Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Currículos com enfoque CTS e práticas educativas interdiscip

No description
by

Guilherme Schwan

on 4 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Currículos com enfoque CTS e práticas educativas interdiscip

A Pesquisa
Efetivamos uma análise de como a educação de perspectiva CTS é trabalhada por professores da Educação Básica, bem como, de que forma o currículo de viés CTS é contemplado na Educação Básica.
A Problemática Investigada Foi:
Nos quais os objetivos se estabeleceram em:
Resultados Obtidos Anteriormente, Que Deram Inicio A Uma Nova Pesquisa
"Percebemos a necessidade de criar estratégias que favoreçam a reestruturação do currículo escolar em sintonia com uma perspectiva crítica de educação e reinventar modos de trabalhar com os docentes da escola, de maneira que sejam sujeitos ativos do processo de reconfiguração curricular".
Práticas Tradicionais De Ensino
Deste modo, entendemos que as práticas tradicionais de ensino que muitos professores adotam não veem obtendo resultados desejados, bem como, muitas vezes, mostrando equívocos, neste sentido,
Caminhos Percorridos Até A Problemática De Pesquisa
Em um primeiro trabalho realizado, contextualizamos a investigação de temas geradores, apropriando-nos da interdisciplinaridade como ferramenta de ensino-aprendizagem e utilizando a abordagem temática proposta pelo educador brasileiro Paulo Freire.
Currículos Com Enfoque CTS E Práticas Educativas Interdisciplinares: Possibilidades E Desafios
Introdução
Com a rápida evolução da Ciência-Tecnologia (CT) há necessidade de constantes inovações, também, na forma de ensinar, tanto com metodologias diferenciadas quanto com um olhar mais amplo para novas possibilidades de configurações curriculares. Neste sentido, formas de ensino interdisciplinar sinalizam como possibilidades de reestruturação do ensino escolar, mais especificamente, o de Ciências, em todos os níveis.
Dificuldade De Professores
Neste sentido, uma problemática recorrente é a dificuldade de professores em relacionar a abordagem temática de perspectiva freireana e/ou CTS ao seu trabalho desenvolvido em sala de aula, e em perceber as relações existentes entre o mundo vivido, cada vez mais científico-tecnológico, e os conceitos trabalhados em sala de aula.
Identificar e analisar possíveis dificuldades e avanços por parte dos professores em desenvolver trabalhos em sala de aula de enfoque CTS;
Identificar e analisar em que perspectiva teórica estes trabalhos são desenvolvidos;

