Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

SEGURANÇA DO TRABALHO

No description
by

Indiana Caliman

on 16 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SEGURANÇA DO TRABALHO

SEGURANÇA DO TRABALHO
Histórico e Estatísticas
Desde a Pré-História o homem preocupa-se com a sua segurança, buscando locais seguros para viver, e métodos de proteção contra ataques de animais.
Histórico e Estatísticas
Definição das Normas que Norteiam o SMS
NR1 – Disposições Gerais
NR2- Inspeção Prévia
NR3 – Embargo ou Interdição
NR4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em medicina do trabalho
NR5 – Comissão Interna de prevenção de acidentes – CIPA.
NR6 – Equipamentos de Proteção individual (EPI)
NR7- Programas de controle médico de saúde ocupacional (PCMSO
Definição das Normas que Norteiam o SMS
NR8- Edificações
NR9 – Programa de prevenção de riscos ambientais - PPRA
NR10 – Segurança em Instalações e serviços em eletricidade
NR11- Transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais
NR12- Segurança no Trabalho em Maquinas e equipamentos
NR13 – Caldeiras e Vasos de pressão
Definição das Normas que Norteiam o SMS
NR14 – Fornos
NR15 – Atividades e operações insalubres
NR16 – Atividades e operações perigosas
NR17- Ergonomia
NR18 – Condições e meio ambiente de trabalho na industria da construção
NR19 – Explosivos
NR20 – Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis.
NR21 – Trabalho a Céu aberto
NR22 – Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração
NR23 – Proteção Contra Incendios
NR24 – Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho
NR25 – Resíduos Industriais
NR26 – Sinalização de Segurança
NR27 – Registro profissional do técnico de segurança do trabalho no ministério do trabalho

CONCLUSÃO
NÃO COLOQUE SUA VIDA EM RISCO!
ELA É SEU BEM MAIS PRECIOSO!

TRABALHE COM
SEGURANÇA!
Definição das Normas que Norteiam o SMS
NR28 – Fiscalização e Penalidades
NR29 - Norma regulamentadora de segurança e saúde no trabalho portuário
NR30 – Norma regulamentadora de segurança e saúde no trabalho aquaviário
NR31 – Norma regulamentadora de segurança e saúde no trabalho da agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura:
NR32 – Norma de regulamentadora de segurança e saúde no trabalho e estabelecimentos de saúde
NR33 – Segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados
NR34 – Condições e meio ambiente de trabalho na industria da construção e reparação naval
NR35 - Trabalho em Altura
NR36 - Segurança e Saúde no Trabalho em Empresas de Abate e Processamento de Carnes e Derivados

Acidentes de Trabalho
O acidente é por definição:



Essa lesão pode ser:
Imediata (lesão traumática)
Mediata (doença profissional)

"Um evento negativo e indesejado com graves consequências econômicas e sociais, no qual resulta uma lesão pessoal ou dano material".
Causas de Acidentes de Trabalho
Os acidentes de trabalho podem ocorrer em função de:
Atos e atitudes do trabalhador ou;
Em função de condições adversas do ambiente de trabalho.
Causas de Acidentes de Trabalho
O ato e a atitude inseguros

podem ser avaliados também dentro de um contexto psicológico, de instinto e de relacionamento humano.
Muitos acidentes ocorrem pela desatenção dos trabalhadores que em função de problemas pessoais.

A condição insegura
é inerente ao local onde se executará a atividade ou tarefa.
Como exemplo pode-se citar: pisos escorregadios, polias e correias sem proteção mecânica que evite o contato direto; áreas de soldagem sem cortinas ou biombos de proteção, etc.



Causas de Acidentes
Atos inseguros potencias causadores de acidentes:
não utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI);
excesso de confiança;
agir ser ter conhecimento específico do que esta fazendo;
não valorizar medidas ou dispositivos de prevenção de acidentes;
exceder limites de maquinas, veículos ou do corpo humano;
imprudência e negligencia;
improvisações;
permanecer em locais sob cargas suspensas;
colocar-se em locais perigosos;
utilizar equipamentos sem a autorização ou habilitação necessárias;
utilizar roupas inadequadas ou de forma incorreta ou acessórios não autorizados e desnecessários;
manipular de modo inadequado componentes ou substancias químicas;
desinteresse pelo trabalho.
Causas de Acidentes de Trabalho
Condições inseguras potencias causadoras de acidentes:
Falhas, defeitos, irregularidades, carência de dispositivis de segurança;
Pisos escorregadios, molhados, irregulares ou esburacados;
Maquinas girantes sem proteção mecânica adequada;
Ambientes com concentração de gases tóxicos sem exaustão;
Iluminação inadequada a atividade;
Ruído excessivo;
Falta de ordem;
Escassez de espaço;
Passagens e acessos perigosos;
Inexistência ou fornecimento de EPI inadequado a tarefa a ser executada.
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA)
Tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível, permanentemente, o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

Atribuições da CIPA:
Identificar os riscos relacionados à segurança e a saúde no trabalho;
Sugerir medidas de controle destes riscos, propondo soluções para os problemas detectados;
Obter a implementação das medidas solicitadas.

