Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Acolhimento e Integração

No description
by

Beatriz Nogueira

on 7 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Acolhimento e Integração

Acolhimento e Integração
Curso:

Desenvolvimento:
Impacto no mercado de trabalho;
Qualidade dos seus produtos.


Apresentação do grupo Pé Leve
Formação contínua;
Acompanhamento das funções.
Integração
"(...) maneira pela qual as experiências de aprendizagem (...) são estruturadas (...) dentro da organização".
Socialização e Estratégias de Socialização
Objetivo:
Fornecimento de informações essenciais na fase inicial de integração.

Manual de Acolhimento
Acompanha o novo colaborador;
Facilita o assimilar de informações sobre a empresa e o posto de trabalho.
Tutor de Acolhimento e Integração
Avaliação de resultados da socialização
Acolhimento e Integração
Gestão de Recursos Humanos
Unidade Curricular:
Gestão de Recursos Humanos
Docente:
Manuela Anjos
Joana Batista | 130318088
Beatriz Nogueira | 130318037
Marta Lopes | 130318089
Sandrina Santo | 130318025
Sumário
Programa de Acolhimento
Introdução
1. Apresentação do grupo Pé Leve
2. Acolhimento e Integração do Grupo Pé Leve
2.1. Acolhimento e Integração
2.2. Socialização e Estratégias de Socialização
2.3. Programa de Acolhimento
2.4. Manual de Acolhimento
2.5. Integração
2.6. Tutor de Acolhimento e Integração
2.7. Avaliação de resultados da socialização
Conclusão
Bibliografia
Introdução
Desenvolvimento de um "Plano de Acolhimento e Integração".
Objetivo:
Colocar em prática conhecimentos adquiridos em sala de aula, através do estudo de caso Pé Leve.
Metodologia:

Pesquisa de conceitos teóricos e a posterior aplicação dos mesmos.
Internacionalização de produtos:
Europa; América do Norte; PALOP.

Objetivos:
Máxima eficiência operacional;
Fidelidade, satisfação e sucesso;
Elevados padrões de conduta e responsabilidade social.

Perspetiva:
Negócio feito de pessoas para pessoas.

Objetivos:
Dar a formação técnica necessária ao início da função e durante o período de adaptação;
Organização vs. Concorrência.
Cunha et al. 2010
Fases do Processo de Socialização
Socialização Antecipatória
Encontro
Mudanças e Aquisições
Programas de Acolhimento;
Manual de Acolhimento;
Tutor.
Van Maanen, 1989
Considerações a ter na elaboração:
Apenas informações indispensáveis;
Apelativo e pouco extenso.

Fases da relação entre o tutor e os novos colaboradores
Iniciação
Início da relação.
Desenvolvimento
Relação evoluí e a supervisão é constante.
Separação
Colaborador aquire autonomia.
Redefinição
Tutor e colaborador têm relacionamento de "igual para igual".
Avaliação Positiva:
Fica na Empresa.
Avaliação Negativa:
Pode ou não ser dispensado.
Conhecimentos profissionais;
Características pessoais relevantes;
Desempenho profissional;
Superação aspetos menos positivos;
Proposta de possível contratação.
Colaborador é avaliado quanto:
"Os comportamentos adequados para um cargo (...) são aprendidos e reaprendidos ao longo de uma carreira".
Caplow, 1964
Conclusão
Bibliografia
Obrigada pela vossa atenção!
Pontos importantes:
Não sobrecarregar o novo colaborador;
Ser breve e direto;
Ser o exemplo;
Facultar um tutor ao recém- chegado.
Acolhimento e integração: ambientação dos novos colaboradores;

Caetano, A.; Vala, J. (2002), cap. 10, in Gestão de Recursos Humanos – Contextos, Processos e Técnicas, 2ª edição, Lisboa, Editora RH, pp. 301-324;

Cardoso, C.; Cunha, M; Cunha, R; Gomes, J.; Marques, C.; Rego, A. (2010), cap. 7, in Manual de Gestão de Pessoas e do Capital Humano, 2ª edição, Lisboa, Edições Sílabo, pp. 328-376;

Pires, Ana Maria (1993), II parte, in Técnicas de Entrevista e Seleção de Pessoal, S.E., Lisboa, Edições Cetop, pp. 108 – 112;

Van Maanen (1989), Integração e Acolhimento, cap. 10, in Caetano, A.; Vala, J (2002), Gestão de Recursos Humanos – Contextos, Processos e Técnicas, Lisboa, Editora RH, pp. 301;

Caplow (1964), Integração e Acolhimento, cap.10, in Caetano, A; Vala. J. (2002), Gestão de Recursos Humanos – Contextos, Processos e Técnicas, Lisboa, Editora RH, pp. 324.

Orientação formal
- Momentos programados pelos responsáveis da empresa.
Orientação informal
- Integração dos novos colaboradores e restantes membros.
Cunha et al, 2010

Boa estratégia de RH = reduz ansiedade do colaborador e aumenta a probabilidade de permanecer na empresa;

Processo de socialização: processo de aprendizagem;
Economiza tempo.
Acolhimento e Integração
Grupo Pé Leve
Angola
Chefes de Loja
Técnicos de Contabilidade
Técnico de Recursos Humanos
Horário

9.00 - 9.15h
9.15 - 9.45h
9.45 - 10.15h
10.15 - 11.00h
11.00 - 12.00h
12.00 - 13.00h
13.00 - 14.00h
14.00 - 15.30h
15.30h
Fases

Boas vindas aos colaboradores
Reunião com a chefia da unidade organizacional
Pausa para café
Transmissão de informações e esclarecimento de dúvidas
Preenchimento da documentação e processos legais
Visita às instalações e locais importantes
Pausa para almoço
Apresentação das funções
Fim do Acolhimento
Responsável

Responsável de RH
Diretor da filial

Responsável de RH
Responsável Admin.
Diretor de RH

Responsáveis da secção
Full transcript