Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Escala de Likert

No description
by

rhayssa fernandes

on 26 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Escala de Likert

Como construir uma Escala de Likert?
Redija as afirmações, com cuidado de cobrir as diferentes vertentes que se relacionam com o assunto;

Eleja os termos de concordância e discordância e os valores numéricos;

Use numeração ímpar;

Intercale opções negativas e positivas dentro das afirmações;

Aplique o pré-teste do instrumento de coleta;

A escala só está pronta para ser aplicada quando está garantida a objetividade, a fidelidade, a validade e a consistência.



Referências
BRANDALISE, L. T.
Modelos de Medição de Percepção e Comportamento
- Uma Revisão, 2005.

CUNHA, Luísa Margarida Antunes da.
Modelos Rasch e Escalas de Likert e Thurstone na medição de atitudes
. [dissertação de mestrado]. Lisboa: Universidade de Lisboa Faculdade de Ciências, 2007.

DELGADO A. B., LIMA M.L.,.
Contributo Para A Validação Concorrente De Uma Medida De Adesão Aos Tratamentos
. Psicologia, Saúde & Doenças, 2001, 2, 81-100, Lisboa, Portugal.

GIL, Antonio Carlos -
Métodos e técnicas de pesquisa social
2ª ed.

MATTAR, Fauze Najib.
Pesquisa de Marketing:
metodologia e planejamento. 6ª. ed. São Paulo: Atlas, 2005


Escala de Likert é ....
Uma escala tipo Likert é composta por um conjunto de frases (itens) em relação a cada uma das quais se pede ao sujeito que está a ser avaliado para manifestar o grau de concordância desde o discordo totalmente (nível 1), até ao concordo totalmente (nível 5, 7 ou 11). (CUNHA, 2001, p. 24).
Criada em 1932 por Rensis Likert;

Foi professor de Sociologia e Psicologia;

Sua obra repercutiu na Teoria Organizacional e no Estudo da Liderança;

Atuou na Universidade de Michigan, com o Institute for Social Research.


Escala de Likert
Também são conhecidas como Escalas Somadas;

Comumente utilizada em Pesquisas de Marketing;

Criada com o objetivo de medir os níveis de aceitação dos produtos e serviços que o consumidor constrói, conforme suas experiências e influências sociais;

Há uma correlação entre o julgamento (atitude) e a compra.


A
Escala de Likert (EL)
é semelhante a Escala de Thurstone (ET);

Na ET os entrevistados apontam se concordam ou discordam com as declarações apresentadas;

Com as respostas é feita uma média aritmética;

Na
EL
, diferentemente da ET, os respondentes não só concordam ou discordam, mas também informam o grau de discordância ou concordância.


Em grupos, redijam 7 afirmações com uso da Escala de Likert, utilizando o objeto de sua pesquisa.


Obrigada!
Mestrandas:
Tessa Monteiro Leittieri e Rhayssa Fernandes
Orientador
: Prof.º Dr. Claudomilson Braga
Escala de Likert e Escala de Thurstone
Mede a intensidade das discordâncias e concordâncias;

Para cada grau de concordância são atribuidos números;

É importante a atribuição correta de números;

Os enunciados são positivos e negativos.






Vantagens da Escala de Likert
Uso de afirmações que não estão diretamente ligadas à atitude estudada;

Construção mais simples;

Mais precisa.




Desvantagens da Escala de Likert
Não permite dizer quando uma pessoa é mais favorável a outra;

Não mede a mudança na atitude;

Diferentes padrões de respostas podem conduzir a resultados idênticos.
Termos comumente utilizados:
Aprovo inteiramente
Aprovo
Indeciso (ou nem aprovo nem desaprovo)
Desaprovo
Desaprovo inteiramente
Concordo totalmente
Concordo
Indeciso (ou nem concordo nem discordo)
Discordo
Discordo totalmente
Esquema para atribuir números na Escala de Likert
Fonte: Mattar (2002)
Escala de Likert
Escala de Likert
Exemplos
Escala de Likert
Atitude: é essencialmente uma disposição mental em face de uma ação potencial (MANN, 1970).

Escala: “Instrumento científico de observação e mensuração dos fenômenos sociais”
(MARCONI; LAKATOS, 2002, p.114).

As diretrizes tradicionais sugerem que deve haver entre 5 e 9 categorias.
Escala de Likert
Palavras dificultam as respostas (DEVILLE, 2013):

Número x Palavras (VIEIRA, 2013):

Tabulação e Análise (NUNNALY,1978):

Números ou Palavras (CUMMINS; GULLONE, 2000);

Extremamente (in) satisfeito, ponto central (CUMMINS; GULLONE, 2000);

Neutro Ambivalente (COLLINGS, 2006);

Habilidade (COELHO; ESTEVES, 2007);

Inclinação (SANCHES; MEIRELLES; DE SORDI,2011);

Conteúdo (HALPIN; ARBET, 2007).

Nominal:
“duas ou mais categorias especificadas dentro das quais objetos, indivíduos ou respostas são classificados” (WITT, 1975 apud MARCON; LAKATOS, 2002, p. 115).

Ordinal:
“indica a posição relativa de objetos [...] com relação a alguma característica, sem nenhuma conexão quanto à distância entre as posições. (MARCONI; LAKATOS, p.115); “determinados empiricamente como maior que, igual a ou menor do que outro: mas o 'quanto maior' ou 'quanto menor' não pode ser estabelecido (Rummel, 1977 p.201
apud
MARCONI; LAKATOS, 2002, 115).

Escala de intervalo:
“determinação empírica de igualdade de intervalos, tomando possível demonstrar as diferenças entre objetos, mas também demonstrar se essas diferenças são iguais entre si ou não" (Kaplan, 1975, p.201 apud MARCONI; LAKATOS, 2002, p.116).

Conceito Medida:
“atribuição de números a objetos (ou acontecimentos ou situações), de acordo com certa regra". (KAPLAN, 1975, p.182 apud MARCONI; LAKATOS, 2002, p.113),



Função medida:
“a) possibilita o conhecimento da quantia [...] b) permite discriminações mais sutis e descrições mais exatas”(MARCONI; LAKATOS, 2002 , p.114).

Escala de Likert
Palavras dificultam as respostas (DALMORO, 2013):

Número x Palavras (DALMORO, 2013):

Tabulação e Análise (NUNNALY,1978):

números ou palavras (CUMMINS; GULLONE, 2000);

Extremamente (in)satisfeito, ponto central (CUMMINS; GULLONE, 2000);

Neutro Ambivalente (COLLINGS, 2006);

Habilidade (COELHO; ESTEVES, 2007);

Inclinação (SANCHES; MEIRELLES; DE SORDI,2011);

Conteúdo (HALPIN; ARBET, 2007)


4 estágios processamento complexo, tende à anterior (TOURANGEAU; RASINSKI);

Sete limite capacidade (Bastante?) (MILLER, 1996);

Consistência versus Confiabilidade (MASTERS, 1974);

Confiabilidade (CHURCILL; PETER, 1984)(OASTER, 1989);

Eficiência (RODRIGUEZ ,2005);

Limitação x riqueza de dados (COELHO; ESTEVES, 2007);

Distorção de construtos (CUMMINS; GULLONE , 2000).
Full transcript