Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Copy of Concreto Aparente e Durabilidade das Estruturas em Concreto

Seminário da Disciplina Práticas de Construção Civil II da Faculdade de Tecnologia de São Paulo
by

Kratux silva

on 19 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Concreto Aparente e Durabilidade das Estruturas em Concreto

Concreto Aparente
E Durabilidade das Estruturas de Concreto

Concreto Aparente
Cura:
As superfícies do concreto expostas as condições que acarretem secagem prematura, devem ser protegidas por meios adequados, de modo a se conservarem úmidas durante pelo menos 7 dias, a contar da data de lançamento.
Concreto Aparente
De um modo geral todo concreto sem proteção de revestimento pode ser classificado como aparente, devendo entretanto apresentar cuidados especiais quanto a sua superfície, aqueles que além de função estética, assumem valores de expressão artística.
Concreto Aparente
As retiradas das fôrmas devem ser efetuadas de modo a não danificar as superfícies de concreto, devendo ser obedecidos os prazos estipulados .
As eventuais falhas na superfície do concreto devem ser reparadas com argamassa de cimento e areia, procurando-se manter a mesma coloração e textura.
Concreto Aparente
O cimento a ser empregado deve ser de uma só marca e os agregados de uma única procedência, para evitar quaisquer variações de coloração ou textura.
As interrupções de concretagem devem obedecer a um plano pré – estabelecido a fim de que as emendas delas decorrentes , não prejudiquem o aspecto arquitêtonico.
Concreto Aparente
Para a execução do concreto aparente, além das normas já estabelecidas para o concreto armado comum, devem observar :
A armadura de aço deve ter o recobrimento mínimo recomendado pelo projeto devendo ser apoiada nas fôrmas sobre calços de concreto pré – moldado. O recobrimento nunca deve ser inferior a 2.5 cm.
Concreto Aparente
Os pozolânicos tipo CP IV minimizam o risco de reações álcali-agregado.
Os tipos CP I e CP IV sem adições reduzem a profundidade de carbonatação.
Já os cimentos com adições tipo CP III e CP IV com adição extra de sílica ativa e cinza de casca de arroz diminuem a penetração de cloretos.
Concreto Aparente
Qualquer tipo de cimento Portland pode ser adotado no concreto aparente.
Para cada situação recomenda-se um tipo diferente :
Os cimentos com adições tipo CP III e CP IV garantem resistência à lixiviação e aumentam a impermeabilidade do material.
Concreto Aparente
Características:

Trabalhabilidade: composta por fluidez (facilidade de mobilidade) e coesão que é a resistência à segregação.
Coesão: concreto homogêneo, linear;
Baixíssima exsudação: processo de saída de água do concreto;
Baixa carbonatação: quando CO² reage com a cal que se forma quando da hidratação do cimento;
e alta resistência.
baixa relação água/cimento, algumas adições especiais e aditivos que lhe confira as características desejadas e assegure proteção à superfície que ficará exposta às intempéries e agentes agressivos.
Concreto Aparente
Definição:

