalações portuárias e os proprietários ou operadores de plataformas e suas instalações de apoio deverão realizar

auditorias ambientais bienais
, independentes, com o objetivo de avaliar os sistemas de gestão e controle ambiental em suas unidades.
OBJETIVO: Promover o
cumprimento da legislação
ambiental em empresas
já implantadas
e evitar riscos
1970,

E
U
A
Art. 9º: As entidades exploradoras de
portos organizados e instalações portuárias e os proprietários ou operadores de plataformas e suas instalações de apoio deverão realizar

auditorias ambientais bienais
, independentes, com o objetivo de avaliar os sistemas de gestão e controle ambiental em suas unidades.
Resolução CONAMA nº 306 de 5/06/2002
Estabelece os requisitos mínimos para a realização de auditorias ambientais
E em novembro do mesmo ano a ABNT apresentou a ISO 19011
Uma auditoria consiste de:
Ferramenta de Gestão
- Monitorar e verificar a Política Ambiental;
Avaliação de Conformidade
- Legislação vigente sobre a área de atuação da empresa;
- Certificações e Registros;
Avaliação e acompanhamento da cadeia produtiva de fornecedores
Tipos de Auditorias
Auditoria
de Conformidade
Consiste na verificação do cumprimento da legislação aplicável existente. É uma auditoria de ambição muito limitada, pois se restringe à legislação existente e de caráter "defensivo".
Auditoria pós-acidente
Centrada nos problemas de responsabilidade penal ou civil. Em geral, realizada paralelamente a um procedimento jurídico.
Auditoria
de Risco
Serve como uma análise de risco, visa conhecer a extensão do risco de um acidente para o meio ambiente.
Auditoria de FAA
FAA se refere a fusão, absorção e aquisição. Essa é uma auditoria Externa feita quando uma empresa adquire outra.
Auditoria de Gerenciamento Geral
Ela permite a definição de uma orientação e de uma política da empresa por meio da totalidade dos dados ambientais.
Auditoria ambiental é uma ferramenta de gestão que tem como objetivo assegurar que o sistema operacional funcione dentro dos padrões estabelecidos.
Abordagens da Auditoria Ambiental
Baseada no Aspecto
Baseada no
Processo
Baseada no Sistema
Selecione um aspecto ambiental e siga-o através do Sistema de Gestão, identifique as entradas e saídas planejadas, identifique emissões e resíduos controlados, verifique quais são os controles e como o aspecto é monitorado;
Siga o processo de um extremo a outro, selecione os registros pertinentes, verifique se todas as atividades são realizadas, se todos os aspectos significativos são controlados, se o monitoramento é realizado e se os controles são efetivos;
Mapear o sistema para identificar as operações, entradas e saídas, aspectos e impactos, controles, interações;
Protocolo de Auditoria
Ambiental
Resumo de Tópicos
É o chamado checklist, no qual apenas são citados os assuntos a serem abordados, não estando especificados procedimentos para exame dos diferentes tópicos.
Protocolo Básico
Documento que organiza os procedimentos da auditoria em uma seqüência de etapas, reservando espaço para pequenas anotações, como identificação de funções da equipe de auditoria, comentários e indicação de páginas de registros de campo.
Guia Detalhado
Tem o objetivo de familiarizar os membros da equipe de auditoria com o requisito ambiental (lei ou norma) sobre o qual a auditoria será conduzida.
Questionário Dirigido (Sim/Não)
Instrumento primário para obtenção de informações. As perguntas são elaboradas para obtenção somente de resposta sim ou não.
Questionário de Respostas Dissertativas
Questionário com Atribuição de Pontuação
Considerado o inverso do questionário dirigido, o questionário de respostas dissertativas permite a obtenção de informações detalhadas e aprofundadas
Visa medir o desempenho ambiental, avaliando cada atividade relevante, de acordo com um gabarito detalhado. Resulta em uma pontuação numérica ou em uma avaliação qualitativa do tipo “Satisfatório” ou “Insatisfatório”.
Política Ambiental
Nesta parte a Política Ambiental da empresa deve abranger todas as áreas e operações do processo produtivo; matérias-primas utilizadas; fontes de emissão; gerenciamento de resíduos; licenciamento; uso e conservação de energia; questões relativas a investimentos; expansão e encerramento de unidades. marketing; e relações públicas
Desempenho Ambiental
Deve-se verificar se a existência de metas de desempenho ambiental são compatíveis com a política ambiental da empresa; se os critérios de acompanhamento e avaliação estão sendo perseguidos; se há definição de responsabilidades; e se são divulgadas as metas, os prazos e resultados.
Avaliação do Desempenho da Gestão Ambiental
Plano de Auditoria
Escopo
para descrever a extensão e os limites de localização física e de atividades da empresa.
Preparação para a Auditoria
I - Definição e analise da documentação;
II - Prévia da instalação aditada;
III - Formação da equipe de auditores;
IV - Definição das atribuições dos auditores;
V - Definição da programação e planos de trabalho para a execução da auditoria;
Relatório de Auditoria
I - Composição da equipe auditora e respectivas atribuições;
II - Identificação da organização e da instalação auditada;
III - Descrição das atividades da instalação;
XI - Conclusões da auditoria, incluindo as constatações de conformidades e não conformidades em relação aos critérios estabelecidos e avaliação da capacidade da organização em assegurar a contínua adequação aos critérios estabelecidos;
IV - Objetivos, escopo e plano de auditoria estabelecidos;
V - Período coberto pela auditoria;
IX - Lista das pessoas contactadas durante a auditoria e respectivas atribuições;
VIII - Lista de documentos analisados e unidades auditadas;
VII - Lista de documentos legais, normas e regulamentos de referência;
X - Constatações da auditoria;
VI - Sumário e metodologia do processo de auditoria;
V - período coberto pela auditoria;
Gerenciamento da Auditoria
Objetivos
Verificar o grau de
conformidade com a legislação
ambiental
Objetivos
Verificar as causas do acidente,
identificar as responsabilidades e
avaliar os danos.
Objetivos
Antecipar possíveis acidentes para que esses
possam ser evitados, preparar prevenções ou
antecipar soluções.
Objetivos
Ela visa descobrir quais riscos a empresa estaria sujeita com essa fusão.
Objetivos
essa auditoria tem um objetivo maior.
Trata-se de verificar todos os possíveis impactos da empresa sobre o meio ambiente.
- Política Ambiental adequada;
- Acesso a legislação;
- Atendimento dos objetivos e metas ambientais;
- Aspectos ambientais das atividades produtos e serviços;
- Procedimentos e registros da operação e manutenção das atividades/equipamentos;
- Procedimentos para comunicação interna e externa;
- Monitoramento e medições;
- Existência de análises de risco;
- Planos de emergência;
- Registros de ocorrência de acidentes;
- Mecanismos para análise crítica periódica do desempenho ambiental;
- Definição de responsabilidades;
- Registro de capacitação do pessoal;
- Mecanismos de controle de documentos;
- Registro de não conformidades ambientais;
- Manipulação, estocagem e transporte de produtos.
“Conjunto de procedimentos aplicados ao exame e avaliação dos aspectos ambientais envolvidos em políticas, programas, projetos e atividades desenvolvidos pelos órgãos e entidades sujeitas ao seu controle”.
Manual de Auditoria Ambiental do TCU, 2001
Oque é:
Autoridade do programa de
Auditoria

