Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

FOTOGRAFIA - Félix Nadar, Vik Muniz e Arthur Omar

No description
by

Wagner Bôa Morte

on 23 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FOTOGRAFIA - Félix Nadar, Vik Muniz e Arthur Omar

FOTOGRAFIA
HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA
Início do século XIX - pesquisas apontavam para uma nova forma de arte - a FOTOGRAFIA.
Aos pintores, um novo desafio é imposto - superar este meio de apreenção da realidade, que agora é mecânico.
PINTURA X FOTOGRAFIA - o embate da época.
Cena do filme "Moça com brinco de pérola", que retrata a vida e a obra do artista holandês Johannes Vermeer .
Niépce - químico francês (1765-1833) - faz a 1ª fotografia que sobreviveu.
Local: pátio da sua casa;
Material: placa de estanho;
Tempo de exposição: 8 horas;
Ano de 1826.
ÓTICA E QUÍMICA
Daguerre - colaborador de Niépce, inventa um processo mais prático.
Local: vista detalhada do canto de seu ateliê;
Tempo de exposição: 10 a 15 minutos:
Ano de 1837.
Local: Em 7 de janeiro de 1839, Daguerre revela à Academia Francesa de Ciências um processo que originava as fotografias ou os daguerreótipos. Daguerre, inadvertidamente, tirou a primeira fotografia conhecida de um ser humano (STRICKLAND, 2003, p. 92). Uma de suas fotografias, a de um bulevar parisiense, curiosamente não mostra nenhum sinal de vida, mesmo sabendo que há uma multidão de pedestres apressados, exceto por um homem engraxando os sapatos – e que também foi a única pessoa que ficou parada tempo suficiente para que sua imagem fosse registrada durante a longa exposição.
Você consegue achar o engraxate?
Ano de 1839.
Logo, outros avanços aconteceram . . .
1851
"Chapa molhada" - reduz o tempo de exposição para segundos e as impressões quase tão exatas quanto às de Daguerre.
1858
A fotografia instantânea substitui o daguerreótipo.
1880
Entram em cena as câmeras portáteis de mão e os filmes de rolo.
Novos artistas, novas ideias, novas tecnologias.
Félix Nadar - "Sarah Benhardt".
Vik Muniz - "Valentina", da série Crianças de Açúcar.
Athur Omar - "Intuições Atléticas", da série Antropologia da Face Gloriosa.
http://www.portalyuri.com.br/site/?|-hist%C3%B3ria-da-fotografia&area=page&id=33
A evolução
Folding Pocket (1903-15)
Bullet (1895-00)
Ensign (1927-36)
Rolleiflex (1929/33/33)
Polaroide
Sanderson Tropical Field (1905-20)
Artista plástico que nasceu em São Paulo, 1961.
Seu trabalho caracteriza-se por mexer com os sentidos do observador.
Trabalha com imagens ilusórias, imagens que de perto parecem uma coisa e de longe são outras.
Faz esculturas perecíveis e comestíveis que se eternizam através da fotografia.
Uma pizza vira um rosto e calda de chocolate assume formas humanas e de coisas, como quando desenhou uma multidão nas ruas de Nova Yorque.
Um monte de alfinetes transforma-se em uma imagem e Mona Lisas são feitas com pasta de amendoim e geleia.
Vik Muniz
A que se deve a contemporaneidade das obras?
Materiais inusitados, como: geleia, chocolate, pasta de amendoim, xarope, vinho, açúcar, materiais recicláveis, fios de cabelo, arame, diamante, gel, pigmentos, comidas, etc.
Essa série reúne retratos de crianças recriados com açúcar, que o artista conheceu no Caribe e cujos pais trabalham em canaviais.
Nela o artista busca revelar através dos retratos das crianças um panorama de suas vidas e, dessa forma, destaca o tema de sua obra por meio da forma como a cria.
"Sugar Children"
ARTHUR OMAR
Arthur Omar é um artista brasileiro múltiplo, com presença de ponta em várias áreas da produção artística contemporânea.
Formado em antropologia e etnografia, desenvolveu novos métodos de antropologia visual.
Trabalha com cinema, vídeo, fotografia, instalações, música, poesia, desenho, além de ensaios e reflexões teóricas sobre o processo de criação e a natureza da imagem.
Série "Antropologia da face gloriosa"
Intuições Atléticas, da série "Antropologia da face gloriosa, , 1998 100 X 100 cm
FÉLIX NADAR
Nadar – caricaturista francês.
Um dos primeiros a usar a luz elétrica nas fotografias.
Inventou a fotografia aérea – balão de ar quente sobre Paris – “O gigante”.
Começou com fotografias de artistas franceses.
Atriz trágica – Sarah Benhardt envolta em panos
As imagens e vídeos da apresentação são de uso exlusivamente educacional.
FOTOGRAFAR - é um testemunho.
É construír um significado (quando apontamos a câmera para um objeto, cena, pessoa, estou fazendo uma escolha, estou selecionando um tema, estou contando uma história.
Aquele que lê, admira, observa detalhes atentamente também constrói um significado.
Fotografia é uma linguagem artística.
Valentina

Ambos nasceram na famosa Paris, França no século XIX; eram amigos e tornaram-se famosos. Nadar pela fotografia, sendo o primeiro a realizá-las em subterrâneos utilizando a luz artificial; reconhecido também pelas fotografias aéreas feitas usando uma balão. Mas, ficou mesmo famoso por fotografias eróticas e de pessoas em seu leito de morte.
Sarah foi fotografada por Nadar em tempos que ela necessitava de dinheiro e fez nu artístico. Além de famosa atriz, Sarah era dotada de muitos outros talentos, se envolvendo com artes visuais, pintando e esculpindo, chegando a expor suas obras no Salão de Paris varias vezes, como Nadar.

NADAR E SARAH
Fotografias tiradas por Nadar: pintores, escritores, atrizes, políticos, ...
A divina Sarah Benhardt
Viver nos anos de 1920s
VÍDEOS
Uma entrevista com o artista plástico Vik Muniz.
Programa STARTE
Trailer oficial do documentário "Lixo Extraordinário", produzido por Vik Muniz.
Full transcript