Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ISLAMISMO

No description
by

Rita Gomes

on 16 January 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ISLAMISMO

ISLAMISMO
INTRODUÇÃO
Apresentação do grupo
Adriana Raquel Simões Vicente Nº 5738;
Ana Catarina Pinto da Cunha Nº 5699;
Inês Margarida Carmona Ramos Nº 5625;
Mariana Varanda Pinto Nº 5686;
Marta Nunes Pedras Nº 5675;
Rita Maria Romero Gomes Nº 5784;
Soraia Cristina Costa Mesuras Nº 5874.

Objetivos
Índice
Origem do Islamismo
O Islamismo é a religião fundada pelo profeta Maomé, no início do século VII, na região da Arábia Saudita.
OS CINCO PILARES DO ISLAMISMO
Salat
Hajj
Saum
O princípio básico da fé é:

"Não há outro Deus senão Alá, e Maomé é o seu profeta".
Os Muçulmanos devem dar cerca de 2,5% dos seus rendimentos ou alguns bens para fins de caridade
Os fiéis têm que rezar, virados para Meca
1ª Oração
- 6:30 (amanhecer)
2ª Oração
- 14:00
3ª Oração
- 16:30
4ª Oração
- 17:00 (Pôr-do-sol)
5º Oração
- 19:30 (noite)
Os Muçulmanos não podem comer , beber ou fumar, do nascer ao pôr do sol, no mês do Ramadão.
Um Muçulmano, se física e financeiramente apto, deve ir a Meca pelo menos uma vez na vida.
O CULTO MUÇULMANO
Os Muçulmanos adoram a Deus recitando o Alcorão e rezando
cinco vezes por dia.
O CULTO MUÇULMANO
Antes de entrarem na sala de oração todos os Muçulmanos devem tirar os sapatos e lavar a cara, os braços e os pés (
ablução
).
À sexta-feira, o dia santo islâmico, todos se reúnem na Mesquita para rezarem.
O CULTO MUÇULMANO
CRISTIANISMO
MULTICULTURALIDADE
Judaísmo
Hinduísmo
Budismo
Escola Superior de Enfermagem de Lisboa
Regente da UC: José Edmundo Sousa Professora Orientadora: Cristina Jeremias
PERTINÊNCIA DA ETNIA
Muçulmanos em Portugal, na Europa e no Mundo
Fonte: http://almanac.afpc.org/
Muçulmanos e a Sociedade Portuguesa
Primeira vaga de imigração muçulmana ocorreu antes da descolonização e por propósitos educacionais .
Em 1974, número de Muçulmanos aumenta em Portugal
(Consequência do movimento de descolonização portuguesa e da guerra civil que se seguiu nas antigas colónias)
Locais de Culto em Portugal
MESQUITAS
CENTRAL DE LISBOA
TAPADA DAS MERCÊS
HAZRAT HAMZA R.A.
AICHA SIDDIKA DE ODIVELAS
DO LARANJEIRO
DO BARREIRO

LUGAR DE CULTO ISLÂMICO

SALA DE CULTO
DA PÓVOA STº ADRIÃO PORTO (LUGAR DA BATALHA)
DE VIALONGA DE LEIRIA
DO FORTE DA CASA
DA COLINA DO SOL
DA PORTELA
DO PORTO
MESQUITA CENTRAL DE LISBOA
Local de Culto
Turismo
Refeições
Escola Islâmica
Fonte: google maps
CONTEXTUALIZAÇÃO DA ETNIA
Pessoas de vários países:

Moçambique, Turquia, Marrocos, Albânia, Egito, Guiné, Espanha, França, Portugal

Diversas profissões:

Estudantes do ensino básico e universitário, médicos, professores…

Idiomas:
português, inglês, francês, crioulo, árabe, turco, entre outros


MULHERES NA MESQUITA
Usavam Hijab ou Niqab
in http://boxpandora.files.wordpress.com/2011/05/difere1.jpg

Fonte: www.jn.pt/storage/JN/2011/big/ng1637651.jpg
MULHERES NA MESQUITA
Usavam Túnicas largas e compridas não expondo zonas acima dos punhos e dos tornozelos
HOMENS NA MESQUITA
CRIANÇAS NA MESQUITA
Túnicas compridas até aos tornozelos

Não expondo nenhuma parte do corpo acima do joelho

Chapéu típico culturalmente

Podiam usar fato e gravata

Sheik David Munir
In http://4.bp.blogspot.com/_BcKnG_zCe_k/SclTU--RCKI/AAAAAAAAdhQ/drSDqXuWtvk/s400/55+mesquita+115.jpg

Sábado
- dia de ensino às crianças para aprenderam a recitar o Alcorão.

