Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Intervenções farmacêuticas na REMU/HU/UFS

Alguns apontamentos sobre o trabalho dos farmacêuticos na Residência Multiprofissional em Saúde do Adulto e do Idoso do HU/UFS
by

Geovanna Cardoso

on 14 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Intervenções farmacêuticas na REMU/HU/UFS

IntervençõesFarmacêuticas No hospital: Intervenção Farmacêutica na
Assistência ao Paciente:
Experiências da Residência Multiprofissional do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe Geovanna Cunha Cardoso
Residente 2011/2012
-Revisão da farmacoterapia

+ Visita ao leito (paciente, acompanhante) - queixas sobre medicamentos, medicamentos de uso anterior ao internamento, reações adversas, alergias e outras queixas

+ Avaliação da prescrição atual - medicamento, dose, frequência, via de administração (SNE, infusão IV), interações medicamentosas, incompatibilidades

-Acompanhamento do paciente internado

- Evolução no prontuário do paciente e fichas específicas Atividades multiprofissionais Avaliação de interações medicamentosas Ênfases:
- Saúde do Adulto e do Idoso
- Saúde Mental
- Epidemiologia Hospitalar Saúde do Adulto e do Idoso Cenários de prática - Pós-graduação lato sensu
- Ensino em serviço
- Dedicação exclusiva
- Preceptor, tutor e residente - Hospitalar: infectologia, clínica cirúrgica, clínica médica e UTI
- Ambulatorial: atendimento aos pacientes de alta hospitalar
- Atenção primária Equipes +Assistente social
+Enfermeiro
+Farmacêutico
+Fisioterapeuta
+Nutricionista
+Odontólogo
+Psicólogo Saúde do Adulto e do Idoso Aprazamento compartilhado + Orientação direta e na prescrição à equipe de enfermagem - Interações e incompatibilidades
- Diluição de injetáveis
- Tempo e velocidade de infusão
- Administração de medicamentos por SNE
- Horário de administração - Discussão de caso

- Estudo

- Acolhimento Ajuste de dose: Paciente em uso de SNE.

- Médico prescreveu levotiroxina 50mcg 1xdia em jejum.
- Enfª realiza aprazamento para administração às 6h.

Realizo avaliação da farmacoterapia... Qual o problema???


A alimentação enteral estava sendo administrada por infusão contínua, com pausa somente das 06 às 10h.

Ou seja, às 06h a paciente não estava em jejum.

Converso com a equipe para alteração do horário de administração, de 6 para 8h.

Intervenção aceita. Horário ajustado. Paciente ASD, internado na UTI com prescrição SF 0,9% 2000mL
Glicose 50% 5 amp nos soros
KCl 10 mL no 1º e 3º soro
Unasyn 3G IV 6/6
Ranitidina 1 amp + 18mL AD IV 8/8
Enoxaparina 40 mg SC 1xdia
Espironolactona 25 mg 1 cp VO 1xdia
Furosemida 40 mg 1 cp VO 1xdia Verifico possíveis interações...
Verifico interação de gravidade maior!!!

Conduta: Alerto equipe para necessidade de monitoramento de perto dos níveis de potássio séricos devido a um aumento da possibilidade de hipercalemia. Alguns exemplos: Paciente, 72 anos, 60 kg, gênero masculino, Creatinina sérica = 1,2 mg/dL, Uréia = 120 mg/dL. Prescrição atual inclui imipenem 500 mg IV 8/8 para tratamento de Infecção de trato urinário. Na avaliação da farmacoterapia, observo valor elevado da creatinina e... calculo Clearence de Creatinina estimado (Cockroft-Gault) que resulta em: ClCr = 47,2 mL/min Discuto com equipe médica e sugiro ajuste da dose do imipenem para 250 mg IV 8/8h. Dose foi reajustada para 250 mg IV 6/6h. Visita no leito: Realizo visita ao paciente ASL, internado na UTI. Paciente nega alergias/RAM anteriores. Relata não fazer uso de medicamentos em casa. Não refere queixas relacionadas aos medicamentos de uso atual, porém queixa-se de prisão de ventre, por não conseguir defecar na fralda. E aì?! Obrigada! geovannacunha@hotmail.com
Full transcript