Aglomerado resultante da mistura de cimento, água, agregados miúdos e graúdos, e, eventualmente aditivos e/ou adições.
Concreto Aparente
Concreto Aparente
Concreto Aparente
Concreto Aparente
Concreto Aparente
A relação água-cimento foi de 0,5.
Na época, foram empregados aditivos plastificantes retardadores.
Detalhes técnicos:
Todo o cimento foi obtido de um único fornecedor, tendo sido controlado o teor de adições de modo a assegurar uma coloração final clara e homogênea.
Os agregados foram obtidos de um mesmo fornecedor.
A relação água-cimento foi de 0,5.
Na época, foram empregados aditivos plastificantes retardadores.
Estação Parada Inglesa
Inaugurada em março de 1998 tem área de concreto aparente de 5862 m² e volume de concreto de 3517 m³.
A escolha da fôrma a ser utilizada na fase de execução do elemento que ficará aparente também é super importante. Uma fôrma mais lisa, como a metálica, garantirá um aspecto mais uniforme. Já as fôrmas de madeira permitem um acabamento mais texturizado, que varia desde pequenos a grandes frisos.
Devido ao fato de ser poroso, o material deve receber como acabamento vernizes ou resinas para não manchar. Existem diversos tipos: brilhantes, foscas, umas que alteram a cor do concreto.
Concreto Aparente
A principal vantagem do concreto aparente é que dispensa a utilização de acabamentos, como emboço, reboco, pintura, agilizando os serviços e garantindo economia à obra.
Por outro lado, se você desejar ter concreto aparente na sua casa , a decisão deve ser tomada ainda na fase de construção. A contratação de mãe-de-obra qualificada é de suma importância para que o resultado final seja satisfatório.
Concreto Aparente
É confundido muitas vezes com o cimento queimado (devido ao aspecto de cor cinza), mas o concreto aparente é um método construtivo, e o cimento queimado, por sua vez, um tipo de acabamento. Assim sendo, deve-se ter claro que o concreto aparente é um material estrutural - isso quer dizer que não se trata de um acabamento, mas sim de uma viga, um pilar ou uma laje da construção.
Concreto Aparente
Desforma:
A retirada dos escoramentos e das fôrmas deve ser feita sem choques e com os devidos cuidados, a fim de permitir o maior número possível de utilização da madeira.
Separando-se a madeira imprestável, o restante deve ser limpo de pregos e de restos de concreto e empilhado para uso posterior.
Concreto Aparente
Concreto Aparente
NBR 14931 Execução de Estruturas – Procedimentos.

Discrimina todo e qualquer procedimento a ser realizado antes, durante e após a obra em questão.
Concreto Aparente
Concreto Aparente
Concreto Aparente
Concreto Aparente
No caso de haver concreto comum, sem aditivos, os prazos mínimos para a retirada das fôrmas devem ser:
Faces laterais 3 dias;
Faces inferiores, deixando-se pontaletes bem cunhados e convenientemente espaçados 14 dias;
Faces inferiores sem pontaletes 21 dias;
Em caso de uso de aditivos, tanto sua dosagem como o prazo de desforma devem ter o acordo prévio do engenheiro fiscal.
Concreto Aparente
Fotos
Evolução dos requisitos de desempenho do concreto nos últimos 60 anos.

Nos últimos 30 anos , construções inéditas sob o mar, em desertos, e nas regiões polares.

Surgem novos estudos para o desenvolvimento de novos tipos de concreto.

A partir dos anos 80, o concreto aparente, passa a ser aplicado a diversos estilos arquitetônicos.

Uma das primeiras obras feitas em concreto aparente branco é o edifício Flexotronics concluído em 2000, em Sorocaba / SP.
Surgimento do Brutalismo, décadas de 50 e 80, realizados pelo modernistas, defendiam a exposição das estruturas nas construções.
O brutalismo produziu, em todo mundo, grande quantidade de estruturas em concraparente bruto, como aspecto final das superfícies.
Comitê W29, surgimento no início dos anos 60.
No Brasil: A tendência Brutalista chega no início dos anos 50.
Arquitetos brasileiros da tendência brutalista: Joao batista Vilanova artigas, carlos cascaldi, lina bo bardi, ruy othake, lucio costa, oscar Niemeyer entre outros.
Construção de Brasilia, importante passo para a história do concreto.
Milagre econômico brasileiro, grandes investimentos na construção civil.
Usado primeiramente, milênios antes de Cristo, na Galiléia, e posteriormente pelos gregos e romanos.
Invenção do Cimento Portland por John Smeaton em 1756, e registro da patente por John Asperin em 1824.
Século XIX, criação do concreto estrutural.
Primeiras obras em concreto armado : a realização de pavimentos armados a partir de 1852, e a primeira ponte construída nesse sistema, em 1875.
Virada do século XIX, avanços na história do concreto.
No Brasil : em 1909 é construído o primeiro edifício em concreto estrutural, na R. São Bento, centro de São Paulo.
Primeira metade do século XX, período de descobertas.
A Evolução histórica do concreto aparente
Atualmente, arquitetos brasileiros como: Paulo Mendes da Rocha, Oscar Niemeyer, Ruy Ohtake, entre outros, fazem uso do concreto aparente em seus projetos.
Concreto Aparente é usado hoje em dia, em todo o território nacional.
É usado em obras de infraestrutura , equipamentos urbanos, edifícios, etc, desde as mais simples às mais arrojadas.
Segunda metade do século XX: a grande demanda de vãos livres, construções flexíveis, solicita a obtenção de produtos de alta performance.