Crianças do sexo feminino também tapavam a cabeça

Podiam usar acessórios como malas com desenhos infantis.

Fonte: http://veja2.abrilm.com.br/assets/images/2012/7/87089/criancas-ramada-afeganistao-20120723-size-598.jpg
Fonte: http://imguol.com/c/noticias/2013/09/04/meninas-muculmanas-recitam-o-alcorao-em-sala-de-aula-de-uma-escola-religiosa-em-hyderabad-na-india-1378315727866_956x500.jpg

CUIDADOS DE SAÚDE
Tradicionalmente, uma enfermeira pode prestar cuidados tanto a mulheres muçulmanas como a homens, mas um enfermeiro do sexo masculino só deve prestar cuidados a homens.
Contudo, verifica-se que este aspecto não é praticado por todos os muçulmanos.
CUIDADOS DE SAÚDE
Os métodos contraceptivos naturais e de barreira são aceites, e os contraceptivos orais podem ser usados, mas
ambas as partes da díade matrimonial devem estar de acordo na decisão de utilizar métodos contraceptivos
.

CUIDAR CULTURALMENTE CONGRUENTE
OS ENFERMEIROS DEVEM:
1) respeitar a pessoa, as suas crenças, a sua privacidade e a sua religião (ajudando-o a praticá-la);

2) compreender a sua cultura;

3) envolver a família e pessoas significativas nos cuidados de saúde (se o cliente assim desejar);
Fonte: http://myweb.wssu.edu/radwanh/Muslim%20Patient.jpg

Fonte: http://www.ebah.com.br/content/ABAAABYx4AJ/minicurso-apresentacao-02-metodos-contraceptivos-dst-s
A esterilização cirúrgica e a fecundação in-vitro com gâmetas que não pertençam ao casal são
proibidas
.

É essencial a preservação ou manutenção do cuidado cultural.

Assim, de modo a promover o cuidado culturalmente congruente, o enfermeiro deve:

Facilitar e providenciar momentos para as orações diárias;

Zelar pela cumprimento das restrições alimentares;
Providenciar tempo à mulher muçulmana para colocar o hijab e cobrir o corpo antes dos profissionais entrarem no quarto;
Permitir que os cuidados ao corpo após a morte sejam efectuados por um familiar ou enviado da Mesquita, pois este é um aspecto relevante para a religião e cultura Islâmica
Fonte: http://www.islamiclife.com/userfiles/images/2013/3095_health.jpg

4) dar autonomia e poder de escolha (empowerment).
Fonte: http://4.bp.blogspot.com/--8m4UoyGCRI/ThvX30zjBfI/AAAAAAAAAjU/tfsJBrXZFdA/s1600/265603_1977304669839_1159793073_1870410_3780648_o.jpg

RAMADÃO
É 9º mês do calendário muçulmano (29/30 dias);

Período de renovação de fé e intensa caridade;

Jejum do nascer ao pôr-do-sol;

Não podem ter relações sexuais entre o nascer e pôr-do-sol;

Relações sociais alteradas;

Os doentes, grávidas, idosos e crianças não fazem jejum;

Festa de 2 dias no final do ramadão;



Fonte: https://www.google.pt/search?q=peregrina
Fonte:https://www.google.pt/search?q=peregrina
Objetivo geral:
Compreender a cultura muçulmana de acordo como Modelo Sunrise de Leininger
Objetivos específicos:
Exemplificar peculiaridades da cultura muçulmana,

Relacionar os vários aspectos da cultura e da religião com os cuidados de saúde,

Clarificar o modo como os conhecimentos adquiridos beneficiarão a futura prática de enfermagem.
“Partilha de padrões culturais semelhantes, tais como valores, crenças, costumes, comportamentos e tradições”. (Stanhope & Lancaster)


Este conhecimento permitir-nos-á, no futuro, compreender um pouco mais a variedade de culturas com as quais iremos lidar na prática de enfermagem, e consequentemente facilitar a implementação do cuidar culturalmente congruente.
INTRODUÇÃO
Apresentação ………….........................................................................3
Objetivos………………………….............................................................. 5
Pertinência da etnia………………......................................................6

