Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Encontro Simade/EducaCenso 2015

No description
by

Joyce Rodrigues

on 3 February 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Encontro Simade/EducaCenso 2015

Cadastro de Escola
Histórico
Duplo
Cadastro

SIMADE
EducaCenso
ENCONTRO
SIMADE/EducaCenso
2015

Diretoria de Informações Educacionais
OBRIGADA!
Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais
Perguntas e Respostas
No encerramento o sistema faz verificação de avaliação e frequência da turma não deixando concluir o encerramento. Por quê?
Para fazer o lançamento de notas precisa fechar o diário?
Quando o aluno estava em progressão parcial em uma disciplina de anos anteriores e a escola não fez a matrícula da progressão, o que fazer?
Qual a diferença entre professor de sala de recurso e professor de apoio?
Marquei no meu pacote etapa que não permite Progressão Parcial e marquei no Programa Pedagógico que participa do cálculo Final e agora se o aluno não atingir o mínimo para aprovação estipulado no Programa Pedagógico, o mesmo será reprovado?
No
vi
da
des
Cadastro de Escola
Autenticação
Identificação
Caracterização e
Infraestrutura
Equipamentos
Recursos Humanos
Alimentação Escolar
Dados Educacionais
Cadastro de Turmas
Modalidade
Etapa
Tipo de atendimento
Horário de funcionamento
Disciplina
Cadastro de Docentes
Identificação
Endereço
Escolaridade
Dados de Docência

Cadastro de Alunos
Identificação
Deficiências
Documentos
Endereço
Turmas
Transporte
Cadastro de
Turmas
Cadastro de Alunos
Cadastro de Docente
Perguntas e Respostas
1. Como informar compartilhamento de prédio escolar?
1. Os computadores dos pólos de EAD devem ser declarados como parte da infraestrutura da escola?
1. O que é proposta pedagógica de formação por alternância?
1. Como informar os cursos de graduação realizados no exterior?
Sistema Cadastro
Observações
Importantes!
Um histórico só será expedido pelo SIMADE quando o aluno teve sua trajetória escolar numa escola Estadual.

A transcrição dos dados das escolas anteriores deve ocorrer se houver compatibilidade da estrutura do curso e nomenclaturas.
Quando não couber a transcrição do documento, a escola deverá proceder da seguinte forma:

ANEXAR O DOCUMENTO JUNTO AO HISTÓRICO EXPEDIDO PELO SIMADE E NO CAMPO OBSERVAÇÃO COLOCAR: ESTE DOCUMENTO SERÁ VÁLIDO SE ACOMPANHADO DO HISTÓRICO ESCOLAR DE CONCLUSÃO DO (A) ETAPA, SÉRIE, PERÍODO, MÓDULO, ANO...

QUE TIPOS DE HISTÓRICOS O
SISTEMA GERA?
Os históricos no SIMADE podem ser gerados:

Automaticamente:
ao ser encerrado o período letivo .
Parcialmente manual:
parte gerado pelo sistema, parte inserida manualmente.
Totalmente manual:
os dados podem ser inseridos sem ter matrícula.

Menu Histórico: Atos Autorizativos
Coloca-se um nome referência.
Legislação de criação da escola onde regulamenta o funcionamento da mesma e o tipo de ensino.

Exemplo: Decreto Nº 8.288 de 18/08/1929, Lei Estadual Nº3.984 de 27 de dezembro de 1970.
Menu Histórico: Fundamentação Legal
Das Fundamentações Legais inseridas nos históricos, pelo menos três são básicas. São elas:

* A Lei de Diretrizes e Bases da Educação;

* Resolução de Organização de Funcionamento das Escolas Estaduais;

* Resolução que rege o curso (pode ser fundamental e/ou médio).

Atenção!
O aluno cursou os Anos Iniciais do Ensino Fundamental e terminou o 5º Ano em 2004. Legislação vigente à época: Lei federal 9.394/96. Resolução 469/2003.

O aluno cursou os Anos finais do Ensino Fundamental e terminou o 9º Ano em 2008. Legislação vigente à época: Resolução 1.086/2008.

O aluno cursou o Ensino Médio e terminou o 3º Ano em 2011. Legislação vigente à época: Resolução SEE 521/2004.

