Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Foco Narrativo - Memórias de Um Sargento de Milícias

No description
by

Luiza D.R

on 18 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Foco Narrativo - Memórias de Um Sargento de Milícias

Foco Narrativo - Memórias de Um Sargento de Milícias
Para começo de conversa...
Foco Narrativo
Narrado em terceira pessoa, alternando entre narrador
observador e onisciente
.
Rompe a tradicional postura de um narrador romântico: juízo crítico, debochado, bem-humorado. Remetendo ao realismo.
Possui um caráter metalinguístico com o leitor, pois conversa com o mesmo, faz comentários e dá sua opinião.
Ocorre a passagem da terceira para a primeira pessoa e vice-versa.
continuando...
O narrador desmascara a alta sociedade, retratando as classes mais baixas como quem constitui a sociedade carioca na primeira metade do século XIX.
As personagens não possuem características delimitadas, pois são personificadas que remetem a um cidadão ou classe social.
Muitos personagens não têm nome. Ex: comadre, compadre, parteira, major.
Outros têm nome e continuam remetendo a um conjunto, como o Major Vidigal.
Curiosidade
O termo: "memórias", se refere ao personagem protagonista Leonardo, lembrando todos os momentos vivenciados por ele.
O livro foi escrito no século XIX, período do Romantismo. Foi o primeiro livro da Literatura Brasileira a retratar o protagonista na figura de malandro. O livro foi escrito em folhetins publicados no jornal, desse modo a maioria dos capítulos eram concisos.
Manuel Antônio de Almeida
Full transcript