Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Correção, Clareza, Concisão, Coesão e Coerência

No description
by

Marisa Telo

on 13 September 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Correção, Clareza, Concisão, Coesão e Coerência

TEXTO Correção Coerência Concisão Coesão Clareza Seja objetivo
Busque a palavra mais adequada
Não seja prolixo! Una as ideias
use os elementos de coesão (conectivos)
Articule as ideias dentro do parágrafo
Articule um parágrafo ao outro Articule seus argumentos com lógica.
Use sua bagagem cultural! Respeite a norma padrão.
Evite oralidades e coloquialismos! Escreva de forma clara, sem ambiguidades.
Cuide das estruturas sintáticas.
Evite os períodos longos. Exercícios 1
Reescreva de forma concisa os trechos a seguir,
substituindo a conjunção destacada por outra
que expresse a mesma ideia. a) Racismo envergonhado
Alguns sinônimos ou definições registrados no Aurélio. Para
“branco” há: alvo, cândido, transparente, sem mácula, ino -
cente, puro, patrão. Para “negro”, contudo, consta: sujo, en -
car dido, muito triste, lúgubre, melancólico, funesto, lutuoso,
maldito, sinistro, perverso, nefando.
(Editorial, Folha de S. Paulo) 1a
Para “branco”, o dicionário registra acepções relacionadas com pureza e inocência; entretanto, para “negro”, as acepções
sugerem impureza e malignidade. b) Realidade supera ficção
Nos romances policiais, todo pormenor foi “plan tado” antes
pelo escritor. Tudo faz necessaria mente sentido nas páginas
finais do livro, porque existe um autor encarregado de dar
satisfação dos detalhes que inventou.
Na vida real, isso não ocorre. Detalhes podem ter aparecido,
pormenores suspeitos vieram à luz, mas nada garante que
tenham qualquer explicação final. 1b
Nos romances policiais, o escritor encarrega-se de explicar e
esclarecer todos os acontecimentos que compõem a trama; na
vida real, porém, muitas ocorrências não se explicam. (CÁSPER LÍBERO – MODELO ENEM) – No primeiro
semestre desse ano, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab,
publicou no Diário Oficial o seguinte decreto a respeito das
feiras livres da cidade: "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar
aparelhos sonoros durante o período de comercialização, bem
como apregoar as mercadorias em volume de voz que cause
incômodo aos usuá rios da feira e aos moradores do local”. Após
intensa polêmica, o prefeito recuou da decisão, declarando que
nunca quis proibir o tradicional grito dos comerciantes nas feiras.
Segundo ele, a intenção era apenas proibir o uso de aparelhos
de som pelos feirantes, o que causaria incômodos aos
moradores e consu midores. Assinale a opção em que a redação
do decreto expressa corretamente a intenção do prefeito: a) "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar aparelhos sonoros
durante o período de comercialização, além de apregoar as
mercadorias em volume de voz que cause incômodo aos
usuários da feira e aos moradores do local."
b) "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar aparelhos sonoros
durante o período de comercialização. Apregoar as mercado rias
é permitido, desde que em volume de voz que não cause
incômodo aos usuários da feira e aos moradores do local."
c) "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar aparelhos sonoros
durante o período de comercialização, bem como utilizá-los para
apregoar suas mercadorias em volume de voz que cause
incômodo aos usuários da feira e aos moradores do local."
d) "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar aparelhos sonoros
durante o período de comercialização, bem como utilizá-los para
apregoar suas mercadorias."
e) "Fica proibido ao feirante: [...] IX – utilizar aparelhos sonoros
durante o período de comercialização. Eles somente serão
tolerados para ajudar a apregoar as mercadorias em volume de
voz que não cause incômodo aos usuários da feira e aos mora -
dores do local." 2
RESOLUÇÃO:
Resposta: D 3
Em uma frase, os termos de mesma função sintática
devem pertencer à mesma classe de palavras, para que se
mantenha o paralelismo gramatical.
Os textos abaixo são exemplos de falta de paralelismo.
Reescreva-os de maneira a torná-los claros. Obesidade tem cura...