Exemplos:
Histórico automaticamente gerado no
SIMADE
Histórico parcialmente gerado no
SIMADE
Informações
do sistema
Informações
manuais
Histórico gerado manualmente no
SIMADE
Registre as informações constantes nos planos
curriculares.
Atenção!
Quando a escola for inserir manualmente um histórico ela deverá incluir ou usar um programa pedagógico desde que esteja todo correto e que se encaixe na matriz curricular do ano em que se está sendo expedido.

Se não for usado nenhum programa pedagógico, a escola deverá incluir manualmente a carga horária de cada disciplina e todos os dados exigidos para ser expedido um histórico.

Histórico Escolar: Inserção de Dados
Localizar o aluno
Inserir dados não gerados pelo Sistema
Programa Pedagógico
Programa Pedagógico
x
Quando o aluno não está cadastrado, cadastrar primeiro.
Preencher de
acordo com as
Especificidades
Até posicionamento do SIMADE, registrar o dia e mês da conclusão do Histórico Escolar e o ano referente à conclusão.
Município:
* se escola estadual, já vem cadastrado.
* se escola municipal, federal ou privada, incluir.
Componentes que
constam no
Histórico Escolar
ou no
Plano Curricular
do Ano/Série.
Adicionar um a um
dos componentes
Constantes nos Históricos escolares ou nos Planos Curriculares.
Registrar o nome correto do componente que constar no Histórico ou Plano Curricular
ATENÇÃO!
O número da ordem de impressão das disciplinas pertencentes à parte diversificada deverá ser o mesmo para os outros Anos/Séries. Cada componente da parte diversificada deverá receber um número diferente do outro.
Registrar a Carga Horária de acordo com o Histórico ou Plano Curricular
Registrar Faltas e Aproveitamento de acordo com a Ficha Individual ou Histórico Escolar.
Clicar
um a um
Impressão do Histórico
ATENÇÃO!! A escolha do modelo de Histórico deve ser feita de acordo com a trajetória do aluno!!!
O Modelo 30 [FRENTE] e
o Modelo 32 [FRENTE] e [VERSO] se referem ao modelo publicado em abril, com a Instrução SEE/SOE/
DFRE nº 01/2013.
Para impressão utilizando estes modelos, existem algumas configurações
específicas.
Os modelos 30 e 32
possuem a mesma FRENTE, o modelo 32 [VERSO] deverá ter a mesma configuração da disciplina Língua Estrangeira Moderna, as demais disciplinas da Parte Diversificada, do Ensino Fundamental, terão ordem de impressão definidas pela escola devendo iniciar por 3 e neste mesmo modelo 32 [VERSO] constam os macro-campos da
Educação Integral.
Quando se imprime um histórico escolar, gera-se um código de barras.
Quantas vezes for dada a ordem de impressão, gerar-se-á novo código de barras.
Portanto, quando se imprimir um histórico escolar, deverá fazê-lo em duas vias: uma para ser entregue ao aluno e outra para ser arquivada na pasta do aluno.
Caso necessite-se de uma segunda via, utilizar o último código de barras gerado.
Atenção!!!
Luciene Cotta
luciene.cotta@educacao.mg.gov.br
Tempo Integral

Agrupamento da Língua Estrangeira

Bolsa Família
Ana Silvéria N. Bicalho
ana.bicalho@educacao.mg.gov.br
Histórico
Pronatec

Francesmeire dos Reis F. da Silva
francesmeire.silva@educacao.mg.gov.br

- O ATO AUTORIZATIVO DEVERÁ SER CADASTRADO E A FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DEVERÁ SER SELECIONADA PELA ESCOLA.

- ENCCEJA PPL É SOMENTE PARA ENSINO FUNDAMENTAL.
- O MENU CERTIFICADO SOMENTE É HABILITADO NO SIMADE PARA AS ESCOLAS CREDENCIADAS, CONFORME LISTA DA SEE.

- O ALUNO DEVE SER CADASTRADO NO SIMADE APENAS PELA ESCOLA CREDENCIADA PARA INCLUSÃO DO CERTIFICADO NO SISTEMA.

- PARA A INCLUSÃO DO CERTIFICADO A ESCOLA DEVE PESQUISAR O ALUNO CADASTRADO.

