Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Processo de Substituição de Importações (PSI)

No description
by

Milena Carolina

on 4 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Processo de Substituição de Importações (PSI)

Processo de Substituição de Importações (PSI)
MECANISMOS DE PROTEÇÃO À INDÚSTRIA NACIONAL UTILIZADOS NO PSI


1.
desvalorização real do câmbio;
2.
controle de câmbio;
3.
taxas múltiplas de câmbio;
4.
elevação das tarifas aduaneiras.
A DÉCADA DE 30 E O DESLOCAMENTO DO CENTRO DINÂMICO


O deslocamento do centro dinâmico no Brasil é:

O período em que a determinação do nível de renda deixa de estar ligada a elementos como a demanda externa (base de uma economia agroexportadora) e passam a depender de elementos ligados ao mercado interno, como o consumo e o investimento doméstico;

Isto ocorre basicamente na década de 30.
INTRODUÇÃO
A crise dos anos 30 foi um momento de ruptura no desenvolvimento econômico brasileiro; a fragilização do modelo agrário-exportador trouxe à tona a consciência sobre a necessidade da industrialização como forma de superar os constrangimentos externos e o subdesenvolvimento. Não foi o início da industrialização brasileira (esta já havia se iniciado desde o final do século XIX), mas o momento em que esta passou a ser meta prioritária da política econômica.
DESLOCAMENTO DA DEMANDA
i.
problema de Balanço de Pagamentos (BP) enfrentado com controles e desvalorização cambial;
ii.
produtos importados se tornam mais caros e difíceis de serem adquiridos;
iii.
as dificuldades de importação deslocam a demanda que foi mantida dos produtos antes importados para a produção nacional;
iv.
a queda de rentabilidade do setor cafeeiro faz com que o capital flua para outros setores.
v.
setores domésticos (indústria) aumentam sua importância frente aos exportadores (agricultura).
DIFICULDADES NA IMPLEMENTAÇÃO DO PSI
A. Tendência ao desequilíbrio externo
i.
política cambial;
ii.
indústria sem competitividade;
iii.
elevada demanda por importações.

B. Aumento da participação do Estado
i.
adequação do arcabouço institucional à indústria;
ii.
geração de infra-estrutura básica;
iii.
fornecimento dos insumos básicos;
iv.
captação e distribuição de poupança.
CARACTERÍSTICAS DA INDUSTRIALIZAÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO DE IMPORTAÇÕES



A primeira característica dessa industrialização substituidora de importações é de ser uma industrialização fechada. Fechada em função de dois elementos:
i.
ser voltada para dentro, isto é, visar ao atendimento do mercado interno, não ser uma industrialização que produz para exportar;
ii.
depender em boa parte de medidas que protegem a indústria nacional dos concorrentes externos.
CARACTERÍSTICAS DA INDUSTRIALIZAÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO DE IMPORTAÇÕES


Em segundo lugar, o processo de substituição de importações, como modelo desenvolvimento, pode ser caracterizado pela seguinte sequência:
i.
inicia-se com um estrangulamento externo;
ii.
para contrapor-se à crise cambial;
iii.
gera-se uma onda de investimentos nos setores substituidores de importação;
iv.
observa-se, no entanto, um novo estrangulamento externo.
CARACTERÍSTICAS DA INDUSTRIALIZAÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO DE IMPORTAÇÕES



O setor industrial, na realidade, composto por uma série de subsetores produtores de diferentes tipos de bens:
a)
bens de consumo não duráveis - têxteis, calçados, alimentos, bebidas etc.;
b)
bens de consumo duráveis - eletrodomésticos, automóveis etc.;
c)
bens intermediários - ferro, aço, cimento, petróleo, químicos etc.;
d)
bens de capital - máquinas, equipamentos etc.;
PARTICIPAÇÃO DOS SETORES NO VALOR ADICIONADO (1928-1945)
MANUTENÇÃO DA RENDA
i.
política de defesa do café;
ii.
estocagem e queima de café.

Esta política, financiada em parte com crédito e emissão de moeda, sustenta a demanda agregada mantendo o emprego e a renda;

Considerada uma típica política keynesiana.
DIFICULDADES NA IMPLEMENTAÇÃO DO PSI
C. Aumento do grau de concentração de renda
i.
êxodo rural;
ii.
caráter capital do investimento industrial.

D. Escassez de fontes de financiamento
i.
quase inexistência do sistema financeiro;
ii.
ausência de uma reforma tributária ampla.
PAPEL DA AGRICULTURA NA INDUSTRIALIZAÇÃO DE UM PAÍS
i.
liberação de mão-de-obra;
ii.
fornecimento de alimentos e matérias-primas;
iii.
transferência de capital;
iv.
geração de divisas;
v.
mercado consumidor.
Full transcript