Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Realismo/Naturalismo

No description
by

Henrique Lanhoso

on 7 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Realismo/Naturalismo

Realismo/Naturalismo Realismo Naturalismo Realismo foi um movimento artístico e literário surgido nas últimas décadas do século XIX na Europa, durante a segunda fase da Revolução Industrial, mais especificamente na França. Caracteriza-se pela intenção de uma abordagem objetiva da realidade, com obras que retratam o real de modo documental, sem distorção ou idealização, e pelo interesse por temas sociais. Representa uma reação ao subjetivismo do Romantismo. O marco inicial do realismo na Literatura é o romance Madame Bovary , do francês Gustave Flaubert (1821-1880). Características Veracidade: Demonstra o que ocorre na sociedade sem ocultar ou distorcer os fatos
Contemporaneidade: descreve a realidade, fala sobre o que está acontecendo de verdade.
Retrato fiel das personagens: caráter, aspectos negativos da natureza humana.
Gosto pelos detalhes: lentidão na narrativa.
Amor: a mulher objeto de prazer/adultério.
Denúncia das injustiças sociais: mostra para todos a realidade dos fatos.
Determinismo e relação entre causa e efeito: o realista procurava uma explicação lógica para as atitudes das personagens, considerando a soma de fatores que justificasse suas ações. Na literatura naturalista, dava-se ênfase ao instinto, ao meio ambiente e à hereditariedade como forças determinantes do comportamento dos indivíduos.
Linguagem próxima à realidade: simples, natural, clara e equilibrada. Principais Autores Principais Pintores -Édouard Manet

-Théodore Rousseau

-Gustave Courbet The Pool The Woman in The Waves A bar At Tha Folier-Bergère Machado de Assis Machado de Assis (1839-1908)foi o maior ficcionista de sua época, e ficou famoso por seus contos e romances, como "Dom Casmurro" (1899)e "Memórias Póstumas de Brás Cubas" (1881). Suas obras são marcadas por uma consciência das contradições de um Brasil dividido entre o desejo de modernização da burguesia liberal européia, e a manutenção das estruturas conservadoras de poder (como o sistema patriarcal e escravocrata da época). Foi o principal escritor brasileiro do Realismo. Dom Casmurro Escrito em 1899 é considerado por muitos a melhor obra de Machado de Assis. Nessa obra pode-se perceber várias características realistas, pois é possivel perceber uma ruptura com o subjetivismo romântico, na medida em que o livro aborda aspectos como a suposta traição de Capitu, coisa os romancistas não diziam nos livros, pois o amor era idealizado. Memórias Póstumas de Brás Cubas Publicado em 1881, foi a obra que deu inicio ao realismo no Brasil. Eça de Queirós Eça de Queirós foi um dos principais escritores relistas de Portugal. Romantismo x Realismo Romantismo Realismo É uma escola literária conhecida por ser a radicalização do Realismo, baseando-se na observação fiel da realidade e no cientificismo, mostrando que o indivíduo é determinado pelo ambiente que vive e por sua genética. O Naturalismo surgiu na França, em 1870, com a publicação da obra “Germinal” de Émile Zola. Características - A principal característica do Naturalismo é o cientificismo exagerado que transformou o homem e a sociedade em objetos de experiências.

- Descrições minuciosas e linguagem simples
- Preferência por temas como miséria, adultério, crimes, problemas sociais, taras sexuais e etc. A exploração de temas patológicos traduz a vontade de analisar todas as podridões sociais e humanas sem se preocupar com a reação do público.
- Ao analisar os problemas sociais, o naturalista mostra uma vontade de reformar a sociedade, ou seja, denunciar estes problemas, era uma forma de tentar reformar a sociedade. Principais Autores e Obras O francês Émile Zola (1840 - 1902) foi um consagrado escritor francês, considerado criador e representante mais expressivo da escola literária naturalista além uma importante figura libertária da França. Émile Zola Aluísio Azevedo Aluísio Azevedo foi um escritor brasileiro que inaugurou a estética do naturalista no Brasil com a publicação do romance "O mulato" (1881). É também autor de outros romances de mesma estética, "Casa de pensão" (1884), "O cortiço" (1890) e outros. O Cortiço, de Aluísio de Azevedo, é um marco do naturalismo no Brasil, onde os personagens principais são os moradores de um cortiço no Rio de Janeiro, precursor das favelas, onde moram os excluídos, os humildes, todos aqueles que não se misturavam com a burguesia, e todos eles possuindo os seus problemas e vícios, decorrentes do meio em que vivem. Germinal, de Émile Zola, elevou a estética e a descrição naturalistas a um novo patamar de realismo e crueza. O romance é minucioso ao descrever as condições de vida subumanas de uma comunidade de trabalhadores de uma mina de carvão na França. Após ter contato com idéias socialistas que circulavam pela classe operária européia, os mineradores retratados na obra revoltam-se contra a opressão e organizam uma greve geral, exigindo condições de vida e trabalho mais favoráveis. A manifestação é reprimida e neutralizada, entretanto permanece viva a esperança de luta e conquista. Em suas obras, estabeleceu uma visão crítica da realidade e afastou-se do estilo clássico, escrevendo de maneira mais simples, através de frases mais curtas, impactantes e com diferentes combinações de palavras menos rebuscadas Gustave Flaubert Gustave Flaubert publicou em 1856 "Madame Bouvary". Esse romance é uma dura depreciação dos valores burgueses, e por conta disso Gustave foi processado com a alegação de "imoralidade" e seu livro teve que parar de ser publicado. Alem de fazer uma crítica a burguesia, o livro também apresenta outra característica importante para romper com o romantismo, que é o adulterio cometido pela personagem principal da obra, Emma. Isso vai totalmente contra os ideais romanticos, que eram de um amor idealizado, perfeito, e mostra a sociedade com os seus defeitos. 1881-1922 Bibliografia http://pt.wikipedia.org/wiki/Naturalismo
http://www.infoescola.com/literatura/naturalismo/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Realismo
http://www.suapesquisa.com/realismo/
http://guiadoestudante.abril.com.br/estude/literatura/materia_415646.shtml
http://educacao.uol.com.br/biografias/emile-zola.jhtm
http://www.machadodeassis.org.br/
Full transcript