Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Grice e as Máximas Conversacionais - Prof. Marcos Antônio

No description
by

Marcos Antônio

on 29 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Grice e as Máximas Conversacionais - Prof. Marcos Antônio

Grice e as Máximas Conversacionais
Prof. Marcos Antônio

Aula programada para o curso de Letras ou qualquer outro curso, cuja disciplina seja "produção de texto".

O objetivo desta aula é o de apresentar a teoria Griceana e analizar as máximas no gênero entrevista.
Vá à página 33
Princípio cooperativo de Grice: “Faça sua contribuição conversacional tal como é requerida, no momento em que ocorre, pelo propósito ou direção do intercâmbio conversacional em que você está engajado” Grice (1982, p.86).
Ok!
Grice (1982, p.86), um dos estudiosos dessa vertente pragmática, “Nossos diálogos, normalmente, não consistem em uma sucessão de observações desconectadas, e não seria racional se assim fossem”.
Teoria da Argumentação na Língua proposta por Anscombre-Ducrot (1994/1988), quando postulam que a língua é argumentativa por natureza.

Espíndola (2004), o uso que fazemos da língua também é argumentativo.
Vejamos agora a definição de cada uma das quatro máximas...
1.Máxima de Quantidade

Contribuição seja tão informativa quanto requerido/ mais informativa do que é requerido.
2. Máxima de Qualidade:
Não diga o que você acredita ser falso.
Não diga senão aquilo para que você possa fornecer evidência adequada.
3.Máxima de Relação

Seja relevante.
Diga apenas o que é importante para a conversa...
4.Máxima de Modo

Evite obscuridade de expressão / Evite ambiguidades
Seja breve (evite prolixidade desnecessária/ Seja ordenado)
É preciso respeitar as máximas, visto que os nossos diálogos no mundo não ocorrem no vázio nem são desconexos.
Quebra das máximas na oralidade...
quantidade
modo
relação
qualidade
Análises
VEJA: Vai ser fácil encontrar o bóson de Higgs no LHC?
 
ANDY PARKER: Higgs é a única partícula do Modelo-Padrão que não encontramos até agora, e não foi por falta de tentativa. Não sabemos exatamente quanto pesa, então precisamos procurá-la em toda a parte. É como tentar achar algo no escuro. Num cenário favorárel, nós encontraremos Higgs em um ano. Se a partícula for leve, a busca será mais difícil e poderá levar três ou mais.
 
No recorte de número 13, a pergunta fica, mais uma vez, sem resposta clara, direta, objetiva. Indiretamente, o físico diz que não pode afirmar se será fácil ou não. Dessa forma, há uma quebra das máximas de relação, quantidade.

VEJA: Qual é a cena mais horripilante do filme?

Zé do Caixão: O pessoal tem elogiado uma em que eu enfio a cabeça de uma atriz num tonel com 3000 baratas. Todas limpinhas, criadas em laboratório. Tinha grande, pequena, marrom, albina. Não sabia que existiam tantos tipos de barata.

Nesta pergunta/resposta está bem marcada a quebra das máximas de quantidade e relação. A pergunta é sucinta e direta, mereceria, portanto, uma resposta também direta. Para tanto, o entrevistado poderia ter concluído sua resposta em “[...] 3000 baratas.” As demais informações fornecidas não são relevantes à pergunta.
Acreditamos, ainda, na quebra da máxima de qualidade, uma vez que a resposta apresentada não mostra um ponto de vista do entrevistado. Ao usar a expressão “O pessoal tem elogiado...” o entrevistado não dá muito crédito à resposta, pelo contrário, deixa indeterminado o valor da informação. Além disso, ao indeterminar o sujeito que está elogiando a cena, usando a expressão “o pessoal”, o entrevistado também não se compromete em apontar alguém.

VEJA: E a sua intenção de ser candidato?
 
ZIRALDO: Foi outra invenção. Imagina se eu preciso ser candidato a vice de alguma coisa, minha filha. Todo mundo gosta de mim. Para que eu vou dividir as pessoas que gostam de mim em partidos? Sou muito mais importante que qualquer deputado.
 
Nesse recorte presente, é possível afirmar que há a violação de três máximas: quantidade, visto que a resposta foi maior do que deveria ser; a máxima de relação, pois há informações que não têm relevância para o que foi perguntado; e a máxima de qualidade, visto que o interlocutor, ainda que em tom irônico, ao afirmar “Todo mundo gosta de mim.”, está violando essa máxima, já que ele não tem evidências para provar tal fato.

Referências:
GRICE, H. P. Lógica e Conversação. In: DASCAL, M. Fundamentos metodológicos da linguística. Pragmática Vol. IV. Campinas, 1982.
KOCH, Ingedore. G. V. A inter-ação pela linguagem. São Paulo: Cortez, 2004.
______. Argumentação e linguagem. São Paulo: Cortez, 2004.
LEVINSON, Stephen C. Pragmática. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
MARCONDES, Danilo. A pragmática na filosofia contemporânea. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.



Obrigado pela atenção!
Contato:

sambiar@ig.com.br
Considerações breves...

É interessante perceber que as máximas não ocorrem de maneira isolada, e que sua violação pode constituir um recurso linguístico utilizado pelo falante - com seus determinados objetivos e em determinados contextos - como foi observado nessa análise, ou simplesmente pelo fato do(s) interlocutor(es) desconhecê-las.

Como foi visto na análise, quebrar uma máxima pode significar denunciar alguma coisa. Dizer menos/mais do que o outro espera ouvir pode ser, também, uma estratégia para o não comprometimento (ou graus diferentes) diante dos fatos.
Full transcript