Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As Funções da Linguagem na Música

No description
by

Jessica Cardoso

on 28 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As Funções da Linguagem na Música

As Funções da Linguagem na Música
Função Emotiva

Função Fática
2345meia78
Gabriel O Pensador

2345Meia78!
Tá na hora de molhar o biscoito!
Eu tô no osso mas eu não me canso!
Tá na hora de afogar o ganso!

Letra "A", vâmo começar: Alô, por favor, Ana Maria está?
(Ela saiu com o namorado. Quer deixar recado?)
Não, obrigado, deixa pra lá.

Letra "B", vou ligar pra essa Bianca
Tem cara de carranca mas dá pra dar o bote
Desligou na minha cara, que tristeza
Chamei ela de princesa e ela pensou que fosse trote

Que se dane! É até melhor assim
Eu vou ligar pra Dani que ela é gamadinha em mim
"Oi, Danizinha, lembra do animal?!"
(Não conheço ninguém com esse nome. Tchau!)


(Elis Regina
Fascinação.)
Os sonhos mais lindos sonhei!
De quimeras mil, um castelo ergui!
E no teu olhar, tonto de emoção,
Com sofreguidão, mil venturas previ!

O teu corpo é luz, sedução!
Poema divino cheio de esplendor!
Teu sorriso quente, inebria, entontece!
És fascinação, amor!”

(Eu não existo sem você – Tom Jobim)
“Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor, não tenha medo de sofrer”

Jumento Celestino – Mamonas Assassinas

(De quem é esse jegue?
De quem é esse jegue?
De quem é esse jegueee... Ô rapaz!
Não é jegue não, é jumentio!)

Tava ruim lá na Bahia, profissão de bóia-fria
Trabalhando noite e dia, num era isso que eu queria
Eu vim-me embora pra "Sum Paulo",
Eu vim no lombo dum jumento com pouco conhecimento
Enfrentando chuva e vento e dando uns peido fedorento (vish)


Função Metalinguística
(Uma música - fresno )
Eu só queria uma música
Pra lembrar daquele dia que marcou para nós dois
Eu só queria uma música

Eu só queria uma música
Pra dizer tudo o que eu quero sem me arrepender depois (para nós dois)
Até faria uma música pra você e ninguém mais
Pra gente viver em paz


(Minha música - Adriana Calcanhoto)
Minha música quer estar além do gosto
Não quer ter rosto, não quer ser cultura
Minha música quer ser de categoria nenhuma
Minha música quer só ser música:
Minha música não quer pouco.

Função Referencial
(Esse cara sou eu - Roberto Carlos)
O cara que pensa em você toda a hora
Que conta os segundos se você demora
Que está todo o tempo querendo te ver
Porque já não sabe ficar sem você

E no meio da noite te chama
Pra dizer que te ama
Esse cara sou eu

( Michael Jackson - We are the world)
Chega um tempo quando nós ouvimos uma certa chamada
Quando o mundo precisa ser um só
Há pessoas morrendo
Oh, e é hora de dar uma mão para a vida
O maior presente de todos
Nós não podemos continuar fingindo dia após dia
De que alguém, em algum lugar logo fará a mudança
Nós somos parte da imensa família de Deus
E a verdade
você sabe, amor é tudo o que a gente precisa
Nós somos o mundo, nós somos as crianças
Nós somos aqueles que fazem um dia iluminado
Então vamos começar a oferecer

Função Conativa
(Pra não dizer que não falei das flores
Versão de Charlie Brown Jr.)

Então, vem vamos embora que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora e não espera acontecer
Então, vem vamos embora que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora e não espera acontecer

(Detalhes – Roberto Carlos.)

Se um outro cabeludo
Aparecer na sua rua
E isto lhe trouxer
Saudades minhas
A culpa é sua
O ronco barulhento
Do seu carro
A velha calça desbotada
Ou coisa assim
Imediatamente você vai
Lembrar de mim

Função Poética
( O Leãozinh0 - Caetano Veloso)
Gosto muito de te ver, Leãozinho
Caminhando sob o sol
Gosto muito de você, Leãozinho

Para desentristecer, Leãozinho
O meu coração tão só
Basta eu encontrar você no caminho

Um filhote de leão, raio da manhã
Arrastando o meu olhar como um ímã
O meu coração é o sol pai de toda a cor
Quando ele lhe doura a pele ao léu


(Chico Buarque - Mulheres de Atenas)
Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
Vivem pros seus maridos, orgulho e raça de Atenas
Quando amadas, se perfumam
Se banham com leite, se arrumam
Suas melenas
Quando fustigadas não choram
Se ajoelham, pedem, imploram
Mais duras penas
Cadenas


Dinâmica!
Descubra qual é a música e qual é a sua função de linguagem
Como vai você ?
Eu preciso saber da sua vida
Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia
Anoiteceu e eu preciso só saber
Como vai você ?
Que já modificou a minha vida
Razão de minha paz já esquecida
Nem sei se gosto mais de mim ou de você (...)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara
Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência
O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência
Será que é o tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Faça, fuce, force
Não fique na fossa
Faça, fuce, force
Não chore na porta

Faça, fuce, force vá
Derrube esta porta
Trace, fuce, force vá
Que essa chave é torta


FIM
Obrigado!
Fonte: Vagalume, youtube.
Full transcript