Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

MERCADINHO E SISTEMA MONETÁRIO BRASILEIRO

Trabalho sobre o SISTEMA MONETÁRIO
by

EDILENE SILVA ROCHA

on 3 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of MERCADINHO E SISTEMA MONETÁRIO BRASILEIRO

Objetivo Geral:

Conhecer o sistema monetário brasileiro a partir da prática.
Quantificar coleções numerosas recorrentes aos agrupamentos de dez em dez e demonstrar a compreensão que R$10,00 está incluído em R$20,00; R$ 50,00, R$ 100,00, etc...
Introdução

Propor a realização de um mercadinho na sala de aula para que os alunos atuem como compradores e vendedores é uma prática comum nas escolas que atuam com anos iniciais do Ensino Fundamental a fim de trabalhar vários conteúdos, como: sistema monetário, soma e subtração, vivenciar situações do cotidiano e principalmente ampliar e reforçar as competências já adquiridas com o Sistema de Numeração Decimal.
É importante saber a história do surgimento do dinheiro e da nossa moeda, bem como a construção da noção de barato e caro, a ideia de consumo responsável e a honestidade nas transações comerciais.
Mas outro benefício que essas práticas proporcionam, e que deve ser uma das prioridades do professor, é saber como as crianças lidam com as situações que envolvem, nesse caso, o campo aditivo: a adição e a subtração.
Sobrecontagem:

Considerar um dos números e continuar contando a partir dele: para adicionar 3 a 2, conta-se a partir do 3, passando pelo 4, até chegar ao 5, em vez de contar 1, 2, 3 e depois seguir 4 e 5.
Durante o mercadinho, além de atuar como observador, o professor pode fazer algumas intervenções, sem interromper as compras, para descobrir o raciocínio feito pelas crianças e até solucionar dúvidas sem apresentar as respostas diretamente, incentivando a utilização de outras estratégias. As questões e os comentários devem ser apresentados individualmente ou a grupos pequenos.
Isso foi feito com o uso do tapetinho/plataforma, atividades xerografadas e utilizando encartes de supermercado e calculadoras para sistematizar, ou seja, registrar situações vivenciadas em cartazes e deixá-los expostos na sala de aula para que a turma tome consciência do que aprendeu.
Os alunos organizam o mercadinho, se divertem, compram vários objetos, calculam o troco e o total das compras de diversas maneiras. Mas cabe ao professor observar como eles atuam, quais as dificuldades que surgem, como e se elas são solucionadas, para com base nisso, propor discussões posteriores que levem as crianças a avançar na aprendizagem.
O professor observa quais as estratégias utilizadas pelos alunos para calcular e faz as intervenções necessárias. A simulação comercial e a resolução de problemas não pode ser o único objetivo desse trabalho.
A partir do trabalho com o sistema monetário numa situação de compra e venda, trabalhamos também:
Objetivos Específicos

Aprender a utilizar o dinheiro, comprar, pagar e conferir o troco;

Observar a forma de organização de um supermercado quanto aos seus produtos;
Desenvolvimento

