Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

CONTABILIDADE

No description
by

Naomi Nakahara

on 26 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CONTABILIDADE

DE CUSTOS
ALUNAS
PROFESSOR
CONTABILIDADE
CIÊNCIAS CONTÁBEIS
TURMA 3.000

Walmir da Fonseca Veiga
Alessandra Mayara Pereira
Fabiana Lopes de Souza
Lilian Naomi Nakahara
Mariana Iera C. e Silva
Vanessa Christina da Silva

Capítulo 7
Critério de Rateio dos Custos Indiretos
rateados segundo os critérios mais adequados para relacioná-los aos produtos.
-
Custos Indiretos
:
- necessário conhecer bem o processo produtivo
7.1.ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE RATEIO - CUSTOS COMUNS
- Apropriados de forma indireta aos produtos
- Mediante estimativas, critérios de rateio, previsão de comportamento de custos...
- Subjetivismo.
- Separação entre Custos e Despesas

Prédios Alugados
Único contrato
Rateio entre a Produção e a Adm
- área ocupada (m² ou m³)
- valor estimado de locação de cada setor
7.2.RATEIO DOS CUSTOS DOS DEPARTAMENTOS
- rateio dos custos com base em sua natureza.
- não necessariamente precisam ser rateados individualmente.
ex: O Departamento X de Produção possui um Custo Indireto total de $5.400.000 e precisa distribuí-lo a dois produtos, M e N
Rateio com base em horas-máquina:
5.400.,00 ÷ 2.400,00 = 2,25/hm
M
1.400,00 x 2,25 = 3.150,00
N
1.000,00 x 2,25 = 2.250,00
5.400,00
Total CIP
Rateio com base na Mão-de-obra Direta
5.400,00 ÷ 2.000,00 = 2,7
M
N
1.000,00 x 2,7 = 2.700,00
1.000,00 x 2,7 = 2.700,00
5.400,00
Total CIP
Rateio com base na Matéria-prima Aplicada
5.400,00 ÷ 12.000,00 = 0,45
M
N
5.000,00 x 0,45 = 2.250,00
7.000,00 x 0,45 = 3.150,00
5.400,00
Total CIP
Rateio com base no Custo Direto Total
5.400,00 ÷ 14.000,00 = 0,3857
M
6.000,00 x 0,3857 = 2.314,28
N
8.000,00 x 0,3857 = 3.085,72
5.400,00
Total CIP
7.3 INFLUÊNCIA DOS CUSTOS FIXOS E DOS CUSTOS VARIÁVEIS
Ambulatório Médico
- Rateio entre os departamentos de SERVIÇOS e de PRODUÇÂO
- O critério adotado pela empresa é o de número de pessoas atendidas de cada departamento
PROBLEMA
O Ambulatório existe como potencial de serviços, e é mantido muito mais em função de probabilidade de uso do que de uso efetivo
SITUAÇÂO

Apenas um departamento faz uso do Ambulatório e recebe, por isso, todos os Custos Indiretos dele.
Rateio com base no número de funcionários
SOLUÇÃO
- Departamentos cujos custos sejam
predominantemente fixos
devem ser rateados à base de
potencial de uso
.
- Departamentos cujos custos sejam
predominantemente variáveis
devem ser rateados à base do
serviço realmente prestado
.

- Se não houver predominância de um ou outro e se o valor em reais do Custo total for grande, pode haver um
rateio misto
.

EX: Departamento de Manutenção de uma empresa representa parcela importante dos Custos Indiretos totais e possui as seguintes características

 Custo Fixo: 800.000.
 Custo Variável: 500.000 (h/m)

Para o rateio desses custos, a empresa elaborou uma média dos últimos cinco anos e concluiu as porcentagens de participação de cada departamento, ou seja, de Manutenção:

 Departamento de Furação: 25%
 Departamento de Fresagem: 40%;
 Laboratório 20%.
 Pintura: 15%;


No presente mês, houve um trabalho total de 1.800 horas:
29,44%
48,89%
21,67%
0%
O custo total da Manutenção do mês atual foi:
PORCENTAGEM DE RATEIO DOS CUSTOS FIXOS
PORCENTAGEM DE RATEIO DOS CUSTOS VARIÁVEIS
RATEIO DOS CUSTOS COM BASE NOS PERCENTUAIS ENCONTRADOS
- Se a distribuição fosse com base somente no potencial, a Pintura receberia parte do Custo Variável pelo qual ela não foi absolutamente responsável.

- Se houvesse a alocação somente por horas de trabalho, a Pintura não receberia nada.

