Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

HD

No description
by

Larissa Soares

on 1 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of HD

HD
Desvendando o
1973
1980
1985
1984
1956
1950
O antecessor: Winchester 3340
A evolução
ST506
Primeiro disco rígido para microcomputadores
Armazenamento
: 5MB
CD-ROM
Proveniente do
Compact Disc (CD)
Desenvolvido e patenteado pela Phillips e Sony
Tipos
: CD-RW e CD-R
Armazenamento
: 700 MB (79 min e 57 segundos de áudio)

Em 1985...
lançada a
primeira enciclopédia eletrônica
gravada em CD-ROM -
The Academic American Encyclopedia
IDE (Dispositivo Eletrônico Integrado)
O controlador é integrado ao HD
através de um circuito impresso colocado na parte inferior do mesmo
Armazenamento Magnético de Tambor
ERA 110 - Primeira Unidade de Armazenamento Magnético de Tambor
Fabricado para a Marinha Americana pela Engineering Research Associates de Minneapolis
Armazenamento:
1 MB
Fetch
: 5 milésimos de segundo
Rey Johnson - Pai do Disco Rígido
RAMAC/IBM 350
Fabricado pela IBM
Custo:
35 mil dólares
Armazenamento:
4,36 MB
(equivale a 2 músicas em MP3)
Dimensões:
24 pol de diâmetro cada disco (50 discos)

Como surgiu o
HD
?
Rey Johnson em frente ao RAMAC (primeiro HD)
Winchester 3340
- Unidade de Disco Rígido Lacrada
Armazenamento
: 2(dois) fusos com 30MB cada (
Winchester 30/30
)
Antes do Winchester...
Discos flexíveis de 8 polegadas - IBM
vendidos com driver e fonte de alimentação (primeiros disquetes)
Em
1981
...
Sony fabrica os primeiros disquetes de 3.5 polegadas
Phillips inventa as primeiras unidades leitoras a laser óptico
(Compact Disc Read-Only Memory)
Hard Card
= IDE
Primeiro produzido pela
Quantum

1986
1997
2013
Cada vez menores...
Em 1986...
os discos rígidos passaram a ter 3.5 polegadas de diâmetro com atuadores de bobina de voz.
...e mais rápidos!
HD Ultra ATA
Fabricado pela
Seagate
Velocidade:
7.200 rotações por minuto (desktops)

8 anos depois...
Cheeta X15 - Seagate
Velocidade:
15.000 rotações por minuto
Em 1988...
a diminuição dos atuadores provocou a diminuição dos drivers, cada vez mais
Como funciona
O que é
É onde estão armanezados desde o sistema operacional do computador a programas e arquivos pessoais
PRINCIPAIS COMPONENTES:
1. Platers (prato)
2. Spindle (eixo)
3. Braços Atuadores
4. Mecanismo de Articulação
5. Cabeça de Acionamento (drive head)
6. Faixas (tracks)
7. Setores das faixas
8. Clusters (agrup. de setores)
9. Área de desemarque/estacionamento
10. Interface
Platters
São discos magnéticos onde os dados são gravados.
densos
capacidade de armazenamento
Duas camadas:
substrato
(alumínio ou vidro)

material magnético
(óxido de ferro)