Grande evolução nos sistemas de cálculo, e dimensionamento estrutural.

Aplicação do concreto para diferentes tipos de construção: estádios, edifícios, pontes, viadutos, reservatórios, barragens, monumentos, e etc.

Esse evolução permitiu a incorporação de pigmentos, adições e aditivos no concreto.

A partir da década de 70, surgem os concretos de alta resistência a compressão (60 mpa e 120 mpa), aditivos superplastificantes, e redutores de aguas especiais.

Surgimento precoce de patologias.
Em 1919, o surgimento do Concreto Protendido.

No Brasil: em 1948 primeira obra em concreto protendido, A ponte Galeão.

Até o final da segunda guerra: Concreto predominantemente estrutural.

Primeira metade do século XX, arquitetos como Steiner, Frank Lloyd Wright, Loos, Gropius, entre outros, exploram a plasticidade e texturas do concreto.

Século XX, 1949 : primeira obra com concreto aparente exposto em sua forma bruta, marcado pela textura das fôrmas de madeira natural, a partir do projeto da Unité d’Habitation de Marselha.

A partir da segunda guerra mundial o uso do concreto se intensificou e se disseminou pelo mundo, inclusive como solução de acabamento.
FAU–USP , São Paulo - SP
Capela de Notre Dame du Haut, França.
Museu de Arte Moderna,
Rio de Janeiro - RJ.
Unité d’Habitation de Marselha,
Alemanha.
Montagem de unidades de
habitação pré-fabricados.
Habitat, Canadá.
Construção de Brasília - DF
MASP, São Paulo - SP
Viaduto de Miliau, França.
Hotel Unique, São Paulo - SP
Escola de Desenho Zollverein,
Alemanha
Museu Iberê Camargo,
em Porto Alegre - RS
Ambiente Industrial
Ambiente Marinho
Ambiente Urbano
Formação da Chuva Ácida
Pingadeira
Ambiente Urbano;
Ambiente Marinho;
Ambiente diferenciado;
Ambiente Industrial.
Diferentes Ambientes em que as estruturas são inseridas
Insolação
Poluentes
Vento e Chuva Dirigida
Chuva Ácida
Chuva
Condições Ambientais que favorecem a deterioração das estruturas:
Chuva;
Chuva Ácida;
Vento e chuva dirigida;
Poluentes;
Insolação.
Ações do Meio Ambiente
Desgaste superficial (desgaste por agente abrasivo) com
Perdas de material superficial.
Ações Mecânicas
Ações Mecânicas;
Ações de Meio Ambiente.
Causas do deterioração do concreto
É a propriedade que governa o fluxo do fluído para dentro do material sólido.
Permeabilidade do concreto
Sem a cura adequada o concreto torna – se permeável.
Cura
Segregação;
Fôrmas;
Adensamento.
Camada de superfície e cura
Falta de compatibilização de projetos;
Má especificação dos materiais;
Detalhamentos insuficientes ou incorretos;
Erros de dimensionamento.
Concepção do Projeto
Durabilidade das Estruturas
Mecânicos;
Físicos;
Químicos e
Biológicos.
Dependendo das condições climáticas e ambientais , a estrutura estará sujeita à um conjunto de agentes agressivos e fatores destrutivos que podem ocorrer de forma isolada ou em conjunto.
Escoamento da água
Água como agente de deterioração
Ambiente Diferenciado
Falta de qualificação profissional;
Falha na fiscalização;
Condições ambientais;
Emprego de materiais não adequados;
Entre outros...
Etapa de execução
Na etapa da concepção do projeto;