- INFORMAR OS CAMPOS: SELECIONAR TIPO DE ENSINO E MODELO DE CERTIFICADO.


A DEFINIÇÃO DA SEE PARA A ORDEM DE DISCIPLINAS NO HISTÓRICO ESCOLAR, ATA DE RESULTADOS FINAIS, FICHA INDIVIDUAL E BOLETINS GERADOS NO SISTEMA É ORDEM ALFABÉTICA.

ANTES DE INFORMAR O "CURSO PROFISSIONALIZANTE", AO ACESSAR O HISTÓRICO O CAMPO "ÁREA DE CONHECIMENTO" CONSTARÁ COM A INFORMAÇÃO "SELECIONE A OPÇÃO" (PORÉM ESTE CAMPO ESTARÁ BLOQUEADO POR SE TRATAR DE HISTÓRICO GERADO). ASSIM QUE O USUÁRIO SELECIONAR O "CURSO PROFISSIONALIZANTE" A "ÁREA DE CONHECIMENTO" SERÁ ATUALIZADA.
ORDEM DAS DISCIPLINAS NOS
DOCUMENTOS DO ALUNO
O MODELO DE HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL/PRONATEC NÃO APRESENTA CAMPO DE OBSERVAÇÃO MÓDULO A MÓDULO. O CAMPO ‘OBSERVAÇÕES’ ESTÁ EM UM ÚNICO CAMPO AO FINAL DO DOCUMENTO. CASO EXISTA ALGUMA OBSERVAÇÃO PARA UM MÓDULO ESPECÍFICO, A ESCOLA DEVE INFORMAR O MÓDULO A QUE SE REFERE, POIS A MESMA SERÁ LANÇA NO CAMPO DE OBSERVAÇÃO FINAL.

ESTÁGIO SUPERVISIONADO: SERÁ MANTIDO NO MODELO E SERÁ VALIDADO QUANDO A ESCOLA INFORMAR QUAL A DISCIPLINA CORRESPONDE AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO.


O CAMPO DE OBSERVAÇÕES É GERAL NO ENCERRAMENTO.

DESSA FORMA, A OBSERVAÇÃO LANÇADA NO PROCESSO DE ENCERRAMENTO DA TURMA SERÁ GERADA PARA TODOS OS ALUNOS DA TURMA. A ESCOLA PODERÁ LANÇAR TAMBÉM OBSERVAÇÃO INDIVIDUAL PARA DETERMINADO ALUNO NO CADASTRO DO HISTÓRICO DO MESMO.

- A FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DO PRONATEC JÁ É PADRÃO NO SISTEMA, A ESCOLA TERÁ 2 (DUAS) OPÇÕES PARA SELEÇÃO E DEVERÁ OBSERVAR AQUELA QUE SE ADEQUAR AO CASO.
NOVOS HISTÓRICOS – ENCERRAMENTO
A PARTIR DE OUTUBRO/2014

- NOS NOVOS HISTÓRICOS, O SISTEMA BUSCARÁ O NOME DO CURSO PROFISSIONALIZANTE CONFORME A INFORMAÇÃO NO PROGRAMA PEDAGÓGICO. O EIXO TECNOLÓGICO E TITULAÇÃO SERÃO CARREGADOS A PARTIR DO NOME DO CURSO.

- O CAMPO DE COMPETÊNCIAS SERÁ PREENCHIDO PELA ESCOLA NO PROCESSO DE ENCERRAMENTO PARA A TURMA.

- OS OUTROS CAMPOS CONTINUAM SENDO PREENCHIDOS PELA ESCOLA, ALUNO POR ALUNO, NO RESPECTIVO HISTÓRICO.

4. INFORMAÇÕES DO REGISTRO DE EXPEDIÇÃO:

- ARTIGO, RESOLUÇÃO, DATA DA RESOLUÇÃO, REGISTRO Nº,
FLS Nº, LIVRO Nº., DATA DE EXPEDIÇÃO.

5. CADASTRO PARA VALIDADE NACIONAL - CEE/MG

6. COMPETÊNCIAS - CAMPO ABERTO PARA DIGITAÇÃO

7. OBSERVAÇÕES - CAMPO ABERTO PARA DIGITAÇÃO

2. SELECIONAR A FUNDAMENTAÇÃO LEGAL – SISTEMA

MOSTRA DUAS OPÇÕES, OBSERVAR A QUE FUNDAMENTAÇÃO APLICADA AO CURSO/ALUNO.