Auditor
Planejar
Estabelcendo o programa de Auditoria
- Objetivos
-Responsabilidades
- Recursos
- Procedimentos
Fazer
Implementando o programa de Auditoria
Competência e avaliação de auditores

Atividades de Auditoria
-Programando
-Avaliando
-Selecionando Equipes
-Dirigindo Atividades
-Mantendo Registros
Verificar
Monitorando e Analisando Criticamente o Programa de Auditoria
- Monitorando e Analisando
- Identificando necessidades de ações corretivas e preventivas
- Identificando oportunidades
Agir
Melhorando o Programa de Auditoria
Atividades da Auditoria
Iniciando a Auditoria
- Designando o líder da equipe
- Definindo objetivos, escopo critérios
- Determinando a Viabilidade
- Selecionando a Equipe
- Estabelecendo um contato inicial com o auditado
Realizando Análise Crítica de Documentos
- Analisando documentos, incluindo registros, e determinando sua adequação aos critérios da auditoria
Preparando as Atividades da Auditoria no Local
- Preparando o plano da auditoria
- Designando o trabalho da equipe auditora
- Preparando documentos de trabalho
Conduzindo as Atividades da Auditoria no Local
- Conduzindo a reunião de Abertura
- Definindo a comunicação durante a Auditoria
- Funções e responsabilidades de guias e observadores
- Coletando e verificando informações
- Gerando constatações da auditoria
- Preparando conclusões da auditoria
- Conduzindo a reunião de encerramento
Preparando, aprovando e distribuindo o relatório da Auditoria
Concluindo a Auditoria
Conduzindo Ações de Acompanhamento da Auditoria
Danilo de Moura Chenchi RA: 511480
Igor Francio Beloti RA: 511498
Janaína Cristina Ferreira da Silva RA: 511307
Guilhermo dos Santos Barretti RA: 489913
Gabriel Cruz Ferreira RA: 489700
Gabriel Morais RA: 489905
Marcos Vinicius A. Silva RA: 489808
Full transcript