Sistema Monetário Brasileiro
Iniciamos nosso trabalho com dois vídeos que abordam a história das trocas comerciais:
Escambo, moedas-mercadorias, até a necessidade de se criar o dinheiro. Os alunos acharam interessante o fato de, desde os primórdios das civilizações, o ser humano se organizar para resolver seus problemas financeiros.
Com belas imagens, ainda na sala de vídeo, os alunos ouviram e visualizaram o poema: Leilão de Jardim. ( Cecília Meireles).
Após a abordagem sobre a poetisa e sua liberdade poética, os alunos perceberam que se tratando de uma transação comercial, não seria possível leiloar flores, animais e sentimentos, apenas bens materiais e produtos.
Realizamos um leilão na sala de aula e os alunos receberam R$100,00. Após 3 lances, puderam adquirir os bens mais preciosos de seus amigos.
No segundo dia demonstramos aos alunos que nosso sistema monetário também é agrupado na base dez e ocorreu a compreensão do seu valor posicional. Utilizamos na plataforma, cédulas, material dourado e palitos de picolé como estratégia pedagógica.
Finalmente, após abordarmos o tema, o dinheiro, sua importância e composição, fizemos o mercadinho em sala. Foi distribuído um valor de R$100,00 para os alunos realizarem suas compras.
No quarto dia do Projeto, os alunos fizeram o registro no REM (Relatório de Entradas Múltiplas). Receberam valores aleatórios e fizeram suas compras, utilizando encartes de supermercado. A única problematização era: " Eu tenho" - " Eu posso comprar. "
Após explorarmos a importância do dinheiro e seu valor comercial, tratamos do assunto alimentação saudável e a construção da pirâmide alimentar. Tal abordagem foi feita como forma de realizar um projeto interdisciplinar e contextualizado.
A culminância do projeto foi feita com um lanche especial, uma salada de frutas e com os jogos da batalha naval e da argola monetária.
Alguns alunos passam da contagem para a sobrecontagem sozinhos, mas em alguns casos o professor precisa intervir: Se eu quiser saber quanto é 50+20, terei de contar nos dedos até 50 ?
Os próprios alunos vão reclamar da demora e propor alternativas. Memorização de alguns resultados, como 10+10=20 e 5+5=10, trabalhados com o manuseio das cédulas.
Permitir que os alunos troquem informações, façam perguntas, e explicitem suas ideias, estratégias e concepções numéricas avançando em seu processo de aprendizagem;

Trabalhar a escrita, através de rótulos dos produtos associando ao SEA ( Sistema de Escrita Alfabética);

Estimular hábitos de alimentação saudável;
Reconhecer cédulas e moedas nacionais circulantes no Brasil e realizar a troca dessas por mercadorias e bens de serviços em função de seus valores em experiências com dinheiro e brincadeiras ou em situações de interesse das crianças.

Criar situações, a qual, o aluno perceba a função social de alguns gêneros textuais como: rótulos, lista de compras, receitas e propagandas.
Visualizar a transformação e função das transações comerciais e do dinheiro no decorrer da história da humanidade;

Compreender o valor posicional dos algarismos, na composição da escrita numérica, compondo e decompondo números;
Durante as compras, as crianças chegam à quantia cobrada de diferentes maneiras. As situações cotidianas ajudam a compreender os conteúdos, facilitam a tomada de consciência da utilidade da Matemática no âmbito extraescolar e levam as crianças a se interessar pela disciplina.
Depois de observar as estratégias adotadas pelos alunos, o passo seguinte é trabalhar o conteúdo sem as cédulas para desvincular o conhecimento da situação de compra e venda.
Equivalência:

Exemplo: 8 reais é igual a 5+2+1,
2+2+2+2, 1+1+1+1+1+1+1+1,
10-2,
3+3+3-1.
Os exemplos podem surgir durante o manuseio das cédulas que imitem as verdadeiras nas compras ou em situações hipotéticas.
Introduzir noções de medidas de capacidade;

Diferenciar e comparar os produtos do supermercado;

Desenvolver habilidades dos alunos como resolver problemas, estimular o raciocínio lógico matemático e o trabalho em grupo;
Ler, interpretar e fazer uso das informações expressas na forma de símbolos e em diferentes configurações ( anúncios, gráficos, rótulos) para compreensão de fenômenos e práticas sociais.
Utilizar a calculadora, cédulas ou moedas do sistema monetário para explorar, produzir e comparar valores e escritas numéricas.
Perceber que existem outras formas de transações comerciais e, de realização de compras e vendas como: leilões, cheques, cartões de crédito, boletos bancários, etc.
Bibliografia

Cadernos do PNAIC - Números 3 e 6.

Currículo em Movimento da Educação Básica ( SEE/DF ).

Pesquisa Internet.

Verdura ? Não ! - Aprendendo sobre nutrição ( Claire Llewellyn e Mike Gordon ).

Eu me alimento ( Mandy Suhr e Mike Gordon ).

Salada de Letras ( Rosângela Maria de Moro ).

Ensinar não é transferir conhecimentos, mas criar possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.
Paulo Freire

Projeto:

Sistema Monetário Brasileiro

Escola Classe 318 de Samambaia

Professoras: Daiane, Edilene e Raquel Maria

Turmas: 3º Anos
Full transcript