7.4 IMPORTÂNCIA DA CONSISTÊNCIA NOS CRITÉRIOS
- A alteração de um critério poderá provocar mudanças no valor apontado como custo de um produto, sem que de fato nenhuma outra modificação tenha ocorrido no processo de produção.
- Os custos atribuidos a cada produto ou departamento podem variar significativamente dependendo dos critério utilizados para seu rateio.
Auditores Independentes
preocupados com a Consistência na aplicação dos critérios de alocação de Custos Indiretos
7.5 CONCILIAÇÃO ENTRE CUSTOS E CONTABILIDADE FINANCEIRA
- A Contabilidade Financeira “entrega” à de Custos certo montante de Custos de Produção do Período
- A Contabilidade de Custos “devolve” à Financeira Produtos Acabados.


- O total levado para Custos seja o mesmo devolvido na forma de produtos acabados.

- Evitarem distorções nas avaliações dos resultados de cada período e nas medidas dos estoques.

EXERCÍCIO PROPOSTO
O Departamento de Caldeiraria de certa empresa produz e transfere vapor para os Departamentos de Forjaria, Tratamento Térmico e Zincagem, com a seguinte alocação:
Sua estrutura de custos naquele mês foi a seguinte (em $):
• Fixos 15.000
• Variáveis 45.000
Calcule o custo da caldeiraria a ser rateado para cada um dos três departamentos.

CAPÍTULO 8
CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES (ABC)
- Melhor visualização dos custos através da análise das atividades executadas dentro da empresa e suas respectivas relações com os produtos.
- Necessária a definição das
atividades relevantes
dentro dos departamentos, bem como dos
direcionadores de custos
de recursos que irão alocar os diversos custos incorridos às atividades.
8.1 IMPORTÂNCIA DO CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES
- Redução das distorções provocadas pelo rateio arbitrário dos custos indiretos.
- Pode ser aplicado também, aos custos diretos, principalmente à mão- de-obra direta. (mesmo não havendo diferenças significativas em relação aos “sistemas tradicionais”)
Ex: Empresa que produz três tipos de produtos:
Tempo Despendido na Produção
Custos Diretos Por Unidade
CIP: 190.000
8.3 ATRIBUIÇÃO DOS CIP DIRETAMENTE AOS PRODUTOS SEM DEPARTAMENTALIZAÇÃO
- base de rateio a mão-de obra direta
x 18.000 = 9.000
x 4.200 = 4.200
x 13.000 = 9.750
22.950
Taxa de Aplic. CIP
Custos Indiretos
MOD
=
190.000
22.950
=
8,2789
Aplicação do CIP
x 8,2789 = 4,14
x 8,2789 = 8,28
x 8,2789 = 6,21
unidades
X
74.510
34.771
80.719
190.000
Quadro Resumo
8.4 SOLUÇÃO COM DEPARTAMENTALIZAÇÃO


De Apoio:
Almoxarifado
Adm. Produção

De Produção:
Corte e Costura Compras
Acabamento

Departamentos Envolvidos
8.5 APLICAÇÃO DO ABC À SOLUÇÃO DO PROBLEMA
8.5.1 Identificação das atividades relevantes
- Atividade: ação que utiliza recursos humanos, materiais, tecnológicos e financeiros para se produzirem bens ou serviços.
-> Necessárias para a concretização de um processo, que é uma cadeia de atividades correlatas, inter-relacionadas.
-> Em um departamento são executadas atividades
homogêneas.
Identificar as atividades relevantes dentro de cada departamento.
1º Passo
8.5.2 Atribuição de custos às atividades
- custo de uma atividade: todos os sacrifícios de recursos necessários para desempenhá-la.

- É possível agrupar vários itens de custos em um só para refletir a natureza do gasto pelo seu total
 salários + encargos + benefícios = custo de remuneração
 telefone + fax + correio = custo de comunicações
 passagens + locomoção + hotel + refeições = custo das viagens

Outras vezes, pode ser recomendável desmembrar uma conta em várias subcontas para melhor evidenciar os recursos utilizados por diversas atividades.

8.5.3 Identificação e seleção dos direcionadores de custos
Direcionador de custos
é o fator que determina o custo de uma atividade.

-> Como as atividades exigem recursos para serem realizadas, deduz-se que o direcionador é a verdadeira causa dos seus custos.

- Fator que determina ou influencia a maneira como os produtos "consomem” as atividades.

> direcionadores de custos de recursos
maneira como as atividades consomem recursos
relação entre os recursos gastos e as atividades.
> direcionadores de custos de atividades
maneira como os produtos “consomem” atividades
relação entre as atividades e os produtos.
8.5.4 Atribuindo custos dos recursos às atividades no modelo apresentado
RATEIO:
alocação dos custos de forma arbitrária e subjetiva.

Relação dos custos com o produto ou atividade?

Distorções.




RASTREAMENTO:
relação entre o custo e a atividade?

Direcionador de recurso.

O que efetivamente gerou o custo?

Diminuição das possíveis distorções.
8.5.5 Atribuição dos custos das atividades aos produtos
Full transcript