Na etapa da execução;
Na etapa da utilização da estrutura.
Fatores que influenciam na durabilidade
Durabilidade: Capacidade de resistir à intempéries, ataques químicos, abrasão ou outros processos de deterioração.
A estrutura preservará sua forma, qualidade e capacidade de seu uso original quando exposto ao ambiente qual foi projetado.
Durabilidade das Estruturas
Bolhas na superfície de concreto:
Materiais adequados para o concreto requerido (dosagem);
Projeto arquitetônico e estrutural (detalhes);
Controle no canteiro de obras;
Execução das estruturas ( mistura, lançamento, adensamento e cura);
Manutenção periódica;
Carbonatação:
Fissuras:
Umidade;
Escoamento de água na superfície do concreto:
Irregularidade na superfície e quebra/rompimento:
Irregularidade na superfície e quebra/rompimento:
Carbonatação:
Reação álcalis-agregado:
Acumulo de lodo, desplacamento do concreto e corrosão :
Umidade;
Corrosão:
Corrosão:
Irregularidade nas juntas:
Desuniformidade na cor da superfície/manchas:
poliuretano (alifático, ultravioleta);
resina acrílica;
resina acrílica estirenada;
resina epóxi.
Exemplos
Os sistemas duplos proporcionam um período maior entre aplicações se comparados a um só sistema de proteção superficial. Como por exemplo, os produtos hidrófugos de superfície duram e média 3 anos, verniz base solvente duram 5 anos e os sistemas duplos em media 6 a 7 anos.
Quando se deseja uma maior proteção das podem ser utilizados sistemas de proteção duplos, que consistem em aplicar, um primer a base de silano ou siloxano e aplicar uma camada de verniz como acabamento.
Silicone de base água, silicone de base solvente, silano base solvente, siloxano oligomérico, base solvente, siloxano polimérico base solvente.
Exemplos
Dos produtos existentes, são dois os tipos
que não alteram muito o aspecto
superficial do concreto aparente:
os revestimentos hidrófugos (repelentes), e revestimentos impermeabilizantes.
No processo de seleção dos produtos
deve ser levado em consideração o
tipo de exposição em que o concreto
estará submetido como, atmosfera urbana,
superfícies submersas, superfícies
enterradas, atmosfera industrial.
A proteção superficial do concreto pode ser realizada pela aplicação de tintas, vernizes, silicones hidrofugantes, ou pela aplicação de argamassas, peças cerâmicas ou outros materiais que aumente a durabilidade da estrutura.
Fatores Fundamentais para a Manutenção da Estrutura

É feita de acordo com critérios preestabelecidos de redução das probabilidades de ruína ou de degradação da estrutura, visando uma extensão programada de sua vida útil.
Manutenção Preventiva
Impedem a carbonatação
Impedem a lixiviação
Impedem concentração salina
reduzem a deposição de fuligem


Reduzem o desenvolvimento de fungos
Impede a circulação de vapor d’água
o aspecto superficial apresenta brilhos
não favorecem a repintura
a superfície para aplicação deve estar lisa.
Vantagens x Desvantagens
pouca absorção de água
permite a circulação de vapor
não mantém úmido substrato
fácil reaplicação
aspecto fosco
não amarelam pela ação ultravioleta



