Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

CULTIVO HIDROPÔNICO DE MORANGOS

No description
by

Bruna Custódio

on 18 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CULTIVO HIDROPÔNICO DE MORANGOS

CULTIVO SEMI-HIDROPÔNICO DE MORANGOS
Júlia de Oliveira Lima
Matrícula: 66513

Características
Planta rasteira de clima temperado
Família: Rosaceae
Perene
Clima temperado
Hermafrodita
Frutos falsos
Espécie cultivada comercialmente no Brasil é a Fragaria ananassa

O cultivo sem solo do morangueiro está em
expansão no Brasil
Razões: - Suscetibilidade à doenças de solo
- Dificuldade de manejo

Principais estados produtores: Minas Gerais,
São Paulo, Paraná, Santa Catarina e
Rio Grande do Sul

Consumo “in natura” ou industrialização

Hidroponia
Técnica alternativa de cultivo protegido, no qual o
solo é substituído por uma solução aquosa contendo apenas os elementos indispensáveis ao vegetais.


Primeiro sistema hidropônico para uso comercial foi desenvolvido em 1930 na Universidade da Califórnia.

Estufas
Modelos mais utilizados são: túneis ou arcos e capela

Podem ser construídos de:
Madeira
Cloreto de Polivinil flexível (PVC)
Mista: madeira e PVC ou madeira e aço galvanizado

Orientação: eixo maior no sentido leste-oeste

Como realizar a polinização em ambiente protegido?
Em caso de estufas completamente fechadas, deve-se abrir no período de polinização


Abelhas sem ferrão: jataí, mirim e outras

Sistemas


Canais com 150mm e 25 m de comprimento no máximo
Torna mais eficiente a
ocupação do espaço
interno da casa de
vegetação
Requer alto custo de
instalação e
conhecimentos
científicos na área

NFT (Técnica de fluxo laminar de nutrientes):
Coluna de Cultivo
Consiste em plantar as mudas em
sacolas compridas ou tubos de
polietileno (1,70m de altura e
diâmetro de 150mm) recheados com substrato e irrigadas com a solução hidropônica (fertirrigação)

23 plantas por m² na ,
ou seja, quase o triplo
daquele usado no plantio
convencional em canteiros.

Vantagens do sistema de coluna de cultivo
Possibilidade de melhor aproveitamento interno do ambiente

Posicionamento favorável dos frutos, geralmente suspensos no ar apenas pelo Pedúnculo, o que permite que eles sejam colhidos mais maduros e consequentemente com melhor sabor.

Redução no gasto de água e energia em relação ao cultivo tradicional em canteiros
Sistema Semi-Hidropônico
Muito utilizado na Europa;
No Brasil, porém, é necessário definir
alguns componentes tecnológicos para
otimizar o retorno ao produtor e à sociedade;

Utiliza prateleiras em diferentes níveis em
altura, apenas um nível;
Substrato associado;

O novo ciclo de produção é estabelecido com a troca do saco plástico e do substrato a cada dois anos, o que auxilia na redução da incidência e do alastramento de podridões na cultura.

Substratos
Características ideias de um substrato:
elevada capacidade de retenção de água;
distribuição das partículas de modo que, retenham água e mantenham a aeração para que as raízes não sejam submetidas a baixos níveis de oxigênio;
decomposição lenta;
disponibilidade no mercado;
baixo custo;

Exemplo de substratos:
casca de arroz carbonizada
turfa
casca de pinus
vermiculita entre outros.

Condutividade Elétrica
A condutividade elétrica (CE) das soluções iniciais, tanto para a fase vegetativa como para a de frutificação, deve ficar em torno de 1,4- 1,5 mS/cm. 

Para cada 0,3 mS/cm de diminuição na CE acrescenta-se 20% dos volumes usados para o preparo da solução inicial.

Solução Nutritiva
Programa utilizado no cálculo da solução nutritiva. (Hidrocalc)

Aplicada uma ou duas vezes por dia em função da temperatura e do estágio de desenvolvimento das plantas

Quantidade de fertilizantes aplicada semanalmente no cultivo semi-hidropônico durante a fase vegetativa da cultura

Quantidade de fertilizantes aplicada semanalmente no cultivo semi-hidropônico durante a fase reprodutiva da cultura.
Sensibilidade a estresse hídrico e baixa umidade relativa

As folhas têm 300 a 400 estômatos/mm2, um número bem maior que os encontrados em outras culturas, como por exemplo, na macieira, que possui 246 estômatos/mm2.

Muito sensível à falta de água, baixa umidade relativa, alta temperatura e intensidade e duração da luz.

Preparo de Mudas
Obtenção de mudas sadias;

O preparo das mudas é feito em relação às folhas e às raízes.

Irrigação
Gotejamento

Água de boa qualidade

Três maneiras:
Mangueiras atravessando as sacolas e gotejadores a cada 0,10m
Mangueiras e gotejadores a cada 0,10m
Microgotejadores colocados, individualmente, para cada planta.
Duração: 2 a 5 min fornecendo 1 Litro para cada saco

Plantio das Mudas
Deve ser realizado nas embalagens com o substrato previamente saturado
Realizar orifícios nos quatro cantos da embalagem
Espaçamento entre plantas de 0,20 m
Após o plantio, fazer furo embaixo da embalagem para drenagem

Manejo das Mudas
Realizar desbastes contínuo das flores até apresentar cinco folhas

Limpezas periódicas

Colheita
Manual
A cada dois dias, período matutino
Ponto de colheita:
Grau BRIX => 13 a 14
Coloração vermelho característico
Classificação
Custo de Produção
Estimativa dos custos de produção e da rentabilidade do cultivo do morangueiro no sistema semi-hidropônico, em uma estufa alta com 384 m2, 6 bancadas duplas com 30 m de comprimento e capacidade de 4.500 plantas.
Manejo de Pragas
Produtividade média anual 1,20 kg/planta/ciclo/ano
Preço médio anual do morango R$ 4,00 kg.

Investimento é totalmente viável do ponto de vista
econômico e financeiro, apresentando por sua vez
alta rentabilidade sobre o capital Investido.

Vantagens
Altas produtividades
Redução na contaminação do solo e águas subterrâneas
Manipulação dos níveis de nutrientes
Bom estado fitossanitário
Produção sustentável
Trabalho realizado durante todo o ano
Maximização da mão-de-obra
Agregação de valor ao
produto

Desvantagens
Maior investimento inicial
Maior nível de conhecimento das praticas culturais do morangueiro e principalmente manejo de nutrientes e planta
Atualização por parte do produtor e técnicas de venda que garantam preços diferenciados buscando maximização dos lucros da propriedade

Vantagens e Desvantagens
Full transcript