Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

FIBRAS NATURAIS E ARTIFICIAIS

No description
by

Bruno Rocha

on 27 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FIBRAS NATURAIS E ARTIFICIAIS

FIBRAS NATURAIS E ARTIFICIAIS
As fibras são materiais muito finos e alongados, como filamentos, que podem ser contínuos ou cortados. Servem de matéria-prima para manufatura, podendo ser fiadas, para a formação de fios, linhas ou cordas ou dispostas em mantas, para a produção papel, feltro ou outros produtos.
Toda fibra é um polímero e a classificação é dada por conta de como é esta polimerização. As fibras usadas na manufatura são classificadas conforme a sua origem, que pode ser natural, artificial ou sintética.
As fibras artificiais são produzidas pelo homem, porém utilizando como matéria-prima produtos da natureza, como a celulose. As mais comumente usada são a viscose CV, o acetato CA, o Lyocel e o Modal. O processo de produção das fibras artificiais consiste na transformação química de matérias-primas naturais. A partir das lâminas de celulose, o raiom acetato e o raiom viscose seguem fluxos diferentes. A viscose passa por banho de soda cáustica e, em seguida, por sub-processos de moagem, sulfurização e maturação e, finalmente é extrudada e assume a forma de filamento contínuo ou fibra cortada. O acetato passa inicialmente por um banho de ácido sulfúrico, diluição em acetona, extrusão e por uma operação de evaporação da acetona. Recentemente foi inventada um novo tipo de fibra que também pode ser classificada com artificial que é o tencel.
Restos de celulose para fabricação de tecidos artificiais
Fibras naturais são as fibras retiradas prontas da natureza, sendo as mais comuns o algodão CO, a lã WO, a seda SK, o linho CL e orami CR. As fibras ou fios naturais são obtidos diretamente da natureza e os filamentos são feitos a partir de processos mecânicos de torção, limpeza e acabamento. Podem ser obtidos a partir de frutos, folhas, cascas e lenho. As principais plantas têxteis são: o Algodoeiro (fibra de algodão), a Juta (para fazer cordas), o Sisal (parecido com o linho), o linho (caule com filamentos rígidos) e o Rami (também muito utilizado como o linho). E justamente pela escassez dos produtos naturais, devido a devastação da natureza pelo homem, são tão raras e caras.
Algodão
Fios de seda
Fios de viscose
- Processo de produção de fibra artificial
Surgidas no século XX com objetivo de substituir as fibras naturais na indústria têxtil, as fibras químicas (artificiais e sintéticas) ampliaram seu escopo de utilização tendo hoje diversos outros usos, e, pelo fato de poderem ser misturadas às fibras naturais, aumentaram também as possibilidades de utilização destas na indústria do vestuário.
Full transcript