não impedem a carbonatação
não resistem à água sob pressão
não resiste à penetração de agentes ácidos.
Vantagens x Desvantagens
São indicados para fachadas verticais, nas quais a superfície aparente do concreto foi construída com fôrmas lisas ou fôrmas porosas (tábuas brutas).
Hidrófugos
Em ambientes em que a agressividade está cada vez maior, a utilização de revestimentos protetores de superfície se faz necessária.
Processo de Proteção Superficial
No caso de estruturas expostas à ação do tempo, ou localidades em zonas rurais, este serviço se reveste de
uma importância ainda maior pela localidade.Essas ações periódicas favorecem a durabilidade da estrutura.
Rotinas de Limpeza
Deve ser realizada todas as vezes que as inspeções periódicas indicarem a existência de situações anômalas em determinadas peças estruturais, ou em casos de danos emergenciais ou de alarme.
Inspeção Detalhada
Essencial para a garantia de durabilidade da construção, sendo sua finalidade a de registrar danos e anomalias e de avaliar a importância que os mesmos possam ter do ponto de vista das condições e segurança estrutural.
Inspeção Periódica






A forma dessa viga rompeu durante a concretagem.

Galpão em Suzano
Necessário para manter o controle das atividades rotineiras de inspeção, programar e registrar, adequadamente, os reparos ou reforços porventura necessários durante suas vidas.
Cadastramento da Estrutura
Manutenção das Estruturas



Atuam formando barreira contínua, que consiste de uma película superficial com baixa permeabilidade a vapor de água. Os impermeabilizantes possuem dois tipos de solventes utilizados, o orgânico ou água. Os solventes orgânicos apresentam melhores resultados.
Impermeabilizantes
As inspeções técnicas e a estratégia de manutenção visam definir como e a que razão uma determinada estrutura está a degradar-se, de forma a estabelecer a necessidade dos eventuais reparos e quando estes afetam o desempenho inicialmente esperado para a estrutura.
Decisão de Recuperar ou Não
Tratamento de bordas de junta de dilatação: 
As bordas deverão ser apicoadas e limpas , e sobre o substrato preparado, ser aplicada argamassa de recomposição que lhes dêem resistências mecânicas e aderências compatíveis com suas solicitações.
Essas juntas deverão ser preenchidas com mastiques apropriados, que tenham resistências mecânicas e químicas compatíveis com a necessidade da mesma.
 
Tratamento de cantos e bordas ( degraus, parapeitos, rodapés, etc,):
Para bordas de maneira geral, deve-se escolher dentre os processos e materiais já citados, os que mais atendam as necessidades de resistências mecânicas e químicas a que estão sujeitas.