Medidas de Proteção do Trabalhador

1º - Medidas de proteção coletiva (EPC)
2º - Medidas de proteção individual (EPI)

Equipamentos de Proteção Individual (EPI)

PROTEÇÃO PARA CRÂNIO



PROTEÇÃO PARA O CABELO E CABEÇA
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)

PROTEÇÃO VISUAL E FACIAL
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
Proteção Auricular
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
Proteção Respiratória
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
Proteção para Membros Superiores:
Os membros superiores são divididos em três partes, braço, antibraço e mãos.
Elementos de proteção: luvas; protetores da palma da mão; protetores de punho; mangas e mangotes; pomadas protetoras.
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
Proteção para o Tronco:
Riscos: projeção de partículas; calor radiante, chamas; respingos de ácidos; substancias que penetram na pele; umidade excessiva; temperaturas extremas; radiações perigosas e riscos notunos.
EPIs: aventais, jaquetas ou conjunto de jaqueta, calça e capas. Os cinturões de segurança tem a finalidade de proteger o trabalhador contra os riscos de queda.
Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
Proteção para Membros Inferiores
Calças, aventais, perneiras, caneleiras, meias, sapatos e todo dispositivos que vise proteger pernas e pés.
O ponto critico da proteção para os pés, é a biqueira do calçado de segurança, pois a grande maioria dos acidentes com os pés ocorrem por colisão contra obstáculos na parte frontal dos calçados.
QUANTO VALE A SUA VIDA???
O Programa de Controle Médico e Sáude Ocupacional (PCMSO)
Obvetivo de promover e preservar a saúde dos trabalhadores.
O PCMSO deve incluir, entre outros, a indicação obrigatória dos exames médicos:

a) Admissional
b) Periódico
c) De retorno ao trabalho
d) De mudança de função
e) Demissional
A não existência ou não implementação do PCMSO, gera a aplicação de multa que pode ser estabelecida pelo Fiscal do Trabalho da DRT (Delegacia Regional do Trabalho).

PPRA
O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), que é abordado pela NR9, tem como objetivo preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores, pela antecipação, reconhecimento, avaliação e consequentemente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho. A responsabilidade fica a critério do empregador.
CLASSIFICAÇÃO DOS AGENTES DE RISCOS AMBIENTAIS
Mapa de Risco
Segurança em Trabalhos com Maquinaria (NR-12)
12.1 - Esta Norma Regulamentadora e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos, e ainda à sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título.
NR-12
12.3. O empregador deve adotar medidas de proteção para o trabalho em máquinas e equipamentos, capazes de garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores, e medidas apropriadas sempre que houver pessoas com deficiência envolvidas direta ou indiretamente no trabalho;

12.4. São consideradas medidas de proteção, a ser adotadas nessa ordem de prioridade:

a) medidas de proteção coletiva;

b) medidas administrativas ou de organização do trabalho; e

c) medidas de proteção individual.

NR-12
Arranjo físico e instalações

12.6. Nos locais de instalação de máquinas e equipamentos, as áreas de circulação devem ser devidamente demarcadas e em conformidade com as normas técnicas oficiais.

12.7. Os materiais em utilização no processo produtivo devem ser alocados em áreas especificas de armazenamento, devidamente demarcadas com faixas na cor indicada pelas normas técnicas oficiais ou sinalizadas quando se tratar de áreas externas.

12.8. Os espaços ao redor das máquinas e equipamentos devem ser adequados ao seu tipo e ao tipo de operação, de forma a prevenir a ocorrência de acidentes e doenças relacionados ao trabalho.





NR-12
12.38. As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem possuir sistemas de segurança, caracterizados por proteções fixas, proteções móveis e dispositivos de segurança interligados, que garantam proteção à saúde e à integridade física dos trabalhadores.





NR-12
NR-12
NR-12


e) ruído;

f) calor;

g) combustíveis, inflamáveis, explosivos e substâncias que reagem perigosamente; e

h) superfícies aquecidas acessíveis que apresentem risco de queimaduras causadas pelo contato com a pele.





NR-12



12.109. Devem ser adotadas medidas de proteção contra queimaduras causadas pelo contato da pele com superfícies aquecidas de máquinas e equipamentos, tais como a redução da temperatura superficial, isolação com materiais apropriados e barreiras, sempre que a temperatura da superfície for maior do que o limiar de queimaduras do material do qual é constituída, para um determinado período de contato.


