Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação JM

No description

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação JM

Resumo dos Estudos de Caso realizados
no ambiente de obras offshore da Petrobras de 2006 à 2011 .
Júlio Manhães, MSc.

A identificação e o gerenciamento de restrições de um sistema são fundamentais para se criar um processo de melhoria contínua nas organizações, assim relacionar a Teoria das Restrições - TOC (Goldratt, 1984) com o Gerenciamento de Projetos revela-se tarefa fundamental com possíveis conseqüências na prática (Manhães, 2011)
Pesquisa de mestrado
Estruturação da mudança pela teoria das restrições na implementação do Gerenciamento de Projetos por Corrente Crítica - Estudo de caso de uma companhia de energia.
Contexto
da pesquisa
Se o CCPM tem tanto potencial, por que aparentemente há poucas implantações no mercado brasileiro? (Haddad et al., 2008).
Se o CCPM tem uma história de resultados surpreendentes, por que não está mais difundida? (Baptista, 2009).
O desconhecimento do CCPM se torna uma resistência à sua aceitação.
As pessoas não implementam algo que não conhecem; primeiro elas têm que julgar a mudança.
(Goldratt 2010).
Pressuposto da pesquisa
Objetivo e Justificativa
Objetivo Geral
Explorar a compreensão da “resistência à mudança” para facilitar a aceitação do CCPM nas empresas e apoiar seus gerentes na implementação.
Objetivo Específico
Associar os modelos típicos de aceitação e implementação da TOC (Camadas de Resistencia e a Arvore de Estratégias e Táticas) na identificação das principais resistências ao CCPM no ambiente estudado.
Justificativa da Pesquisa
Diversos autores já compararam o CCPM com outros métodos ...
Newbold (1998); Leach (1999); Umble (2000) e Steyn (2001); Nascimento (2007); Finocchio (2008); outros.
... o que indica que um trabalho no nível mais estratégico seja mais inovador, ou seja:
Reconhecer primeiro as necessidades e dificuldades da mudança, que servirão de fundamentação para convencimento da aplicação.
Modelo para implementação do CCPM baseado nas Camadas de Resistência
Diagrama de Conflito para o “Estudo de Caso”
Sessenta e seis pessoas responderam os formulários de pesquisa, sendo que 10 Gerentes foram entrevistados e 8 Coordenadores participaram de Grupos de Foco.
PRINCIPAIS CONCLUSÕES
Aceitação
Aceitação
MULTITAREFA
FULL
KIT
EXECUÇÃO
SUB
CONTRATADOS
PLANEJAMENTO
CLIENTES
A ação proposta não é suficiente.
EAP simplificada /
Liberação projetos
Incentivos
corretos
Reporte diário
datas / Foco na
conclusão
Recursos
para
preparação
Congelamento
Projetos
Gerentes
Coordenadores
PRINCIPAIS CONCLUSÕES
No Brasil, a implantação do CCPM pela Embraer foi premiada como case de sucesso pela revista Mundo PM (Ed. jan/12).
Fonte: Scheinkopf (2010)
Fonte: Manhães, 2011
No Japão, o CCPM foi adotado pelo Ministério da Terra e Infraestrutura
para gerir obras públicas. (Hiroaki, 2008).
Ambiente Estudado
Principais demandas em unidades marítimas de produção na Bacia de Campos
Análise do Ambiente
O Processo de Raciocínio da TOC
Júlio César da Silva Manhães
Universidade Estadual do Norte Fluminense 2011
Hoje
Nos E.U.A. a expansão do CCPM é evidenciada por inúmeros artigos, teses, publicações e até softwares específicos (Paula et al., 2005, p. 3).
Obs: A Árvore de Pré Requisitos e de Transição foram formalmente substituídas pela Arvore de Estratégias e Táticas

Quanto aos Critérios Recomendados por Goldratt para Determinar se uma solução é adequada ou não:
1. Resulta em benefícios excelentes.
2. Ganha-ganha-ganha para todos cuja colaboração seja necessária.
3. O risco é pequeno se comparado com os benefícios.
4. Mais simples do que fazemos agora.
5. A sequência permite às pessoas subirem a bordo.
6. Não se autodestrói.
1. Resulta em benefícios excelentes
Prevaleceu a expectativa de que a implementação do CCPM trará ganhos na solução dos problemas atuais.
O CCPM foi visto como um processo de melhoria de gestão.
2. Ganha-ganha-ganha para todos cuja colaboração seja necessária
A maior preocupação demonstrada pelos pesquisados com relação à
implementação do CCPM foi sobre os “Clientes, Subcontratados e
a Alta Direção” visualizarem os benefícios da mudança.
3. O risco é pequeno se comparado com os benefícios
Os riscos foram relacionados às "consequencias não intencionais negativas da implantação" (vide pesquisa).
4. Mais simples do que fazemos agora
O processo de mudança utilizado neste trabalho trouxe uma nova ótica a abordagem do CCPM. Assim, houve o entendimento de que alguns aspectos do CCPM mesmo contraditório a forma tradicional de se fazer as coisas eram de fato coerentes.
5. A sequência permite às pessoas subirem a bordo
Para os pesquisados, a implantação dos elementos Multitarefa e Full Kit poderão trazer resultados significativos imediatamente, o que facilitará a implementação completa do CCPM. Nesse contexto, porém, o processo de congelamento de projetos não foi visto como simplório, visto a sua interface com clientes e subcontratados (relações contratuais com estes).
6. Não se autodestrói
O processo de sustentabilidade da implantação do CCPM foi associado à identificação e o tratamento antecipado das consequencias não intencionais negativas (vide pesquisa).
O Processo de Estruturação da Mudança pela TOC
Percepções dos principais obstáculos
Na Índia, sua implantação na Larsen & Toubro - conglomerado nos setores de construção e engenharia - foi considerado o projeto do ano.
Maiores informações, veja a edição de Ago/Set da Revista Mundo PM.
jcsmanhaes@gmail.com
Evolução no controle dos índices da contratada x BAD
Representação esquemática para apoio à elaboração do formulário de pesquisa
Outras conclusões
Mapa de Classificação das Categorias de Perdas de Produção
Simulação
Currículo
- Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (RJ);
- Pós graduado em Produção e Sistemas pela Instituto Federal Fluminense (RJ);
- MBA em Gerenciamento de Projetos pela FIA/USP (SP)
- Graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Salgado de Oliveira (RJ) .

Trabalha na Petrobras possuindo experiência na área operacional e de gestão. Filiado e voluntário do PMI, foi o criador do Núcleo Campos do PMI RIO em 2010. Possui curso de Fundamentos em Teoria das Restrições pela Fundação Vanzolini (SP).
Full transcript