Quando uma estrutura apresenta danos devido ao ataque de agentes químicos, não basta simplesmente executar os reparos conforme mencionado anteriormente, mas prever aplicação de revestimento superficiais de proteção, para evitar uma repetição do dano.
Diversos
Serviços de Reparo
Em muitos casos, devido aos danos ou aumento de sobrecargas sobre um elemento de concreto, tornam-se necessários recorrer a algum tipo de reforço, ou seja: Executar um aumento da secção da peça para que a mesma resista a uma carga maior, através de ancorangem de ferros ou pernas com auxílio de concretagens, ou ainda fixação de chapas metálicas aderida na estrutura com adesivos epóxi. O concreto da estrutura comprometida deverá se totalmente apicoado até se obter superfície sã ou até mesmo expor a armadura.
Poderá ser necessária a utilização de formas metálica ou de madeira para utilização de concreto ou grautes, onde estes deverão ser unidos à estrutura “velha” com os adesivos epóxis. Geralmente se faz necessário a complementação (aumento) da armadura a qual também deverá ser fixada a estrutura com auxílio dos adesivos epóxis.
Para ancoragens de ferros nas estrutura de concreto, deverá ser feito furos no substrato de diâmetro 5 mm maior que o diâmetro da barra de aço a ser ancorada, e depois de “soprado” o furo para eliminação do pó, preenche-los com os adesivos epóxis fluidos ou tixotrópicos, e fixar a barra de aço de arranque imediatamente, e depois de 4 horas poderá ser feita a complementação da armadura estrutural.
A fixação de chapas metálicas direto na estrutura de concreto armado poderá ser feita onde necessário, com adesivo epóxico, após preparo do concreto e jateamento da chapa até o metal branco.
Reforço Estrutural
Serviços de Reparo
Concreto produzido com Grout:
São argamassas expansívas pré-fabricadas, as quais tem a vantagem de liberar os trabalhos de desmoldagem e retirada de escoramentos em questão de hora ou até mesmo minutos, com garantias porém de alta resistência inicial, e final podendo chegar a 45 Mpa.
Os grautes tem consistência fluida e auto-nivelante , devendo as formas estarem estanques, não sendo necessário o uso de vibradores de qualquer tipo.
Para preenchimento total do espaço, a forma deverá ser feita de maneira que a colocação do concreto ou graute, seja feita por uma abertura lateral “chaminé”, ou “chanfro”, e o adensamento feito com auxílio de vibradores ou hastes metálicas. A desmoldagem lateral poderá ser feita no mínimo três dias após a concretagem, ou de acordo com a característica de cada obra ou produto utilizado.
O corte e retirada da “chaminé” e das formas de “chanfragem”, poderão ser feitas depois de dois dias.
Para se conseguir uma desmoldagem perfeita, recomenda-se a utilização de desmoldantes nas formas de madeira ou metálicas. Deverá cuidar-se de modo especial da cura destes reparos, utilizando aplicações de película de cura química, para concreto fresco, ou então no mínimo, deverá ser molhado constantemente durante sete dias as formas e o concreto.
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
Reparos Profundos – Restauração do Concreto:

O tratamento preliminar é feito com a remoção do concreto defeituoso, deverá ser feita até que se tenha segurança de haver alcançado o concreto são. Um apicoamento manual ou mecânico poderá se fazer necessário, para se obter uma profundidade adequada para a nova concretagem ( mínimo de 10 cm ), então numa cavidade que envolva completamente a armadura numa espessura de no mínimo 2,5 cm. As cavidades preparadas deverão ter as seguintes características:

Um perímetro de corte regular e uniforme.
O plano de corte da parte superior do nicho a ser preenchido deverá ter uma inclinação para cima e de dentro para fora na proporção de no mínimo 1 cm vertical para cada 3 cm de profundidade horizontal, com a finalidade de não aprisionar ar na hora da concretagem.
Avançar no mínimo 2,5 cm além da armadura para dentro da estrutura.
Limpeza de toda parte solta e poeira.
Limpeza de toda oxidação da armadura por processo mecânico, até o metal branco
(jato de areia preferencialmente)
Aplicar na armadura pintura inibidora de corrosão.
Deixar a superfície (substrato) completamente seca.
Colocação da forma de madeira plastificada, com uso de desmoldante.
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
Reparos Profundos – Restauração do Concreto:

Quando os defeitos atingem a estrutura de tal maneira que afetem o concreto por trás da armadura, ou ainda que cortem totalmente a estrutura, deverá ser feita a total remoção do concreto comprometido, por processo mecânico com auxílio de rompedores. Salientamos antes que qualquer que seja o sistema adotado, deverão ser observados uma série de requisitos técnicos para um bom resultado; entre eles podemos salientar:
- Perfeita aderência à base.
- Resistências mecânicas, pelo menos idênticas às do substrato.
- Impermeabilidade à água, evitando com isso, a penetração de agentes agressivos.
- O coeficiente de dilatação dos materiais de reparo deverão ser similares ao da base, principalmente quando apresentar-se variações térmicas.
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
Recuperação Superficial com argamassa:

São aquelas de reduzida espessura – entre zero e cinco centímetros de profundidade – e/ou que somente afetam a superfície de recobrimento das armaduras. Antes de se executar o reparo, deverá ser procedido a remoção de todo “ponto fraco”, ninhos de agregados, etc, até encontrar-se a superfície firme, resistente, compacta, áspera, isenta de poeira, nata de cimento, graxa, parafina, óleos e qualquer material estranho ao concreto.