3

I. ...sem a necessidade de ginástica, medicamentos, dietas,
rejeitar pratos prediletos ou sair da mesa com apetite.
(Zero Hora, Porto Alegre) 3
RESOLUÇÃO:
I. "... sem necessitar de ginástica, medicamentos, dietas, (nem)
rejeitar pratos prediletos ou sair da mesa com apetite."
A construção paralela exige, em vez do uso de substantivo
(necessidade), um verbo (necessitar). II. Em inúmeros invertebrados, aparece a reprodução por
partenogênese, sem a intervenção do macho. O papel dos
machos, neste caso, limita-se a um enriquecimento do
patrimônio genético, ou a corrigir situações de grave crise.
(Zero Hora, Porto Alegre) RESOLUÇÃO
3
II. "Em inúmeros invertebrados, aparece a reprodução por ...
macho. O papel dos machos, neste caso, limita-se a enriquecer o
patrimônio genético, ou a corrigir situações de grave crise."
ou
"... O papel dos machos, neste caso, limita-se ao enriquecimento
do patrimônio genético, ou à correção de situações de grave
crise." 4
(FUVEST) – Nas frases abaixo, há falta de paralelismo
sintático. Reescreva-as, mantendo seu sentido e fazendo
apenas as alterações necessárias para que se estabeleça o
paralelismo. 4
a) Funcionários cogitam uma nova greve e isolar o governador. 4
RESOLUÇÃO:
a)
Funcionários cogitam iniciar uma nova greve e isolar o governador.

Funcionários cogitam uma nova greve e o isolamento do
governador. 4
b)Essa reforma agrária, por um lado, fixa o homem no campo,
mas por outro não lhe fornece os meios de subsistência e
produção. Ou: meios de subsistir e produzir. b) Essa reforma agrária, por um lado, fixa o homem no campo,
mas não lhe fornece os meios de subsistência e de produzir. 5
(FGV) – Os termos da frase abaixo apresentam paralelismo?
Explique e, se necessário, reformule o período. 5
Ao entrar na sala, mostrou boa inflexão de voz, não estar
insegura e firmeza nos movimentos. 5
RESOLUÇÃO:
Os termos da frase dada não apresentam o paralelismo adequado, na enumeração dos objetos do verbo mostrar, pois dois termos
de núcleo nominal (inflexão e firmeza, substantivos) são coordenados a um termo de núcleo verbal (estar).

Uma possível reformulação do período, para evitar a assimetria apontada, seria:

Ao entrar na sala, mostrou boa inflexão de voz, segurança e firmeza nos movimentos. 6
(FGV) – Leia a frase abaixo. Se ela estiver bem articulada,
transcreva-a no espaço de resposta. Se estiver mal articulada,
transcreva-a, fazendo a correção Tem chovido muito ultimamente. Por causa da chuva ocasiona
muitos acidentes na estrada. 6
RESOLUÇÃO:
A frase em questão está mal articulada e há várias maneiras de
corrigi-la:

1) Tem chovido muito ultimamente e, por causa da chuva, ocorrem muitos acidentes na estrada.
2) Tem chovido muito ultimamente, o que ocasiona muitos acidentes na estrada.
3) Como tem chovido muito ultimamente, ocorrem muitos
acidentes na estrada. 7
(FGV) – Figurou recentemente, num jornal da cidade, a
frase abaixo:

Embora fosse prolixo, o apresentador ultrapassou o tempo
previsto.

Examine atentamente o sentido dessa frase. Se for o caso,
corrija-a no que for necessário e explique o porquê da correção.
Caso você considere correta a frase, escreva apenas: a frase
está correta. RESOLUÇÃO:
Há duas possibilidades de interpretação da frase dada: uma como
concessiva e outra como causal. 1a possibilidade:
a primeira oração (Embora fosse prolixo) é concessiva
e indica uma oposição em relação à oração posterior (o apresentador ultrapassou o tempo previsto). Para que essa oposição semântica seja mantida, faz-se necessário substituir o termo prolixo pelo seu antônimo conciso.

"Embora fosse conciso, o apresentador ultrapassou o tempo
previsto." 2a possibilidade:
a primeira oração deve indicar causa e a segunda, consequência.

Para se obter essa relação semântica, é necessário
substituir o conectivo concessivo embora por outros que indiquem
causa: uma vez que, já que, porque, como, fazendo a correta
adaptação verbal.

Uma vez que
Já que
Porque
Como

era prolixo, o apresentador...
Full transcript