Duas formas de aplicação da camada eletromagnética:
-
eletroplating
(ultrapassada) - "eletrólise"
-
sputtering
(usual) - "soldar transistores em
processadores"
As camadas magnéticas são cobertas com uma fina película estabilizadora e protetora
Trilha (Tracks)
Setores (segmentos das trilhas)
São marcas lógicas ("0s" ou "1s) que dividem a trilha...
A trilha é uma fina linha (sulco) impressa sobre a superfície de discos de armazenamento magnético ou óptico
Podem ser:
espiral
ou
concêntrica
do centro à borda
da borda ao centro
espiral:
iguais e seguidos
concêntrica:
do centro para borda
- "pizza"
Spindle
é responsável por fazer o(s) discos) girarem
rolamento
motor de alta velocidade
3.600 RPM
7.200 RPM
10.000 RPM
Braços Atuadores e Drive Head
manipula as moléculas da superfície do disco a partir de impulsos magnéticos (um para leitura e outro para a escrita)
feitos de alumínio (ou ligas) posiciona o cabeçote acima dos discos
mecanismos que gerenciam a movimentação dos braços e das cabeças de leitura e gravação
atração e repulsão eletromagnética
alteração da intensidade da corrente
através do CKT interno ligado a placa lógica
Mecanismo de Articulação
Incicialmente...
Motor de Passo -
lentos e sucetíveis a erros
Hoje...
Atuadores (voice coil)
reúne componentes responsáveis por diversas tarefas, como o controlador e o buffer
Placa Lógica
Controlador
: -
movimentação dos discos, braços e
cabeças de leitura/gravação
- rotinas de segurança
- controle de dados entre os
discos e o computador
Buffer
(cache): - armazenar pequenas quantidades de dados duarante a comunicação com o computador
- 2MB a 64MB
- Agiliza o processo de transferência de informação
Mais informações
- Não são hermeticamente fechados
- pressão interna = pressão do ambiente
- Pressão do ar <-> funcionamento
- Altitude: 3000 m acima do mar
- HDs pressurizados (uso militar)
- 2º filtro: partículas internas (desgaste/
choques)
1º filtro
bobina que envolve um núcleo de ferro (eletroímã)
Quais
os
t
i
p
o
s
Como funciona o processo de escrita e leitura?
Como
funciona
o
processo
de
escrit
_
e
leitura
Década de 80...
Disquetes
- baixo nível de gravação
baixa durabilidade
Atualmente...
Mídia laminada
(plated midia)
- mais densa
maior qualidade
maior capacidade
Gravação/escrita
Realizada pela cabeça (head drive) de escrita
- impulsos magnéticos manipulam as moléculas
- formação dos 1s e 0s (polaridade)
bits = sequência de várias
moléculas
denso
moléculas (armazenamento)
fraco (sinal magnético)
precisão
(head drive)
Leitura
Variação dos sinais positivos e negativos
Pequena corrente elétrica
Bobina
Placa lógica
Interpretação dos 1s e 0s
Cluster
...onde estão armazenados os dados
(conj. de setores)
Menor parcela do HD que pode ser acessada pelo sistema operacional
Vale a pena saber...
- O Uso dos Nobreaks
posição segura onde a cabeça é posicionada quando o computador é desligado ou para gravação e leitura do disco
- Landing Zone
aplicativo obsoleto responsável por realizar a volta da cabeça para LZ
- Park.com
processo realizado pelo próprio HD que posicionava a cabeça na LZ
- Auto-parking
- Cache do Disco x Cache do HD
parte da memória RAM - criada pelo SO
SDRAM
NÚMERO
DE
TRILHAS
CABEÇAS
ETORES
&
CILINDROS
A Geometria dos Discos
O disco é dividido em:
cilindros
,
trilhas
e
setores
-
Superfície
: trilhas e setores
recebe um endereçamento
(mais próx. da borda = trilha 0)
1 setor = 512 bytes
>= 3 mil
900
Cluster
(conj. de setores): cada cluster tem um único endereço
arquivos grandes
=
vários clusters
e
1 cluster
=
1 arquivo
- Marcas de Endereçamento:
áreas com um sinal
magnético diferenciado
que definem os limites das
trilhas e setores
regraváveis ou de fábrica
As Faces dos Discos
Um HD é formado por vários discos empilhados
Antigamente...
6 a 12 discos (servidores)
Atualmente...
2 ou 3 discos
maior capacidade: 4 discos
1 disco - 2 faces - 2 cabeças de leitura/
escrita
(isoladas)
Acessando os dados de determinada trilha:
(trilha 700 da face 1 do disco 3)
Ativação da cabeça de leitura do disco 3 responsável pela face 1
Ordem para que o braço de leitura se dirija à trilha 700
Cilindros
é o conjuto de trilhas com mesmo número nos vários discos
- Atuador da bobina de voz
é uma forma de motor CC de imã permanente controlado pelo campo, que inclui uma bobina de fio ligado ao topo de uma montagem em forma de cone de um alto-falante
ZBR
oned
it
ecording
recurso com o qual pode-se variar a quantidade de setores em uma trilha de acordo com o diâmetro
Velocida
de
de
rotação
...é o tempo que o disco leva para procurar e acessar os dados
velocidade
rápido acesso
Antes...
desktop: 5.400 RPM
notebook: 2.200 RPM
Atualmente...
Padrão: 7.200 RPM
...
Capacidade
de
Armazena
mento
Fatores:
- Tecnologia >> densidade
- Diâmetro >> área útil de gravação
- Multiplicação dos Platters
Densidade de Gravação
Mídias de melhor qualidade
=
dados mais estáveis
Antigamente...
IBM 350
: tinta especial com limalhas de ferro
Eletroplating:
- superfície pouco unifrome
- discos de baixa densidade
Sputtering
deposição de grãos microscópicos de forma uniforme
menores grãos
camada fina e sensível
altas densidades
Medidas
Densidade de gravação
: gigabits x pol²
Área magnética:
200x50 nanômetros
(locação de bits)
grãos magnéticos microscópicos:
- liga de cromo
- liga de cobalto
- liga de platina
- liga de boro... e outros raros
cilindros cabeças setores 512
Capacidade de Armazenamento
=
1 cluster
Interface
meio de comunicação do HD
Divide o HD em tipos:
IDE
SATA
SSD
Tipos
IDE (Integrated Drive Eletronics)
- Surge na percepção das
vantagens da integração
-
Controladora integrada
: Quantum e Western Digital
- Em 1990: padronização pela ANSI...


