Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cultura do Cerrado

No description
by

Gustavo Rama Cardoso

on 14 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cultura do Cerrado

Cultura e Tradição do Cerrado
Vitor Grando Eller n°41
Gustavo Rama Cardoso n°16
Natasha Ariza n°36
Amanda Citroni n°3

Conceito de cultura e tradições do Cerrado
Danças Tradicionais do Cerrado
Diferente das demais regiões brasileiras, o Cerrado não possui um determinado tipo de dança, mas possui um povo aficionado em dançar e comemorar, sendo essas danças intrinsicamente ligadas as festas tradicionais do Cerrado, exclusivamente a festa de Junina, ou como conhecida no Cerrado
Lendas do Cerrado
A cultura faz parte da construção de identidade de cada povo, e um exemplo típico são as lendas, que caracterizam certas regiões, no caso, o Cerrado. Sendo um dos maiores biomas brasileiros, possui inúmeras lendas, sendo as principais:
Festas Tradicionais do Cerrado
As festas tradicionais do Cerrado tem grandioso valor para a população local e também para o enriquecimento cultural do país inteiro, afinal, inúmeras tradições dessa região são diariamente aplicadas na vida agitada das outras regiões do pais.
O propósito desse trabalho é a conscientização de que o Cerrado possui uma vasta cultura, rica em tradições, danças, músicas e diversas outras representações muito coloridas, como esse trabalho, de forma a apresentar a todos essa tradições. A importância de ter o conhecimento acerca desse assunto consiste em conhecer todas as representações artísticas do nosso país e não menosprezar as regiões que não recebem a devida atenção da população.


A sociologia , ao se tratar do conceito de cultura , busca entender aspectos sociais que o ser humano adquire ao longo da vida.
Já tradição, é um conjunto de costumes, comportamentos, memórias, crenças, lendas, doutrinas, entre outros, que são passados de geração para geração em uma comunidade, com isso, esses elementos passam a fazer parte da cultura dessa comunidade.

Toda cultura possui dois aspectos , o aspecto tangível , que representa objetos e símbolos que fazem parte desta , e o aspecto intangível , que representa as ideias , normas que regulam o comportamento , as formas de religiosidade e entre outros.
Quando juntos , esses aspectos constroem a realidade social vivida pelos indivíduos e os valores e normas que norteiam a sociedade .
trecho maior.

Tais valores e normas demonstram o que é aceitável e o que não é no comportamento humano dentro da sociedade .
As principais tradições do Cerrado estão relacionadas as danças, festas e lendas típicas, tais quais as Quadrilhas Juninas,a Marujada, a Festa do Pequi e a Lenda do Boitatá, que serão desenvolvidas mais tardes no decorrer do trabalho.

Quadrilhas Juninas
A quadrilha, como é conhecida no Brasil, provem da Europa mas possui varias adaptações de acordo com cada região brasileira.
Quadrilha Cerrado

Danças Circulares

Danças Circulares, apesar de também serem conhecidos como Danças Circulares Sagradas, não estão vinculadas a movimentos religiosos, mas, a ritmos e culturas do mundo todo.
O movimento chegou ao Brasil na década de 80 em Nazaré Paulista, interior do estado de São Paulo, e espalhou-se por todo o território nacional
Marujada
A dança é uma homenagem a São Benedito e acontece em três ocasiões: Natal, dia de São Benedito e no dia 1º de janeiro. Os homens e mulheres que participam recebem o nome de marujos e marujas.
Retumbão
Festa do Pequi
O Pequi é um fruto comumente produzido e consumido no Cerrado, e durante mais de 24 anos a Festa Nacional do Pequi é realizada em Monte Carlos na região Norte, atraindo grande parte da população. A festa ocorre em prol da fartura do fruto, e conta com comidas típicas da região.
Festa de São João
As festas de São João, ou como são mais conhecidas popularmente, festas juninas, ocorrem nos meses de junho e julho em todas as áreas do Brasil, com seus trajes próprios e culinária típica promove uma grandiosa expansão cultural.
Além da diversão a festa possui benefícios econômicos, pois gera uma alta produção no cultivo de milho, aipim, amendoim, coco e frutas diversas, na agroindústria; licores e doces, no setor têxtil; confecções de fantasias; no comércio informal; fogos e ornamentos.
Folia de Reis
É uma manifestação cultural e religiosa onde se comemora a atitude dos Três Reis Magos ao visitarem o menino Jesus. A festa utiliza instrumentos como a viola, a sanfona, a gaita, o reco-reco e a flauta, onde pessoas guiadas pelo mestre da folia seguem tocando e reverenciando a bandeira que possui o símbolo da folia, a festa também conta com a presença do “palhaço” que usa roupas coloridas e uma máscara e caminha declamando poesias e passagens da bíblia. E desse modo eles passam de casa em casa, com paragens para almoços e jantares oferecidas pelos respectivos donos das casas, promovendo alegria e a volta da religiosidade.
Lenda do Pequi
Pequi é um fruto originado diretamente do Cerrado, portanto possui certo valor tanto econômico como social, e sua lenda diz que a muitos anos foi achado um quilombo arruinado, onde houve uma verdadeira matança de crianças, adultos e idosos.
Porém, uma escrava negra gravida conseguiu furar o cerco e saiu sem direções no Cerrado, caminhou dias sem ter o que comer, beber ou aonde dormir, até que um dia encontrou uma árvore, robusta, com galhos fortes, farta de folhas, entretanto, estéril, não possuía um único fruto para matar sua fome.
Já muito debilitada a pobre escrava faleceu, e seu corpo se decompôs, se transformando em matéria orgânica trazendo fertilidade á aquela árvore que anteriormente era estéril. Desde de então, os frutos do Pequizeiro são considerados o alimento dos pobres e o descanso dos trabalhadores, e atualmente todos pequizeiros do Cerrado são extremamente férteis.

Negro d'água
Habitava as margens do rio do Cerrado, tem sua forma toda negra, peluda e de mãos e pés compridos.
Aparece entre as pedras das margens dos afluentes que banham o Cerrado entre o entardecer e a noite, para tentar virar as canoas dos pescadores, se tornando mais
uma famosa lenda do Cerrado, ganhando esculturas em vários rios e lagos.
Full transcript