Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

No description
by

Paloma Berbert

on 10 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

CONCEITOS CONTÁBEIS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO


NOTAS EXPLICATIVAS
CAMILA CRISTINA RIBEIRO
FLÁVIO AUGUSTO DE BESSA
KEILA IONÉSIA BARBOSA OLIVEIRA
LEANDRO ANTÔNIO DOS SANTOS CRUZ
LEANDRO BIELBY
MARCUS VINNICIUS DE OLIVEIRA FREITAS CIRILO
PALOMA BERBERT GOMES
TAINARA OLIVEIRA DOS SANTOS
WALISSON FAUSTINO DOS SANTOS

DEMONSTRAÇÃO DE LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS
Muito obrigada!


DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO
Conceito
A DMPL é uma demonstração que tem por objetivo apresentar num determinado período de tempo às movimentações das contas que integram Patrimônio Líquido das empresas.

É uma demonstração mais abrangente, pois examina todas as contas que integram do Patrimônio Líquido.

Esta demonstração se tornou obrigatória pela Comissão dos Valores Imobiliários e substitui a DLPA.


Funcionalidade
A preparação dessa demonstração é relativamente simples, basta representar de forma breve e coordenada as movimentação ocorridas durante o exercício nas diversas contas do Patrimônio Líquido.
Modelo de DMPL
O que é?
Demonstração de fluxo de Caixa tem por dever demonstrar toda a saída e entrada de dinheiro do ativo disponível.
Como deve ser estruturada?
Estruturação em três grandes áreas:

Atividades Operacionais
Atividades de Investimento
Atividades de Financiamento

A DFC pode se elaborada por dois métodos

Direto
Indireto
Modelos de Elaboração
O que é a DLPA

Objetivo da DLPA

Composição:
. Saldo Inicial do Período
. Modificações Ocorridas Durante o Período
. Ajuste de Exercícios Anteriores
. Reversão de Reservas
. Lucro ou Prejuízo Líquido do Exercício
. Proposta de Destinação de Lucros
. Saldo Final do Período
Objetivo
Demonstrar o valor da riqueza econômica gerada pela empresa e sua forma de distribuição.
Resultado
Os trabalhadores avaliarem a oscilação da riqueza que a empresa produziu, acompanhar a parcela que está sendo levada por eles e lutar por aumentos reais de salário e incentivos,em virtude desse acréscimo na riqueza.
A Lei das Sociedades Anônimas, Lei 6.404/76 foi alterada em 27 de Dezembro de 2007, pelo Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, quando sancionou a Lei 11.638/07. Esta Lei, em seu artigo 176, diz que, as empresa de capital aberto, deverão, obrigatoriamente, apresentar a DVA – Demonstração do Valor Adicionado.
Normatiação
Formação da Riqueza
A riqueza gerada pela é calculada assim:

VENDAS
MENOS
INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS
MENOS
DEPRECIAÇÃO

Isso corresponde à diferença entre o valor recebido de terceiros pelas receitas menos o valor desembolsado a terceiros para aquisição dos insumos utilizados nesse processo.
Distribuição da Riqueza
Essa riqueza gerada é mostrada na DVA, como se distribui entre o capital (juros a financiadores externos e lucro dos sócios), o trabalho (mão de obra) e o governo (tributos).

Exemplo
Distribuição do Valor Adicionado
Conceito
Fornece informações necessárias para o esclarecimento da situação patrimonial da organização;

Pode esta relacionada a outras Demonstrações Financeiras;
Finalidade
A Lei da Sociedades por Ações estabelece, no parágrafo 4° do art. 176, que as notas explicativas e outros quadros analíticos ou demonstrações contábeis necessárias irão complementar as demonstrações de forma a esclarecer a situação patrimonial e os resultados do exercício.

Vantagens
Apresentar informação não quantitativa como parte do relatório financeiro;
Divulgar ressalvas e restrições a itens contidos nas demonstrações;
Apresentar mais detalhes do que é possível nas demonstrações;
Apresentar material quantitativo ou descritivo de importância secundária;
Desvantagens
Tendem a ser de difícil leitura e entendimento sem estudo considerável e, portanto, podem vir a ser ignoradas;
As descrições textuais são mais difíceis em termos de utilização para a tomada de decisões do que resumos de dados quantitativos nas demonstrações;
Por causa da crescente complexidade das empresas, há o risco de abuso das notas explicativas;
Os tipos mais comuns
Explicações de técnicas ou alterações de métodos;
Explicações de direitos de credores a ativos específicos ou prioridades de direitos;
Divulgação de ativos ou passivos contingentes;
Divulgação de restrições a pagamento de dividendos;
Descrições de transações afetando o capital social e os direitos de acionistas;
Descrições de contratos executórios.
FIPECAFI. Manual de Contabilidade Societária: Aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas Internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010.

LAMAS, F.R.; GREGÓRIO, A.A Demonstração do Fluxo de Caixa e Contabilidade Criativa, Revista Universo Contábil, Blumenau, v5, n.3, p.99-115, jul./set. 2009.

Portal da Contabilidade, Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido – Disponível em: < http://www.portaldecontabilidade.com.br/guia/demonstmutapl.htm>
Acessado em: 29 de Abril de 2015.

Para que serve?
Independentemente do tipo societário adotado, as entidades devem apresentar o referido demonstrativo, pelo menos anualmente, por ocasião do Balanço Patrimonial. Lei 11.638/2007
Modelo Direto
Um importante instrumento para planejamentos e tomadas gerenciais.
Qual sua importância?
Modelos de Elaboração
Modelo Indireto
Full transcript