Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Classes sociais, grupos e tribos

Aculturação, contracultura, subculturas, cultura de classe e tribalismo contemporâneo, oque são?
by

Marcus Matheus

on 24 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Classes sociais, grupos e tribos

Classes sociais, grupos e tribos
As subculturas do interior da sociedade teoricamente não existem, porém, na prática isso não acontece, as subculturas são reais e podem até causar conflitos entre ela e a cultura dominante.
No século XX, teve diversos movimentos, onde o objetivo era saber qual era a cultura dominante no Ocidente, protestos por meio de música, vestuário e estilo de vida.

Um bom exemplo desses movimentos contraculturais é o “Movimento Hippie”, ocorreu nos Estados Unidos na década de 1960. O movimento combatia o capitalismo, o patriarcalismo, a massificação, a acumulação de riquezas, a ascensão social e o poder do Estado. Defendia a liberdade em todos os domínios, a não violência e o respeito a natureza.

Os Estabelecidos e os Outsiders
De acordo com os estudos feitos pelos sociólogos Norbert Elias e John Scotson, foi encontrado dois grupos diferentes. Um grupo chamado de Estabelecidos, formado por famílias, com relações intensas de afetividade, sendo eles os que ditam as regras e normas a serem seguidas pela comunidade.
Créditos
Elizeu Pimentel
João Pedro
Luiz Fellipe
Marcus Matheus
Outro grupo estudado por eles foi os Outsiders, possuidor de uma classe operária, reconhecido como forasteiros e que passou a representar uma ameaça para os estabelecidos. Os Outsiders não tinham conhecimento em relação ao grupo, por este motivo eles não conseguiam reagir ás provocações dos mesmos, sendo assim os estabelecidos exercia sobre eles um grande poder de superioridade.
Contraculturas
Sabemos que durante longos anos de desenvolvimento das teorias sociais, percebeu-se o abandono das teorias universais. Pois os sociólogos ao estudarem sobre as culturas procuravam respostas que pudessem analisar qualquer grupo social, á qualquer tempo e espaço. Esses estudos foram criticados por serem teorias “fora da realidade”, incapazes de considerar as diferenças sociais.Após a Segunda Guerra Mundial, as transformações passaram a ser mais explícitas e as diferenças entre os países não eram mais evidentes .Essas transformações mudaram o foco das ciências humanas; o resultado ,então , foi uma percepção mais apurada das teorias universais.
O tribalismo contemporâneo, segundo o francês Michel Maffesoli, constitui um grupo de pessoas, que nos dias de hoje são capazes de se relacionarem mais abertamente umas com as outras. São pessoas diferentemente dos grupos dos estabelecidos, transformaram-se com o decorrer do tempo, mudaram de acordo com a evolução do “mundo”. A liberdade de ir e vir faz com que os membros dos grupos sociais se sintam mais protegidos e sua identidade preservada e respeitada, pois estão ligados por fortes laços de afetividade.
Tribalismo contemporâneo
Nomes
Turma
1210
Escola
FAETEC/ETESC
Matéria
Sociologia
Professor
Paulo César
De acordo com a teoria de Karl Marx a Desigualdade da sociedade esta ligada no sistema capitalista, e sendo dividida em duas classes sociais: a dos proletários e a dos burgueses, influenciando nos seus hábitos, costumes, e até mesmo em suas opiniões e visões do mundo e essa divisão se fazia presente na educação e na socialização das classes.
A sociedade se mobilizou com a urbanização devido ao surgimento da industrialização aproximando as diferentes classes sociais e com os meios de comunicação e cultura em massa acabaram-se por aproximar ainda mais as distintas classes
Cultura de Classe
Subculturas são grupos sociais com características que as distinguem da cultura dominante, como formas de pensar e valores. Normalmente apresentam indivíduos com idades, etnias e/ou gêneros iguais. Costumam defender as mesmas ideias sobre assuntos como música, religião, estética ou outros.
Podem ser identificadas também por seus visuais e padrões comportamentais. Até mesmo a máfia pode ser considerada uma subcultura, por conter valores e padrões comportamentais.
Subculturas
Pode ser chamado de aculturação quando grupos sociais entram em contato, transmitindo partes de uma cultura para outra, podendo ser aceitos ou rejeitados. A aculturação pode não só misturar essas culturas, como também formar uma nova cultura híbrida e mestiça. Lembrando que a aculturação não deve ser confundida com a difusão, pois pode implicar na substituição dos traços culturais em uma sociedade, desencadeando a assimilação, enquanto a difusão pode acontecer sem a substituição de traços culturais.
Aculturação e assimilação
Após o processo de aculturação, vem a assimilação, que ocorre quando um grupo social minoritário cede aos valores e a cultura da sociedade dominante. Esse processo é responsável por resolver os conflitos da cultura minoritária. Um exemplo disso são os imigrantes que vão aos estados unidos e se assimilam com a cultura local.
Video ->
Full transcript