DESENVOLVIMENTO
Origem do Islamismo…………….......................................................7
Enquadramento no Mundo, Europa e Portugal...................8
Contextualização da etnia no local de TC..............................16
Singularidades culturais…………..................................................17
Singularidades com impacto nos cuidados de saúde........46

CONCLUSÃO 53

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 54
1
2
3
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
Quem dita a oração é o Imã.
ALIMENTAÇÃO/ NUTRIÇÃO
ALIMENTOS HALAL
(Permitidos)
Leite
Peixe
Mel
Frutas
Legumes
Leguminosas
Plantas intoxicáveis
Carne Halal
Animais de caça
Animais mortos em nome de Alá.
ALIMENTOS HARAM
(Proibidos)
Carne de porco
Sangue
Animais selvagens
Javali, lobo, raposa, abutres
Animais carnívoros
Aves de rapina
Repteis
Anfíbios
Animais que não foram abatidos de acordo com a Lei Islâmica
Animais abatidos em nome de outros Deus
Animais já mortos que morreram de causa natural ou animais que morreram antes do abate normal.
ALIMENTOS MUSHBOOH (duvidosos)
Por exemplo:

Gelatina
Gordura dos Animais
COMPORTAMENTOS DE RISCO
EDUCAÇÃO
LÍNGUA, COMUNICAÇÃO E ETNOHISTÓRIA
OS ENFERMEIROS DEVEM:
Saber as restrições alimentares de um cliente muçulmano.

Não dar alimentos Haram

Aceitar as crenças e ideais islâmicos

Aceitar se o cliente muçulmano quiser realizar o ramadão, não obrigando a comer desde a aurora até ao pôr do sol

Os cuidados devem preferencialmente ser feitos por enfermeiros do mesmo sexo do cliente.

Providenciar privacidade e tempo para que o cliente possa fazer as suas orações.

São
comuns as visitas à pessoa doente
por parte dos familiares e amigos,
por vezes em grande número de pessoas
.
CUIDADOS DE SAÚDE
Eutanásia
Interrupção voluntária da gravidez
Vacinação
Visitas domiciliária
Transfusão de sangue
Transfusão de órgãos


Álcool e drogas
Adultério

O consumo de
tabaco
é contestado por muitos.

Na impossibilidade de se fazer a ablução com água, fazem a
ablução simbólica –
Tayammum
, usando uma pedra limpa.
Decisões de saúde:
- Pelo idoso: filhos/familiares
- Pelas criança: pais
O Alcorão está escrito em
árabe clássico
.

Árabe é considerada a
língua sagrada
.

É das línguas vivas mais antigas do mundo.

A escrita é da direita para a esquerda.

As
orações são apenas em árabe clássico
, mas o Alcorão pode estar
traduzido em vários idiomas
.

Fonte: https://www.google.pt

BIBLIOGRAFIA
27
40
28
29
30
31
32
33
34
35
36
43
45
47
48
49
50
Famílias muçulmanas atribuem uma grande importância à educação das crianças e jovens de ambos os géneros

Cedo começa a apreender os fundamentos da religião islâmica

Obrigatoriedade começa na puberdade

Escolas são chamadas de Madrassa ou Daruloom

Respeito, Solidariedade, Criatividade, Partilha, Igualdade, Fé, Fraternidade,

Paz, Caridade, Responsabilidade, Tolerância, Paciência, Prudência, Esperança

Leininger, M. & McFarland, M. (2002) Transcultural Nursing: Concepts, Theories, Research, and Practice. (3rd Edition). Mc-Graw-Hill.

Leininger, M. & McFarland, M. (2006). Culture Care Diversity and Universality: A Worldwide Nursing Theory. (2nd Edition). United States Of America: Jones and Bartlett Publishers.

Franclim, S. (2001). O que é o Islão?. Lisboa: VEGA EDITORA

Beirante, C., Reis, D., Luisinho, E., Martires, C., & Delgado, S. (2012) Multiculturalidade no Nascimento. Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca.

http://islamismo.org/sexualidade_no_islam.htm
Em Portugal as aulas são dadas em português mas aprendem as preces e o alcorão em Árabe

Professores -> Maulana
Professoras -> Aleema
FATORES ECONÓMICOS
"O detentor de um monopólio é pecador e insultador".
Zakat é um dos princípios primordiais da economia islâmica.
Garante a distribuição justa da riqueza e é uma forma de contributo social.
PAPÉIS SOCIAIS
Papel social da criança/ adolescente
O progresso ou declínio de uma nação depende do espírito de consciência, da criação e educação dada aos jovens.
Papel Social da Mulher
A função da mulher no Islão está ao mesmo nível da função do homem (igual responsabilidade perante a lei).