3. INFORMAÇÕES DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

SELECIONAR A ESCOLA, INFORMAR A DATA CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO, INFORMAR CURSO DO ENSINO MÉDIO OU EQUIVALENTE. MARCAR O CAMPO: POSSUI ESTÁGIO SUPERVISIONADO, CONFORME FOR O CASO.
ENSINO FUNDAMENTAL:

EXAMES ESPECIAIS – BANCA – ENSINO FUNDAMENTAL

ENCCEJA – ENSINO FUNDAMENTAL

EXAMES SUPLETIVOS – ENSINO FUNDAMENTAL
OS TIPOS DE CERTIFICADOS EXPEDIDOS
NO SIMADE SÃO:

ENSINO MÉDIO:

EXAMES ESPECIAIS – BANCA – ENSINO MÉDIO

ENCCEJA - ENSINO MÉDIO

ENEM – ENSINO MÉDIO

EXAMES SUPLETIVOS - ENSINO MÉDIO

GERAÇÃO DE DIPLOMA:
(Modelo 34)

- O DIPLOMA SÓ SERÁ GERADO QUANDO MARCADO O CAMPO ‘O DOCUMENTO É DE TERMINALIDADE’.
A ESCOLA DEVERÁ SELECIONAR O MODELO ADEQUADO E MARCAR O CAMPO CORRESPONDENTE À SITUAÇÃO DO ALUNO PARA IMPRESSÃO, VERIFICANDO SE:

- O DOCUMENTO É DE TERMINALIDADE;

- O DOCUMENTO É PARCIAL: INFORMAR SE É SAÍDA INTERMEDIÁRIA E DIGITAR TITULAÇÃO COMO PREVISTO NO PLANO DE CURSO PARA O MÓDULO.

Impressão
CAMPOS QUE DEVEM SER PREENCHIDOS
PELA ESCOLA PARA CADA ALUNO

AO SELECIONAR O HISTÓRICO – CLICAR EM ALTERAR E PREENCHER OS CAMPOS CORRESPONDENTES E GRAVAR.

1 - SELECIONAR CURSO PROFISSIONALIZANTE;

AUTOMATICAMENTE GERA TITULAÇÃO E EIXO TECNOLÓGICO
ATENÇÃO NA ESCOLHA DO CURSO PROFISSIONALIZANTE, POIS ESTE CAMPO NÃO PERMITE FAZER ALTERAÇÃO/TROCA DO CURSO.

- CAMPO ‘INFORMAÇÕES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL’ ESTARÁ ABERTO PARA A ESCOLA SELECIONAR O CURSO QUE O ALUNO PARTICIPOU.

ESSA SELEÇÃO SERÁ EFETUADA ALUNO POR ALUNO E ETAPA POR ETAPA.

A ESCOLA DEVERÁ OBSERVAR A SELEÇÃO DO CURSO LEVANDO EM CONTA A MATRIZ CUMPRIDA PELO ALUNO NA ESCOLA.

EXEMPLO:
ADMINISTRAÇÃO1, ADMINISTRAÇÃO 2, ADMINISTRAÇÃO 3, ADMINISTRAÇÃO 4, ADMINISTRAÇÃO 5 ETC...


HISTÓRICOS ANTERIORES A
OUTUBRO DE 2014
HISTÓRICO -
EDUCAÇÃO
PROFISSIONAL/
PRONATEC
NO SISTEMA SIMADE CONSTAM DOIS MODELOS PARA IMPRESSÃO DO HISTÓRICO. A ESCOLA DEVE SELECIONAR O MODELO CONFORME NÚMERO DE MÓDULOS PREVISTOS
PARA O CURSO.