IDE
ATA
-
Transmissão de dados:
40 ou 80 vias
-
Cabo de energia:
4 pinos (padrã0)
As primeiras placas...
- Uma ou duas portas IDE
- Slot ISA 16 bits
Super-IDE
- Uma porta IDE
- Uma porta FDD
- Duas portas seriais
- Uma porta paralela
- Conector para joystick
IRQ
-
I
nterrupt
R
e
q
uest
DMA
-
A
cesso
D
ireto à
M
emória
Nos primórdios da interface IDE
Sem padrão...
"Kit Multimídia" = CD-ROM, placa de som, microfone, auto-falantes
Protocolo ATAPI
Com padrão...
IDE na Placa-Mãe
Duas portas IDE (primária e secundária)
1 porta IDE = 2 drives (HDs, CD-ROMs)
Controladora IDE PCI
= + 2 portas IDE
Dois drivers numa porta -
JUMPER
- Master ou Slave
perda de desempenho
Mais informações...
Cabo IDE
Tipos
: 40 ou 80 vias
Diferença
: 40 fios (neutros)
- Mesma quantidade de pinos nos conectores e encaixes: 40
-
Principal diferença
: velocidade de transmissão de dados



SATA
(Serial Advanced Tecnology Attachment)
Barramento Serial
- transmissão de um 1 bit por vez em cada sentido
Algumas especificações...
Cabo: - fino (altas frequências)
- 7 pinos: 4 para transmissão de dados e 3 neutros
1 porta SATA = 1 dispositivo
Versatilidade
: instalação da interface por
placas adaptadoras
Sem ruído:
poucas vias e blindagem
Velocidade não compartilhada:
150 Mb/s ou 600 Mb/s em cada sentido

O Clã SATA
SATA I
Taxa de Transferência:
150 MB/s ou
1,2 Gb/s
Frequência
: 1,5 GHz
Esquema de codificação:
8B/10B
SATA II*
Taxa de Transferência
: 300 MB/s
Frequência:
3 GHz
Esquema de Codificação:
8B/10B


*Possuem um jumper para utilização em HDs que funcionem em placas-mãe SATA I
SATA III
Taxa de Transferência
: 600 MB/s
Frequência
: 6 Ghz
Esquema de Codificação:
8B/10B
Usam memória Flash
e-SATA
permite a conexão de dispositivos externos a uma interface SATA
compatibilidade de HDs externos - maior taxa de transferência de dados
Vantagem
: aproveitamento da velocidade SATA
Desvantagem
: não fornece fonte de alimentação
eSATAp:
porta USB compatível com eSATA
2 pinos de energia (12 V)
SSD (Solid State Disks)
- Velozes e duradouros:
sem partes movéis
Sistemas magnéticos
circuito integrado semicondutor
material usado para o transporte de sinal elétrico entre transistores
Vantagens
Desvantagens
- Econômico
(energia e espaço)
-
Silencioso
- Resistente
-
Leve
- Tempo de transferência de dados menor (SSD - RAM)
- Resistente ao calor (70 ºC)
-Velocidade de gravação: 250 MB/s
-Velocidade de Leitura: 700 MB/s
- Pequena capacidade de armazenamento: 256 GB
- Ciclo de vida curto (2 anos)
- Custo por Gigabyte
O Avanço: 840EVO mSATA
Anunciado em dezembro de 2013
Primeiro disco
SSD
com
1 TB -
120 GB, 250 GB, 500GB
Taxa de escrita:
520 MB/s
Taxa de leitura:
540 MB/s
As Tecnologias MLC, SLC e TLC
MLC
- Tensões diferenciadas
- Armazenamento de 2 bits por célula de memória
- Mais baratos
- 10 mil operações de escrita e leitura por célula (variação)
- MLC x MBC
SLC
TLC
- SSDs econômicos
- Armazenamento de 3 bits por célula
- Mais lentos
- Menos vida útil
Multi-Level Cell
Single-Level Cell
- Memórias Flash "normais": armazenam um bit por célula
- Mais caros
- Mais resistentes
- 100 mil operações de leitura e escrita por célula
- Dispositivos de alto desempenho
Triple-Level Cell
SCSI
Die Stacking
- Aumentar a capacidade de armazenamento de memórias flash
- Chips empilhados, interconectados e encapsulados
iRAM: um tipo de SSD
Fabricado pela
Gigabyte
Conexão de pentes de
RAM DDR
Bateria recarregável (15 horas)
Armazenamento temporário de dados de um servidor
Mais informações
-
SSD
é um
DRIVE
-
Possibilidade de conexão
: SATA
e
IDE
-
Multifacetado:
1.8, 2.5, 3.5 pol

