Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

mirella apresentação

mirella apresentação
by

mirella benedett

on 1 June 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of mirella apresentação

QUESTIONÁRIO E TESTE QUESTIONÁRIO E TESTE IFSC
PAD
Profº.:Felipe Lista organizada de perguntas que visa obter informações de natureza muito diversa
tais como interesses, motivações, atitudes ou opiniões das pessoas.

Os questionários podem ser usados, por exemplo, para obter informação acerca de hábitos, compreensão ou do tempo dispendido num determinado desempenho ou tarefa.

No entanto, podem ser também usados para obter registos acerca do que fizeram (ou fariam) numa dada situação.

ETAPAS NA ELABORAÇÃO
DE UM QUESTIONÁRIO

Em investigação o processo de elaboração
e aplicação de um questionário passa por
uma série de fases e tem de respeitar um
conjunto complexo de procedimentos.

As etapas de concepção, elaboração e
aplicação podem resumir-se da seguinte
forma:



. 2.1 Definições dos Objetivos
. 2.2 Definições das Questões
. 2.3 Identificações da População e
Seleção da Amostra
. 2.4 Elaborações das Questões
. fechadas
. abertas
. 2.5 Instruções de Aplicação
. 2.6 Testagem das Questões
. 2.7 Redações Definitivas
. 2.8 Aplicações do Questionário
. 2.9 Análises de Resultados



As etapas de concepção, elaboração e aplicação podem resumir-se da seguinte forma: . 2.1 Definições dos Objetivos
Muita clareza.
Não amplo.
Mais concreto e explícito
Sem saber responder a estas
questões não podemos passar
à fase seguinte.
. 2.2 Definições das Questões

A informação que desejamos recolher está sempre
relacionada, de uma maneira, ou de outra, com as
expectativas que temos quando decidimos fazer o
questionário.
Há a necessidade de realizar o questionário para
confirmar ou infirmar a nossa hipótese.
Nesta fase, temos de ter bem claro as questões
acerca das quais queremos recolher informação.
. 2.3 Identificações da População e Seleção da Amostra

Muitas vezes não é possível aplicar o questionário a todos pesquisado e então opta-se por selecionar apenas uma amostra.
Um dos problemas relacionados com as amostras é o de assegurar a sua
representatividade. Elementos para garantir da amostra apresentem as mesmas características da população a que pertencem. Essas características poderão ser o sexo, a idade, o ano de escolaridade, ou aspectos mais particulares.
. 2.4 Elaborações das Questões

Tipos de questões e alguns cuidados a ter na sua elaboração:

ter o cuidado de as construir
terem significado claro para os respondentes
utilizar uma linguagem acessível a todos.

devem ser eliminados ou reformulados:
itens que suscitem dúvidas de interpretação e compreensão por parte todos
. abertas — quando a resposta é livre e é dada a possibilidade ao respondente de
expressar opiniões por palavras suas.

não temos uma ideia concreta acerca das opções que se colocam ao problema que queremos resolver, será útil fazer um questionário com perguntas abertas que nos ajudará a recolher grande quantidade de informação
. fechadas — quando se apresentam uma série de respostas previamente
selecionadas à escolha do respondente.

As questões fechadas apresentam algumas vantagens

mais facilmente quantificáveis
mais fáceis de preencher e de codificar
maior fidelidade uma vez que todos os respondentes estão subordinados às mesmas opções o que depois facilita a comparação das respostas,

Evitar:
muitas de questões, pois provoca cansaço ao responder.
questionário muito extenso podendo gerar desmotivação e negligência
nomeadamente na fase final do questionário.(crianças e adolescentes)
. 2.5 Instruções de Aplicação

Fornecer indicações precisas quanto à
forma de preenchimento do questionário
Explicitar a razão da sua aplicação
Oferecer garantias de anonimato e
confidencialidade
Maior disponibilidade
Contribuir para uma maior fidelidade
nas respostas.
Quando se pretendem detectar pessoas
com dificuldades, não sendo portanto
possível o anonimato, devemos fornecer
explicações para que este fato não seja
inibidor das respostas dos pesquisados.
. 2.6 Testagem das Questões

Analisar e discutir o questionário com professores, orientadores... ou uma parte da amostra ou grupo pesquisados.
Saber
Se os itens estão mal construído
Se há palavras que não entendem e que têm de ser substituídas por outras
Se o questionário é muito longo.
Selecionar pessoas com características semelhantes às daqueles a quem vai ser administrado o questionário definitivo e de assegurar também que o questionário piloto é aplicado em condições comparáveis às que existirão quando se administrar o questionário final.
. 2.7 Redações Definitivas

Feitas as alterações surgidas a
partir da testagem do questionário,
é altura de dar por terminada a
fase da redação dos itens

. 2.8 Aplicações do Questionário
O questionário é entregue aos pesquisados e solicita-se o seu preenchimento. É
importante apelar à colaboração e insistir mais uma vez na importância da
recolha desta informação e na sinceridade nas respostas.

. 2.9 Análises de Resultados
Essa fase da análise de resultados tem:
VANTAGENS E DESVANTAGENS
DO QUESTIONÁRIO Desvantagens
. processo de elaboração e testagem de itens muito moroso;
. nem sempre é fácil a interpretação das respostas;
. é difícil saber se os alunos estão a responder o que sentem ou se respondem
de acordo com o que pensam que são as nossas expectativas;
. não é possível ajudar o aluno em questões mal formuladas. Vantagens
. servem de instrumento de diagnóstico
(dificuldades, interesses, preferências,…);
. permitem recolher informação de um elevado número de alunos ao mesmo
tempo;
. contribuem para enriquecer a avaliação formativa;
. permitem uma rápida recolha de informação;
. podem ajudar a desenvolver a reflexão dos alunos acerca do seu próprio
percurso. BIBLIOGRAFIA
http://www.dgidc.min-edu.pt/secundario/Documents/quest_sala_aula.pdf
Full transcript