Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

A teoria do desenvolvimento humano de Henri Wallon

No description
by

Jadson Borges De Oliveira

on 4 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A teoria do desenvolvimento humano de Henri Wallon

A Teoria do Desenvolvimento Humano de Henri Wallon Tentativa de ver a criança de um modo mais integrado, levando em consideração os domínios cognitivo, afetivo e motor.

Estudo do desenvolvimento humano a partir do desenvolvimento psíquico da criança.

Desenvolvimento da criança aparece descontínuo, marcado por contradições e conflitos, retrocessos e reviravoltas. Estágios ou Estádios do Desenvolvimento da Criança 2) Sensório-motor e projetivo conclusões A teoria do desenvolvimento humano de Henri Wallon e sua interface com a educação 1) Impulsivo-emocional inicia-se por volta de um ano e se estende até os três anos.

caracteriza-se pela investigação e exploração da realidade exterior.

o andar e a linguagem darão oportunidade à criança de ingressar em um novo mundo, o dos símbolos.

Linguagem estrutura o pensamento.

Importância de se afinar o olhar para o movimento. Edvirgens Gouveia
Jeovane Jefferson
Jadson Borges.
Suzana Guedes Primeiro um pouco de História. Henri Wallon Nasceu na França em 1879.
Viveu toda sua vida em Paris, onde morreu em 1962, aos 83 anos. Viveu num período marcado por instabilidade social e turbulência.

Graduou-se em Filosofia (1902) e Medicina (1908).

Atuou, até 1931, como médico psiquiatra, dedicando-se ao atendimento de crianças

Interessado pela psicologia da criança. 1937 a 1962 – presidiu a Sociedade Francesa de Pedagogia.



1946 a 1962 – presidiu o “Grupo Francês de Educação Nova”, ligado ao Movimento da Escola Nova.



Projeto Langevim-Wallon – projeto de reforma do ensino francês, após a 2ª. Guerra: construção de uma educação mais justa para uma sociedade mais justa. Participou do movimento da Educação Nova.

Defendia a preocupação escolanovista em adequar o ensino ao desenvolvimento da criança.

Críticas ao ensino tradicional.

Seu pensamento tem raízes no materialismo histórico dialético. (indivíduo e meio se modificam reciprocamente) Resumo da história de Henri Wallon Ocorre no primeiro ano de vida

Expressões/reações generalizadas e indiferenciadas de bem estar/mal estar.

Predominância da afetividade orienta as primeiras reações do bebê às pessoas.

As emoções são o primeiro recurso de interação do bebê com o meio social.

Emoções são extremamente contagiosas entre os indivíduos. Por volta dos três aos seis anos. Enriquecimento do eu e a construção da personalidade.

Oposição ao outro > busca de afirmação de si.

Sedução > a criança tem necessidade de ser admirada, para se admirar também.

Imitação > personagens são criados a partir das pessoas que a criança admira.

Sincretismo não separa a qualidade da coisa em si. 3) Personalismo 5) Puberdade e Adolescência A crise pubertária rompe a “tranquilidade” afetiva que caracterizou o estágio categorial e impõe a necessidade de uma nova definição dos contornos da personalidade, desestruturados devido às modificações corporais resultantes da ação hormonal.

Oposição sistemática ao adulto. Busca diferenciar-se do adulto. 4) Pensamento Categorial Entre os 6 e 11 anos.

Marca a diferenciação entre o eu e o mundo exterior, em que a criança aprende a perceber o que é de si e o que é do outro.

Pensar a realidade a partir de categorias.

Emergência de uma capacidade nova para a criança: a atenção.

É fundamental a interação do indivíduo com a cultura. Wallon e a Educação A perspectiva teórica de Wallon traz ainda uma preocupação bastante atual: como construir uma educação para todos, independente de sua condição social, origem ou raça, e, ao mesmo tempo, uma educação para cada um, que contemple a complexidade do indivíduo em todas as suas dimensões.
Full transcript