interface
USB
ou
FireWire

híbridos
(SSD + HDs)
- Chips de memória tipo NAND flash
Desempenho
Consumo de Energia, Temperatura e Espaço
Peso
Não utilização de partes mecânicas
Menos energia para operar
Bateria mais autônoma
Menos dissipação de calor
Utilização de chips
SSD << HDs
- comercializado como HD sem disco
- Pequena quantidade de
memória RAM
- Chip Controlador:
SoC
- Capacidade <-> Miniaturiuzação
- Os dados são agrupados em
blocs de 512 KB
cache ou buffer
(System on a Chip)
páginas de 4 KB
Recurso TRIM
- Disponível para os S.O:
Windows 7
,
Mac OS X Lion
,
Linux kernel 2.6.33
ou sucessores.

- Nem todo SSD é compatível
Como ativar o recurso TRIM?
Abra o prompt de comando e digite a seguinte linha:
fsutil behavior set disabledeletenotify 0
Como desativar o recurso TRIM?
É só digitar a mesma linha citada acima e trocar o número final "0" por "1":
fsutil behavior set disabledeletenotify 1
Format
ão
Formatação Física
Recapitulando...
Os discos são divididos em trilhas, setores e cilindros
feita em fábrica no processo de fabricação
restrições no firmware do drive
é IMPOSSÍVEL a reformatação física
O caso dos"pré-ATAs"
- Precisavam ser
periodicamente formatados
(setup)
- Realocação das trilhas, setores e cilindros
Atualmente...
- Discos mais confiáveis
- Placa controladora pode realizar um possível ajuste (movimento do braço de leitura)
Formatação Lógica
Realizada via software
Pode ser refeita infinitas vezes
Reformatação lógica
perda do acesso aos dados armazenados
é possível recuperar os dados
Sistemas de Arquivos
é o conjunto de estruturas lógicas que permitem ao sistema operacional organizar e otimizar o acesso ao HD.
Mais informações
1. Dividir o HD em
duas partições
:
- para o
sistema operacional
(menor)
- para os
arquivos
(maior)
2. Total de
4 partições
:
- 4 primárias ou 3 primária e 1 estendida
Mas por que 4 partições primárias apenas?
Lá em 1981...
- Economia de memória
: 2 bits para o endereçamento das partições
- HDs de apenas
5 MB
de armazenamento
- Sistema Operacional:
MS-DOS
A solução...
Partições Lógicas
: 3 partições primárias e 1 estendida
Partição estendida
permite endereçar 255 partições lógicas
É possível criar 4 partições estendidas
=
1020 partições lógicas
Para o Sistema Operacional...
...cada partição é uma unidade separada (disco rígido)
3) Uma lista com suas partições será exibida. Clique com o botão direito do mouse na partição que deseja alterar.
1) No menu “Iniciar” clique com o botão direito do mouse em “Computador” e na sequência em “Gerenciar”.
Particionamento
É possível fazer o particionamento do HD durante a instalação do sistema operacional ou após.
Após a instalação
1º passo
2º passo
2) No painel à esquerda, abra a categoria “Armazenamento” e depois clique em “Armazenamento de disco”.
3º passo
4º passo
4) Para finalizar, acesse a opção “Estender Volume”, "Diminuir Volume” ou "Excluir Volume". Assim você dividir, redimensionar e fazer qualquer alteração na partição em questão.
cada partição têm seu próprio
diretório raiz
e
FAT
(File Allocation Table ou Tabela de Alocação de Arquivos)
Tabela de Partição:
informação sobre o número de partições, localização no disco e espaço ocupado por cada
No mundo do Windows
Três sistemas de arquivo: FAT16, FAT32 e NTFS
FAT16
: é o mais antigo (MS-DOS). Reconhecido por todos os Sistemas Operacionais.
-
Característica marcante
: oito caracteres + extensão
"Instalação e Manutenção Eletrônica.doc"
"Instalaç~1.doc"