MODELO 33 – COM PREVISÃO DE ATÉ 04 MÓDULOS
- CERTIFICADO (FRENTE)
HISTÓRICO ESCOLAR (VERSO)

MODELO 35 – COM PREVISÃO DE 06 MÓDULOS
- CERTIFICADO (FRENTE)
- HISTÓRICO ESCOLAR (VERSO)

Atenção!!!
Certificado
Certificado
Certificado
Impressão
Atenção!!!
Perfis:
Inep
Secretaria Estadual
Setec
Órgão Regional
Secretaria Municipal
Escola
Níveis:
Leitor
Executor
Super-usuário
O número é gerado no sistema Cadastro e enviado ao Inep que acrescenta dois dígitos (31), fazendo referência ao estado de MG.
No censo deste ano, o endereço da escola
não virá carregado
do sistema.
A escola deverá
preencher com
as informações do
Endereço Principal
.
Unidade Vinculada à escola
de Educação Básica:
Unidade localizada em endereço distinto da escola sede.
Caracterizada por um prédio com infraestrutura educacional completa capaz de permitir seu funcionamento autônomo, mas sem constituir-se em uma unidade gestora/orçamentária, com dependência administrativa e financeira à escola-sede.
Unidade Ofertante de
Ensino Superior:
Escola com turmas de Educação Básica que também oferta cursos de Educação Superior.
Escola compartilhada é aquela escola que
CEDE
espaço para outra escola funcionar.
Neste campo listamos o(s) código(s) da(s) escolas com a qual a escola compartilha espaço.
(Ou seja, os códigos das escolas que utilizam o espaço desta que estamos preenchenco o formulário).
Escola que oferece cursos de formação inicial e continuada (FIC) ou qualificação profissional articuladas à Educação de Jovens e Adultos ou ao Ensino Médio, ou cursos técnicos de nível médio nas formas articulada (integrada ou concomitante) ou subsequente ao Ensino Médio.
Turma de curso realizada presencialmente com estudantes e professores
desenvolvendo atividades
educativas no mesmo lugar
e ao mesmo
tempo, com
frequência
mínima obrigatória.
Turma de curso realizado com atividades didáticas (módulos ou unidades
de ensino/aprendizagem
centrados na auto aprendizagem)
com mediação de recursos
didáticos organizados em
diferentes suportes de informação
e avaliações presenciais.
Turma de curso desenvolvido na modalidade na qual a mediação didático-pedagógica ocorre com a utilização de meios tecnológicos de informação e comunicação e com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares e/ou tempos diversos, resguardadas as atividades presenciais obrigatórias (avaliações de estudantes, estágios obrigatórios, defesa de trabalhos de conclusão de curso e atividades relacionadas a laboratórios de ensino).
Atenção!!
As turmas das escolas com proposta pedagógica de formação por alternância são consideradas como turmas presenciais.
Turma de Formação Inicial Continuada de trabalhadores que articula a Educação Profissional e a Educação de Jovens e Adultos ou o Ensino Médio. Voltada para a capacitação, o aperfeiçoamento e a atualização, visa ao desenvolvimento de aptidões para a vida produtiva e social.
Atenção!!
Os alunos vinculados em cursos FIC devem também ter vínculo no Ensino Médio ou na EJA integrada.

As matrículas de alunos somente em cursos FIC serão desconsideradas.
É a preparação geral para o trabalho e, facultativamente, a habilitação profissional poderá ser desenvolvida nos próprios estabelecimentos de Ensino Médio ou em cooperação com instituições especializadas em Educação Profissional. Pode ser realizada durante o Ensino Médio ou depois de sua conclusão.

Professor responsável pela regência de classe.
Profissional que presta apoio aos docentes nas turmas de escolarização.
Profissional ou monitor responsável pelo desenvolvimento das atividades complementares.
Profissional que atua na tradução e interpretação da Língua Portuguesa para Libras e vice-versa, em sala de aula comum ou em sala de recursos multifuncionais.
Docente responsável pela regência de módulo ou disciplina de turma desenvolvida em curso de modalidade de educação a distância e pela coordenação dos respectivos docentes tutores
Profissional responsável pelo acompanhamento das atividades de módulo ou disciplina de turma desenvolvida em curso na modalidade de educação a distância e pelo apoio ao respectivo docente coordenador de tutoria.
Em primeiro lugar, a escola deve verificar se todos bimestres foram informados corretamente, observando o número de aulas previstas com o número de aulas dadas. O quantitativo de aulas informado no Menu Avaliação/Frequência tem que corresponder com o Programa Pedagógico.
O que não se pode fazer quando o diário está aberto?
1. Sim, porque não aparecem as disciplinas para realizar o lançamento de notas se o diário estiver aberto.