Existem diversos tipos de argamassa a serem utilizadas, como a argamassas de revestimento pré-fabricada, argamassa de recomposição polimérica bicomponente cimentícia (nesse caso, recomenda-se a aplicação de cura úmida por sete dias sobre os reparos executados com argamassa cimentícias, ou então cura química) e argamassa de recomposição base poliéster.
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
As zonas de concreto que apresentarem falhas ou desgaste, deverão ser apicoadas até ser eliminada totalmente a área defeituosa. Poderá ser utilizado uma aplicação de fenolfetaleina sobre a região comprometida a ser restaurada, para determinação da extensão da agressão química da estrutura, onde este líquido fará indicação através da mudança de coloração de violeta a incolor, ( violeta = meio básico = concreto não atacado / incolor = meio ácido = concreto atacado ) .

Este tratamento é fundamental para se determinar a extensão da corrosão do concreto, tanto no tamanho da área superficial, como na profundidade, e definir o sistema de reparo mais adequado.
Uma vez apicoada, a superfície deverá ser limpa com jato de ar, água ou areia, a fim de eliminar partes soltas e excesso de poeira. Conforme as dimensões da cavidade preparada, adotar-se-á um dois seguintes procedimentos:
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
Após a análise das anomalias estruturais e identificação de suas causas, conseguimos selecionar quatro principais tipos de serviços a serem executados, os quais são:
 
Reparos de ninhos de agregados e defeitos do concreto
Reparos de fissuras
Reforços de estruturas
Diversos

Serviços de Reparo
Fissuras Dinâmicas (com movimento):
São fissuras oriundas de falhas de projeto, ou por falta de juntas de dilatação da estrutura. Estas devem ser tratadas de maneira que continuem a se movimentar, pois não adianta solidariza-las.
Os materiais recomendados são injeções com resinas flexíveis a base de epóxi ou poliester, ou mastiques de base epóxi, ou poliuretano, ou acrílicos, de acordo com a solicitação de trabalho, seja muita ou pouca elasticidade, ou maior ou menor resistência mecânica a cargas e impactos, ou ainda que precisem de altas resistências químicas.
Fissuras Estáticas (sem movimento):
As fissuras que podem ser tecnicamente descritas como “sem movimento”, são aquelas que tenham sido causadas por mal uso da estrutura, – acidente ou sobre carga eventual -, e que, portanto não são afetadas por variação de temperatura ou movimentações da estrutura. Essa fissuras deverão ser tratadas com injeção de resina poliéster, que penetra sobre baixa pressão com auxílio de equipamento adequado, soldando as partes da estrutura em poucas horas e restabelecendo a estrutura monolítica do concreto.
Reparos de fissuras
Serviços de Reparo
Concreto de Enchimento Comum produzido em Betoneira:
Este concreto deverá ter resistência mínima igual a da peça a ser recuperada, ter dimensões de agregados graúdos (brita) compatível com o espaço a ser preenchido, deverá ter plasticidade e / ou trabalhabilidade acima de 8 cm, para o que poderá ser utilizados aditivos plastificantes ou superplastificantes para concreto da linha, além de ter um baixo fator água-cimento para evitar retração por perda de água. Deverá ser feito o adensamento do concreto com vibradores de imersão ou de forma conforme a necessidade do serviço.
Adesivo Epóxico:
Após todo preparo concluído deverá ser aplicado o adesivo epóxi na estrutura, para que seja possível a união perfeita do concreto novo a ser lançado, com o existente. O concreto deverá ser lançado enquanto o adesivo estiver dentro do seu “pot life”, o que pode variar de duas horas, a duas horas e meia, dependendo da temperatura ambiente.
Reparos de ninhos de agregados e defeitos no concreto
Serviços de Reparo
Full transcript