12.110. Devem ser elaborados e aplicados procedimentos de segurança e permissão de trabalho para garantir a utilização segura de máquinas e equipamentos em trabalhos em espaços confinados.
NR-12
Procedimentos de trabalho e segurança


12.130. Devem ser elaborados procedimentos de trabalho e segurança específicos, padronizados, com descrição detalhada de cada tarefa, passo a passo, a partir da análise de risco.

12.131. Ao inicio de cada turno de trabalho ou após nova preparação da máquina ou equipamento, o operador deve efetuar inspeção rotineira das condições de operacionalidade e segurança e, se constatadas anormalidades que afetem a segurança, as atividades devem ser interrompidas, com a comunicação ao superior hierárquico.









SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA
MAQUINAS QUE UTILIZAM ELETRICIDADE

O item 12.2.3 da NR 12 especifica que as máquinas e os equipamentos que utilizarem energia elétrica, fornecida por fonte externa, devem possuir chave geral,em local de fácil acesso e acondicionada em caixa que evite o seu acionamentoacidental e proteja as suas partes energizadas.



Torneiro Mecânico
Calçado fechado (bota de segurança),
calça jeans,
jaleco e
óculos de segurança.


OBS: Não pode ser usado cabelo comprido solto, nem adornos.

Resumo Geral
NR-12
12.9. Os pisos dos locais de trabalho onde se instalam máquinas e equipamentos e das áreas de circulação devem:

a) ser mantidos limpos e livres de objetos, ferramentas e quaisquer materiais que ofereçam riscos de acidentes;

b) ter características de modo a prevenir riscos provenientes de graxas, óleos e outras substâncias e materiais que os tornem escorregadios; e

c) ser nivelados e resistentes às cargas a que estão sujeitos.
12.106. Para fins de aplicação desta Norma, devem ser considerados os seguintes riscos adicionais:

a) substâncias perigosas quaisquer, sejam agentes biológicos ou agentes químicos em estado sólido, líquido ou gasoso, que apresentem riscos à saúde ou integridade física dos trabalhadores por meio de inalação, ingestão ou contato com a pele, olhos ou mucosas;

b) radiações ionizantes geradas pelas máquinas e equipamentos ou provenientes de substâncias radiativas por eles utilizadas, processadas ou produzidas;

c) radiações não ionizantes com potencial de causar danos à saúde ou integridade física dos trabalhadores;

d) vibrações;

12.107. Devem ser adotadas medidas de controle dos riscos adicionais provenientes da emissão ou liberação de agentes químicos, físicos e biológicos pelas máquinas e equipamentos, com prioridade à sua eliminação, redução de sua emissão ou liberação e redução da exposição dos trabalhadores, nessa ordem.


12.108. As máquinas e equipamentos que utilizem, processem ou produzam combustíveis, inflamáveis, explosivos ou substâncias que reagem perigosamente devem oferecer medidas de proteção contra sua emissão, liberação, combustão, explosão e reação acidentais, bem como a ocorrência de incêndio.

NR-23: PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS.
ASPECTOS BÁSICOS DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO:
PREVENÇÃO
CONHECIMENTO DE COMBATE AO FOGO
PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PROCESSO DE EXTINÇÃO A INCÊNDIOS:
RESFRIAMENTO
ABAFAMENTO
RETIRADA DO COMBUSTÍVEL
OS INCÊDIOS SÃO DIVIDIDOS EM QUATRO CLASSES:
CLASSE A
A FOGO EM MATERIAIS SÓLIDOS DE FÁCIL COMBUSTÃO COMO: MADEIRA, PAPEL, TECIDOS, FIBRAS QUE DEIXAM RESÍDUOS (CINZAS E BRASAS).
CLASSE B
FOGO EM LÍQUIDOS COMBUSTIVEIS E INFLAMAVEIS, COMO: ÓLEOS, GRAXAS, VERNIZES, TINTAS, GASOLINA QUE QUEIMAM SOMENTE EM SUA SUPERFICIE, NÃO DEIXANDO RESIDUOS
CLASSE C
FOGO EM EQUIPAMENTO ELÉTRICOS ENERGIZADOS COMO:
MOTORES, TRANSFORMADORES, QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO , FIOS. CARACTERISTICAS RESULTA SEMPRE EM UM CURTO-CIRCUITO.
CLASSE D
FOGO EM MATERIAIS PIROFÓRICOS (MAGNÁSIO, POTÁSSIO, PÓ DE ALUMINIO, ZINCO, TITÂNIO ) OU GASES SOB PRESSÃO, QUE EXIGEM PARA A SUA PROTEÇÃO, AGENTES EXTINTORES ESPECIAIS E MÉTODOS ESPECIAIS PARA SUA APLICAÇÃO.
TIPOS DE EXTINTORES

Soldador
Óculos de Proteção
Máscara
Mangotes
Luvas
Jaleco
Avental
Perneira
Sapato Fechado
Algumas Imagens
Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC)
Full transcript