Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Principais acontecimentos do século XVIII

No description
by

maria comazzetto

on 30 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Principais acontecimentos do século XVIII

Segundo congresso da Filadélfia
Em 1776 os colonos se reuniram no segundo congresso com o objetivo maior de conquistas a indenpendência. Foi redigida a Declaração da Independência dos Estados Unidos da América. A guerra que ocorreu etre 1776 e 1783, foi vencido pelos Estados Unidos com o apoio da França e da Espanha.
Revolução Francesa (primeira fase)
Napoleão começa a campanha no Egito
Guerra dos 7 anos
A guerra dos sete anos foi um dos principais conflitos militares ocorridos no século XVIII. Essa guerra envolveu vários reinos europeus entre os anos de 1756 e 1763, sendo que os conflitos também se estenderam para os territórios coloniais na África, Asia e America do Norte.
Colonização dos Estados Unidos
Os ingleses começaram a colonizar a região no século XVII. A colônia recebeu dois tipos de colonização com diferenças acentuadas.
Colônias do Norte: região colonizada por protestantes europeus, principalmente ingleses chegaram na américa do Norte para transformar a região em um lugar para suas famílias viverem bem.
Colônias do Sul: Virginia, Georgia, Carolina do Norte e do Sul sofreram uma colonização e exploração, foram exploradas pela Inglaterra.
Conjuração Mineira
Entre 1740 e 1780 a produção do ouro de aluvião das minas caiu demais de 20 toneladas para cerca de 8 toneladas. Em 1760, já se tinha instalado a crise do ouro das minas brasileiras.
Em lisboa, o descontentamento e a preocupação eram grandes. o governo potuguês estendia-ser função de qualquer captania colonial alimentar o tesouro, equilibrando suas finanças e sua economia.
Principais acontecimentos do século XVIII
A guerra era entre o Bloco Francês e o Bloco Briânico. as causas principais sâo disputas pela supremacia colonial; fortes divergências entre as potências europeias; luta entre o Imperio Autríaco e o reino da Prússia vemceram a Guerra dos Sete anos.
Em 19 de maio de 1798, Napoleão partiu com 18 mil soldados para conquistar o Egito. Dois meses depois, suas tropas chegariam ao Cairo. Antes disso, venceram os mamelucos na lendária Batalha das Pirâmides. O objetivo era desmantelar uma importante rota de comércio inglesa. O comércio de mercadorias indianas era vital para a Inglaterra. E Napoleão planejou exatamente bloquear o longo caminho inglês para a Índia, que passava por território egípcio.
Seu governo ditatorial sustentou-se no êxito das guerras e reformas internas, na censura à imprensa e repressão policial. Interveio em toda a Europa, passando a controlar grande parte dos países europeus. Foi temendo a expansão napoleônica que a família real portuguesa fugiu em 1808 para o Brasil. Em 1812, o império napoleônico incorporava 50 milhões dos 175 milhões de habitantes do continente europeu.
A Constituição norte-americana, escrita no verão de 1787 por 55 delegados reunidos na cidade da Filadélfia, é a mais antiga constituição nacional em operação no mundo e um documento decisivo da história ocidental. As 12 emendas preocupam-se sobretudo em assegurar a divisão harmoniosa entre os poderes judiciário, executivo e legislativo e em garantir a liberdade individual, tentando assim um equilíbrio entre autoridade governamental e os direitos individuais.
A Constituição norte-americana, escrita no verão de 1787 por 55 delegados reunidos na cidade da Filadélfia, é a mais antiga constituição nacional em operação no mundo e um documento decisivo da história ocidental. As 12 emendas preocupam-se sobretudo em assegurar a divisão harmoniosa entre os poderes judiciário, executivo e legislativo e em garantir a liberdade individual, tentando assim um equilíbrio entre autoridade governamental e os direitos individuais.
Tráfico de escravos
Os mercadores europeus, com o crescer da procura por mão-de-obra escrava, motivada pela instalação de colônias agrícolas na América, associaram-se militarmente e financeiramente com sobas e régulos africanos, que viviam nas costas marítimas, dando-lhes armas, pólvora e cavalos para que afirmassem sua autoridade numa extensão a maior possível.
Os principais pontos de abastecimento de escravos, pelos menos entre os séculos 17 e 18 eram o Senegal, Gâmbia a Costa do Ouro e a Costa dos Escravos. O delta do Níger, o Congo e Angola serão grandes exportadores nos séculos 18 e 19.
Agudás são comunidades de escravos libertos no Brasil (afro-brasileiros) e retornados ao Benim, África. Numerosos, esses "brasileiros" estabeleceram-se na região da antiga costa dos Escravos; que abrangia todo o golfo de Benim, indo da atual cidade de Lagos, na Nigéria, até Acra, em Gana; entre os séculos XVIII e XIX. São designados em iorubá, fom ou mina os “parentes de Uidá”, ou seja, os beninenses que possuem sobrenome de origem portuguesa. Segundo Cunha na Nigéria do século passado todo os católicos eram igualmente chamados de agudás. A palavra vem, provavelmente da corruptela da palavra “ajuda”, nome português da cidade de “Uidá”, nome muito conhecido por causa do forte português de São João Baptista da Ajuda, construído no final do século XVII.
Os agudás representam hoje por volta de 5% da população do Benim, e são reconhecidos sobretudo pelos sobrenomes de origem portuguesa e por alguns indicadores de identidade. Desempenha também um papel importante à família de Souza, descendentes diretos do baiano Francisco Félix de Souza, que foi vice-rei de Uidá, com o título de chachá e nessa qualidade exerceu o monopólio do tráfico negreiro no antigo reino do Daomé, na primeira metade do século XIX.
No século XVIII, a França era o Estado da Europa mais poderoso, que fez com que muitos outros Estados atacassem este. Enfraquecida por isso, a França entrou em crise econômica . Com esta crise, os impostos foram aumentados para o terceiro estado causando uma crise social. O absolutismo monárquico causou a crise política por causa da opinião oposta dos iluministas. Depois de discussões, em 1789, foi declarada a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, que fez com que o terceiro estado tivesse os mesmos direitos que até o rei e as mesmas punições. O absolutismo foi excluido da política. A queda da Bastilha foi o marco desta etapa da revolução.
Agudás
Constituicao norte-americana é assinada
Colônias do Omã
independência do Haiti
Liderado por L' Oveture, os escravos da colônia da França, o Haiti, se repelaram por estar em uma quantidade de pessoas maior (430 mil escravos dos 500 mil habitantes). Os escravos mataram todos os brancos e conseguiram a liberdade mas todos os comércios foram cortados. Este movimento foi inspirado na Independencia dos EUA e pela Revolução Francesa
Durante o século XVIII o Omã estabeleceu várias colônias ultramarinas na África e até na Ásia. Na África, as colônias mais famosas foram Moçambique ( Uma das principais exportadoras de escravos para a América do Sul e para a Ásia), Madagascar e muitas outras na Costa da Somália (onde também tinha o tráfico de escravos). A maioria desses escravos iam aos portos do Rio de Janeiro mesmo na Costa Leste da África
Full transcript