2. Com o diário aberto não posso realizar o lançamento de notas e frequência e remanejamento de alunos, pois não é aconselhável abrir o diário a qualquer momento.
Se aluno ainda está em curso na etapa seguinte, a escola deverá promover a regularização da matrícula da progressão parcial para que este aluno vença dentro do ano letivo.

Se a escola descobre em anos posteriores e o aluno já foi aprovado em etapa/série seguinte, a escola deverá fazer a matrícula da progressão e lançar a nota mínima de aprovação, tendo em vista a regra de ‘quem sabe o mais sabe o menos’. Desta forma, o histórico com a progressão será atualizado.
O professor de sala recurso é solicitado para uma turma, ele trabalha no contra-turno.

O professor de apoio é solicitado para aluno/turma, conforme orientação da DESP, quando no ato de sua matrícula é informado sua deficiência. Esse professor divide a sala com o professor da turma regular.
Sim, mas o que a escola pode fazer é ir na divisão do pacote e desmarcar
Posso configurar no meu pacote etapa que Ensino Religioso e Arte permite Progressão Parcial?
A Resolução 2197/2012, em seu Artigo 80 – parágrafo único define que:
“Os Componentes Curriculares cujos objetivos educacionais colocam ênfase nos domínios afetivo e psicomotor, como Arte, Ensino Religioso e Educação Física, devem ser avaliados para que se verifique em que nível as habilidades previstas foram consolidadas, sendo que a nota ou conceito se forem atribuídos, não poderão influir na definição dos resultados finais do aluno.”
A escola devera verificar no seu Regimento escolar se está normatizada mais alguma disciplina que não reprova. Em caso afirmativo providencie a análise e correção.

Quais as definições de PACOTE COMPONENTE/ETAPA?
Existem regras fundamentais estabelecidas no pacote de etapas:
1. Reprova por Frequência (todos os pacotes devem possuir como critério reprovar por frequência).
2. Percentual mínimo para aprovação– 75%.
3. Permite Progressão Parcial (sim ou não).

Após a configuração das divisões de bimestre, é necessário criar a divisão de Conceito Final?
Sim, o conceito é que será lançado na Ata de Resultado Final e no Histórico.

Após a divisão de Conceito Final, é que deverão ser criadas as divisões de recuperação, quando houver. A divisão de conceito final se aplica apenas para as disciplinas trabalhadas em forma de conceito.
Docente:
Auxiliar/Assistente
Educacional:
Profissional/Monitor de
Atividade Complementar:
Tradutor Intérprete de
Libras:
Docente Titular - coordenador de tutoria (de módulo ou disciplina) - EAD:
Docente tutor - Auxiliar (de módulo ou disciplina) - EAD:
Educação Profissional:
Carlos Roberto Andrade
carlos.andrade@educacao.mg.gov.br
Maria José do Carmo S. Almeida
maria.carmo@educacao.mg.gov.br
Karla Cristiane A. Vimieiro
karla.vimieiro@educacao.mg.gov.br
1. Como é realizado o Cadastro de Usuário no Educacenso?
2. Quem pode acessar o sistema Educacenso?
2. Quando a escola é abastecida por carro pipa, como deve ser informado o campo abastecimento de água?
3. É preciso declarar computadores semcondições de uso e notebooks?
2. Qual o critério para informar localização diferenciada?
3. Qual a orientação para declarar que a escola abre aos finais de semana?
2. Qual a diferença entre semipresencial e educação à distância?
3. Qual o conceito de turmas de atividade complementar e atendimento educacional especializado?
2. Como alterar o nome da pessoa no Censo Escolar, se não houve alteração do cadastro na Receita Federal?
3. Como será a unificação
de cadastros?
3. Como informar os alunos em turmas multi?
1. Qual a orientação para o preenchimento do poder público responsável pelo transporte escolar?
2. É possível declarar mais de uma opção da situação funcional do docente numa mesma escola?
3. Quando devem ser informadas as opções de funções docentes:
"Titular de curso ou tutoria" e
"Tutor de curso e tutoria"?
Full transcript