Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

FREEMARTIN, FISIOLOGIA, MED.VET., UFRPE

Seminário proposto como requisito avaliativo parcial à disciplina de Fisiologia Especial dos Animais Domésticos, ministrada pelo Prof. Dr. Marcelo Weinstein Teixeira (DMFA/UFRPE). Curso de Bacharelado em Medicina Veterinária.
by

Júlio Cesar

on 30 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FREEMARTIN, FISIOLOGIA, MED.VET., UFRPE

ANDRÉ FELIPE FERREIRA TORRES¹; JÚLIO CESAR PEREIRA DA SILVA JÚNIOR¹; MARCELO WEINSTEIN TEIXEIRA².

RECIFE
2014

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA
BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA
FISIOLOGIA ESPECIAL DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS

FREEMARTINISMO:
Intersexualidade e Infertilidade
em Bovinos.

¹Discente de graduação do curso de Bacharelado em Medicina Veterinária, DMV, UFRPE.
²Docente vinculado à Área de Fisiologia e Farmacologia, DMFA, UFRPE
INTERSEXUALIDADE
Mudanças no desenvolvimento orgânico do animal
características determinadas pelo sexo genético
Características de ambos os sexos
Hermafroditismo
Freemartinismo
Ex:
ETIOLOGIA DA INTERSEXUALIDADE
(GRUNERT Et al, 2005)
(GRUNERT Et al, 2005; CAMPBELL, 2004 apud TICIANELLI,2009)
Ocorrência em, praticamente, todas as espécies de animais mamíferos domésticos
Fatores básicos de determinação sexual:
Cromossômico
Fenotípico
Gonodal
Alterações no desenvolvimento das genitálias podem ocorrer em qualquer fase da diferenciação sexual.
FREEMARTINISMO
("Fenômeno da Vaca Maninha")
Histórico:
Séc. XVIII: Primeira descrição (HAFEZ & HAFEZ, 2004)
Free + Martin

Conceituação etiológica:
Forma característica de intersexualidade oriunda de gestação gemelar
Presença de feto masculino e feminino, concomitantes
Fusão da circulação corio-alantoidiana
Anastomose
(GRUNERT Et al, 2005)
FATORES BÁSICOS PARA OCORRÊNCIA DO FREEMARTINISMO
Anastomose dos vasos coriônicos
Liberação de dois ovócitos
X
Y
Implantação uterina
Modificação na organogênese feminina
ETIOLOGIA
Teorias associadas aos casos de animais
Freemartins
Teoria hormonal
Teoria celular
Teoria do antígeno H-Y
Teoria do TDF
TEORIA HORMONAL
Trocas de componentes sanguíneos;
(TANDER & KELLER, 1911; LILLIE, 1916 e 1917 apud GRUNERT et al, 2005)
(NASCIMENTO & SANTOS, 2003; GRUNERT Et al, 2005)
Testosterona
TDF
MIF
Céls. XX e XY
Desenvolvimento gonadal
TEORIA CELULAR
(FECHHEIMER et al, 1962; OHNO et al, 1962, apud GRUNERT et al, 2005)
Anastomose coriônica


Migração de gonócitos à crista genital embrionária
Possibilidade de migração celular do macho à fêmea
TEORIA DO ANTÍGENO (Ag) H-Y
(OHNO, 1976, apud GRUNERT et al, 2005)
Ag de superfície
Produzido pelo gene que determina o sexo do cromossomo Y nos mamíferos
Blastema gonadal
Desenvolvimento dos órgãos genitais masculinos
Ag H-Y
Disseminação
sanguínea
Fusão da circulação
Gônada feminina
receptores de membrana
QUIMERISMO
XX/XY
TEORIA DO FATOR DE DIFERENCIAÇÃO TESTICULAR - TDF
(GRUNERT et al, 2005)
Gene SRY
Diferenciação gonadal
TDF
Testículos
Desenvolvimento gonadal com maior precocidade nos machos
Transferência do gene e TDF
Alterações morfológicas
macho
fêmea
QUADRO CLÍNICO
Masculinização da fêmea
CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS
Maior desenvolvimento das porções craniais
Temperamento masculino
Avaliação do sistema genital
Evidências clínicas diretas
VULVA
Pequena com pêlos longos na comissura ventral;
Possibilidade de formação de pseudo-prepúcio;
Hipertrofia do clitóris;
Em casos extremos, desenvolvimento de pênis hipoplástico.
VAGINOSCOPIA
Pouca alteração no vestíbulo vaginal
Vagina mais curta
Porção cranial de "fundo cego"
Teste do "tubinho"
Sem evidências na porção vaginal do cérvix
PALPAÇÃO RETAL
Gônoda indiferenciada e de tamanho reduzido
Ausência de trombas uterinas
Hipoplasia dos cornos uterinos
Percepção de segmentos tubulares
Conducto de Müller e de Wolff
Glândulas vesiculares rudimentares

AVALIAÇÃO CITOGENÉTICA
Cariotipagem celular permite a detecção de quimerismo (XX/XY)
Pode haver identificação pela tipagem sanguínea dos gêmeos
DIAGNÓSTICO
Demonstração da ambiguidade sexual e ocorrência de quimerismo (XX/XY)
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
Hipoplasia grave
Aplasia dos ductos paramesonéfricos

Freemartinismo:

presença constante as glândulas vesiculosas

Associação do exame clínico com outros testes.
PROGNÓSTICO
Quanto à vida:
Bom
Desenvolvimento corporal

Quanto à função:
Reprodutiva
Ruim
Esterilidade

Comercial
Desvalorização comercial
TRATAMENTO
CONSIDERAÇÕES

CARÁTER FISIOLÓGICO E GENÉTICO


PERSPECTIVAS ECONÔMICAS
LITERATURA CONSULTADA
GRUNERT, Eberhard; BIRGEL, Eduardo Harry; VALE, William G.
Patologia e clínica da reprodução dos animais mamíferos domésticos: ginecologia.
São Paulo, SP: Varela, 2005. 551 p. ISBN 8585519835 (enc.).

HAFEZ, E. S. E.
Reprodução animal
. 7. ed. São Paulo: Manole, 2004. xiii, 513 p. ISBN 852041222X (broch.).

NASCIMENTO, Ernane Fagundes do; SANTOS, Renato de Lima.
Patologia da reprodução dos animais domesticos
. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 137 p. ISBN 8527707748 (broch.).

OTTO, Priscila Guimarães.
Genética básica para veterinária.
4. ed. São Paulo: Roca, 2006. 284p. ISBN 8572416323 (broch.).

Obrigado!
Full transcript