32kb cada
FAT32
: Utiliza
28 bits para endereçamento dos arquivos
para o HD


Utiliza 32 bits para
endereçamento direto
dos dados no HD, ou seja,
SEM CLUSTERS
Hot Fix
= marcação dos setores danificados
No mundo do Linux...
EXT2
: projetado e implementado para
corrigir as deficiências do Ext
e prover um sistema que respeitasse a
semântica UNIX
.

- Utilização de grupo de blocos
SCSI
(Small Computer System Interface)
- Criada em
1979
-
Objetivo
: criar um meio que permitisse uma taxa de transferência de dados maior
- Nome:
SCSI-1
- Em
1983
:
primeiros
HDs com padrão
SCSI
- Em
1988
: chega ao mercado o
SCSI-2
com driver para CD-ROM
- Em
1993
:
SCSI-3
O Clã SCSI
SCSI-1
Barramento, cabos e controladora:
8 bits
Taxa de transferência:
5 MB/s
Clock:
5 MHz
SCSI-2
Barramento, cabos e controladora:
8 ou 16 bits
(
Wide
)
Taxa de Transferência:
até 10 MB/s
Clock:
5 ou 10 MHz
(
Fast
)
CCS - Common Comand Set
SCSI-3*
Barramento, cabos e controladora:
8 ou 16 bits
Taxa de transferência: de
20 MB/s a 320 MB/s
Clock:
20 a 80 MHz
SPI - SCSI Paralles Interface
*continua evoluindo
Para que é utilizado o SCSI?
São utilizados em servidores, como também em computadores de altíssimo desempenho
- São mais
inteligentes
- Recebem diversas solicitações de acesso
- Recebem e mantêm pendentes comandos de leitura ao mesmo tempo que realizam outros acessos, por isso...

SÃO OS MAIS INDICADOS PARA SERVIDORES


SAS (Serial Attached SCSI)
Vantagens tecnologicas da SCSI ligamento em série cabeamento mais simples fácil implementação
Ruído
- Mais silencioso
- Praticamente ZERO RUÍDO
-
Compatibilidade
com o SATA
- Maior
agilidade
na transmissão dos dados
-
Confiabilidade
-
Escalabilidade
-
Gerenciamento
e
alto

desempenho
em aplicações paralelas
- Resolve problemas de entrada/saída
-
Conexão exclusiva
- Fibre Channel x SAS:
Permite o
uso de discos de várias taxas de transmissão
RAID
edundant
rray
ndependent
isk
é um mecanismo criado com o intuito de melhorar o desempenho e segurança dos discos rígidos existentes num PC qualquer
RAID 0 e a Divisão de Dados
Divisão de dados
=
dividir a informação em dois
HDs paralelos
- Vantagem
: ler e gravar o dobro de informações ao mesmo tempo
Numa mesma posição,
a informação será acessada nos dois discos
simultaneamente
- Desvantagens
: custo e a possibilidade de erro e perda da informação
RAID 1 e a Replicação de Conteúdo
Dois os mais discos (
paralelos
) possuem o mesmo conteúdo (
backup
)
-
Escrita
: os dados necessitam ser modificados nos dois discos simultaneamente
- Mesma taxa de transferência de dados
-
Dobro
do espaço real
RAIDs que trabalham com paridade
são mecanismos que efetuam cálculos de paridade de uma mesma posição em todos os discos e armazenam o resultado num novo disco
(RAID 3 a RAID 6)
os discos 0,1 e 2 guardam os dados, enquanto que o disco 3 guarda a paridade
Sistemas de Arquivos
Os sistemas de arquivos é a parte do SO responsável pelo
gerenciamento dos arquivos
(estrutura, identificação, acesso, utilização, proteção e implementação).
FAT
=
F
ile
A
llocation
T
able
NTFS
=
N
ew
T
ecnology
F
ile
S
ystem
EXT
=
Ext
ended File System
Utiliza
16 bits para endereçamento dos arquivos
para o HD
=
armazenamento de
65526 clusters