Papel Social do Idoso
Cuidar dos idosos é considerada uma bênção, uma honra e uma oportunidade de elevação espiritual.

Quando planearem os cuidados, os enfermeiros devem ter o cuidado de inserir a comunidade e as pessoas significativas da pessoa nesse mesmo plano.

INDUMENTÁRIA
Ao Islão importa o
recato e não o embelezamento
.

Ele ordena ao homem e à mulher que
cubram todas as partes de seus corpos que atraem o outro sexo
.

A nudez no Islão é considerada vergonhosa e sem educação.
Esta condição pela modéstia pode afetar o sistema de saúde pois os muçulmanos podem estar relutantes a mostrar certas partes do seu corpo não diretamente afetadas ou a expor o seu corpo.
Fonte: Pinterest
Fonte: Rita Gomes
Fonte: Rita Gomes
Fonte: Pinterest
Fonte: http://4.bp.blogspot.com/-Di_DoMYrm64/TwhnDNZko-I/AAAAAAAAAZg/ulHUZxzLh4I/s320/2489.jpg
Fonte: http://3.bp.blogspot.com/-FG4rZx8_tak/VBYBvvOJkhI/AAAAAAAAATk/WVjhOohcb1E/s1600/muculmana.jpg
Fonte: Fonte: Health care provider’s handbook on Muslim patients (second edition, 2010)

Os Muçulmanos acreditam que Maomé foi escolhido para ouvir as palavras de Deus e ensiná-las a outros.
Fonte: Pinterest
Sexualidade
A fim de se evitar a sedução e a aflição entre homens e mulheres, o Islão desaconselha a mistura de ambos os sexos (ex. durante a oração - salas separadas)
Fonte: http://og.infg.com.br/in/8972495-7a4-86a/FT1086A/1.jpg
Fonte: http://4.bp.blogspot.com/-i6-lpOQG2OU/TxHX9gYxvVI/AAAAAAAAAEI/zOHD2uj7bU8/s1600/Casamento.jpg
Fonte: Rita Gomes
Fonte: http://nacaodeadoradores.com.br/images/noticias/criancas-islamizadas.jpg
Fonte: http://chakranews.com/wp-content/uploads/2010/05/Students-recite-lines-at-a-Madrassa-in-Pakistan.jpg
CONCLUSÃO
38
39
40
44
46
Fonte: http://www.iguaria.com/wp-content/uploads/2013/09/dicas-com-gelatina.jpg

51
Fonte: http://agrotec.pt/wp-content/uploads/2012/04/porco.jpg

53
Fonte: http://www.snpcultura.org/fotografias/minaretes_europa/8.jpg
Fonte: http://www.maisfruta.com.br/pt/uploaded/novidade/080748700136907845883868317980402a4aa91b7dbb9f9d8735f719506c20f4e513.jpg
Fonte: http://www.pbagora.com.br/userfiles/image/galinha.jpg
Fonte: http://media.tumblr.com/fd9ff13bc1a3c0ccb820d19bb4bc9398/tumblr_inline_mliw1lBc651qz4rgp.jpg
Fonte: http://cdns2.freepik.com/fotos-gratis/vaca-limousin_21251894.jpg
Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/ae/Cabra,_Santiago_de_Compostela.jpg
Fonte: http://www.teclasap.com.br/wp-content/uploads/2009/01/abutre.jpg
Fonte: http://www.corsiphotoshoproma.com/materiale/sangue2.jpg
Fonte: http://cafeportugal.pt/resources/3/image/loboiberico%201.jpg
Fonte: Rita Gomes
Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/images_content/2014/Javali.jpg
Fonte: http://cdn.obsnocookie.com/wp-contente/uploads/2014/08/cropped-islamismo09.jpg
Fonte: http://www.historiadomundo.com.br/upload/conteudo/images/alcorao-livro-sagrado-dos-mulcumanos-53f62a6808928.jpg
4
“ (...) Os progenitores e a família são as fontes mais importantes para a transferência das tradições de uma geração para a outra.” (Lancaster, Stanhope; 1999).
Parentesco e Fatores Sociais
Fonte: Health care provider’s handbook on Muslim patients, second edition, Queensland Health, 2010
41
52
54
Shahadah
Zakat
20
21
22
24
24
26
25
10
37
42
Peregrinação a Meca
23
Full transcript