- Duas desvantagens:
fragmentação dos arquivos
e
limitação

-
Partições
de
2 TB
-
Cluster de 4KB
-
Nome dos Arquivos
: 256 caracteres e
+ de 3
para extensão
-
Vantagem
: Menos desperdicio do disco
-
Desvantagens
: Mais lento que o FAT16
Incompatibilidade com SOs antigos
Procedimento de "segurança" ineficiente


Metadados
: são informações que acrescem aos dados e que têm como objectivo informar-nos sobre eles para tornar mais fácil a sua organização.
NTFS
: surgiu com o lançamento do Windows NT. É o mais complexo e atual
-
Vantagens
: recuperação
replicação
segurança
- Características: tamanho do arquivo = tamanho do volume
nomes dos arquivos:
32 caracteres
suporte à
criptografia
,
indexação
e
compactação

cluster = 512 bytes
mais
seguro
menos fragmentação
melhor desempenho
melhor recuperação de erros
mais
lento

Tabela MFT
(Master File Table)

UNIX (UFS)
: o pai de todos os SOs
conjunto de setores (512 bytes)
menor unidade de alocação para o EXT
-
Operação de Escrita
: alocação de dados no mesmo grupo que contém o
nó-i
Nó-i
: nó de índice. É uma estrutura de dados usada para representar um objeto do sistema de arquivos, que pode ser uma de várias coisas, incluindo um arquivo ou diretório. Cada inode armazena a(s) localização(ões) de atributos e bloco de disco dos dados objetos do sistema de arquivos.
- Dois tipos de fragmentação:
fragmentação interna
:

tamanho do arquivo não é múltiplo do tamanho do bloco
fragmentação externa
: impossibilidade do sistema determinar o tamanho do arquivo (alocação de
blocos não contínguos
)
-
Soluções
(frag. interna):
1 - determinar o menor tamanho de bloco possível, na formatação (1024, 2048 ou 4096) -
Tamanho padrão: 4096
2 -
Tail Packing:
alocar a parte final de um arquivo com pedaços de outros arquivos
-Soluções
(frag. externa):
Pré-alocação de até oito blocos
quando um arquivo é aberto para gravação
EXT3
: foi desenvolvido por
Stephen C. Tweedie
para o Linux
Jounaling
: recurso que consiste num registro de transações cuja finalidade é recuperar o sistema em caso de desligamento não programado
- 3 níveis de journaling:
1.
Journal
: os metadados e os dados dos arquivos são escritos no journal antes de serem de fato escritos no sistema de arquivos principal
2.
Writeback
: os metadados só são escritos no journal
3.
Ordered
(nível padrão): força que a escrita do conteúdo dos arquivos seja feita após a marcação de seus metadados
-
Vantagens
:
Atualização direta a partir de um sistema com EXT2
Recuperabilidade (
metadados em locais fixos e bem conhecidos
)

-
Desvantagens
:
velocidade pouco atrativa
falta de funções de sistemas de arquivos modernos

O que
é
o
BOOT
é o momento desde o ligar da máquina à completa instalação do sistema operacional
- Os SOs mais modernos são salvos em HDs, CDs-ROM ou outro dispositivo de armazenamento

- Na inicialização:
não há SO na memória
- Solução:
sistema "operacional" de inicialização
,
carregador
,
boot loader
ou
bootstrap
- Duas funções:
1
. POST
-
P
ower
o
n
S
elf
T
est Emissão de um "bip"
2.
Carregamento dos arquivos necessários para o carregamento do SO
O Boot do Sistema
HD EXTERNO
É um HD que você
pode levar para qualquer lugar
e
conectá-lo ao computador quando for preciso
- Compatível com
cache
-
Interface
correta
-
Dimensões
correspondentes
- Pode ser conectado via
USB
,
FireWire
e
eSATA
- Útil para transportar
grande quantidade de dados
ou fazer
backup
- Alguns necessitam de fonte de alimentação ou proteção (no-break)
-
Capacidade de Armazenamento
(máx.): 3 TB
- Maior
capacidade
e
velocidade
de acesso aos dados
Full transcript