Guilherme Schwan
"Práticas que tornam o discurso científico extremamente autoritário, mandatário e, com isso, alinha-se ao modelo de ensino tradicional, em que o questionamento, a discussão e o diálogo são deixados em segundo plano" (GÜLLICH, 2012).
Quais as dificuldades enfrentadas por professores no desenvolvimento de currículos de perspectiva CTS na Educação Básica? De que forma são desenvolvidos estes currículos?
Objetivos
Aproximação dos pressupostos de educador Paulo Freire e o enfoque CTS;
Analisar de que forma estes trabalhos estão sendo desenvolvidos.
Assim, Esta Pesquisa Consiste:
Em uma pesquisa qualitativa de cunho bibliográfico, ou seja, uma análise de documentos realizada por meio dos princípios da Análise Textual Discursiva (MORAES, 2003; MORAES e GALIAZZI, 2006),
Na definição e delimitação do corpus de análise, selecionamos artigos dos anais das edições do Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências no período de 1997 a 2013, que traziam em seu título, resumo ou palavras-chave os termos CTS e/ou Freire e/ou Interdisciplinaridade e/ou Práticas educativas.
Delimitação Do Corpus De Análise
O que resultou na primeira seleção um total de 78, mas, como objetivávamos analisar as práticas implementadas em sala de aula na Educação Básica, na segunda seleção restaram 47 artigos.
Tabalhos Analisados
Resultado E Análise
A partir do corpus de análise foram delimitados 47 artigos que estavam de acordo com os critérios de seleção. Após a análise elencamos duas categorias:
Perspectivas curriculares desenvolvidas em sala de aula
Estruturação curricular na Educação Básica.
Perspectivas Curriculares Desenvolvidas Em Sala De Aula.
A maioria dos trabalhos está voltado a compreensão da perspectiva cientifico-tecnológica e em quase sua totalidade a compreensão de que existe a necessidade de uma reforma curricular, envolvendo os agentes formuladores de currículo, desde professores que se envolvam e participem ativamente da construção curricular e que atinja a todos os estudantes que estão ao seu alcance.
"
Para isto, é preciso envolver agências e agentes de mudança de currículos e do ensino: o governo; os centros de pesquisa; os formuladores de currículos e os professores. O ensino de ciência, neste grau de ensino, deve relacionar ciência e vida, enfatizar a dimensão falível da ciência, desenvolver-se por meio de ilustrações e atividades práticas" (Autor 01, 1999 p. 3).
Perspectivas Curriculares Desenvolvidas Em Sala De Aula
O professor Como Peça Fundamental Na Construção De Currículo.
"Significa conceber o professor como um mediador decisivo entre o currículo estabelecido e os alunos, um agente ativo no desenvolvimento curricular, um modelador dos conteúdos, condicionando como isso, toda gama de aprendizagem dos alunos” (SACRISTÁN, 2000, p. 166).
Currículo Organizado A Partir Da Abordagem CTSA
"Explicitar diferentes opções curriculares e suas consequências para o trabalho docente e para a formação dos nossos alunos/as; promover uma revisão crítica sobre o desenvolvimento científico e tecnológico na qualidade de vida, pessoal, coletiva e ambiental; disponibilizar atividades e textos exemplares para o ensino na educação básica e para a reflexão sobre o quê e como ensinar; socializar bibliografias na área" (Autor 02, 2007 p. 6).
Abordagem CTS Está Relacionada A Uma Reconstrução De Currículo.
"É importante salientar que a abordagem CTS não significa uma nova metodologia, ela está relacionada a uma reconstrução do currículo". (Autor 03, 2007, p. 02).
"
Professores não apenas tragam novas alternativas metodológicas para cumprir currículos impostos, mas que acarretem aspectos relacionados ao contexto social no contexto escolar, em que ações sociais que extravasem do contexto escolar e contribuam para a formação de toda a comunidade" (STRIEDER, 2008).
Falta De Uma Formação Continuada Que Contribua Para Novas Práticas Educativas Ao Enfoque CTS!
[
...] Portanto, entendemos que o objetivo central de CTS na educação básica é a promoção de uma educação científica e tecnológica dos cidadãos, auxiliando o aluno na construção de conhecimentos, habilidades e valores necessários para tomar decisões responsáveis sobre questões de Ciência e Tecnologia no campo social [...] (Autor 04, 2013, p. 2).
Nesta perspectiva, Krasilchik (1987) argumenta que a precariedade na formação de professores seria uma das causas da má qualidade do ensino, os cursos de aperfeiçoamento são necessários tanto para suprir lacunas da formação dos docentes como para mantê-los atualizados.
Estruturação Curricular Na Educação Básica
Nesta categoria abordaremos a estrutura que se compõe o currículo utilizado, na qual analisamos a aproximação dos pressupostos do educador Paulo Freire ao enfoque CTS e a forma com que estes trabalhos estão sendo desenvolvidos, trazendo para este contexto as contribuições para a Educação em Ciências com a utilização de currículos temáticos.
Desenvolvimento De Trabalhos

São temas levantados nos grupos de pesquisa com os professores que detectam a necessidade de problematizar aspectos da realidade dos alunos, do lugar da escola” (Autor 05, 2011, p. 11),
Sendo do mesmo modo que acontece com os temas “dobradiça” que significa o direito que também tem os educadores-educandos de participar dela”.(FREIRE, 2005)
Processos Referenciados Por Uma Aproximação Entre Pressupostos Do Educador Paulo Freire E Referenciais Ligados Ao Denominado Movimento CTS.
São encontrados, principalmente, na busca de temas geradores nos quais favorece aos estudantes expressarem suas realidades e a trazerem para sala de aula, Freire expressa a “investigação de temas geradores”, tendo como objetivo fundamental a compreensão dos seus temas básicos (1987, p. 105).
"Ressaltando a necessidade de aproximar contextos de sua realidade, pois conhecendo a realidade o educando pode ajudar a resolver situações cotidianas ou interferir na mesma, construindo uma sociedade melhor" [...] (Autor 06, 2009, p. 02).
Investigação Temática (FREIRE, 1987)

A qual está baseada na codificação - descodificação - problematização e na procura de temas significativos para estudantes que os envolvam em contradições vividas por eles.
No entanto, para o Autor 07, limitações como a “
desvinculação entre o mundo da escola e o mundo da vida, presentes na Educação em Ciências, justificam a elaboração, implementação e avaliação de configuração curricular pautada pela abordagem de tema com significado local/social (2005, p. 02).
Interdisciplinaridade Em Práticas Educativas
"Levam com o entendimento dos docentes como uma prática necessária, a partir do rompimento da disciplinaridade e o currículo tradicional presente nas escolas onde a maioria dos projetos foi realizada, no qual pesquisadores e participantes estão envolvidos de modo cooperativo ou participativo" (Autor 08, 2005).
Japiassu, parte do pressuposto
“de que a interdisciplinaridade se caracteriza pela intensidade das trocas entre os especialistas e pelo grau de integração real das disciplinas no interior de um mesmo projeto de pesquisa” (1976, p. 125).
Por outro lado, ao refletirmos sobre a forma como as escolas públicas regulares encontram-se organizadas no Brasil – currículos prescritos, programas engessados e compartimentados – identificamos a partir dessa realidade, aspectos que representam grandes desafios em relação à perspectiva CTS, principalmente se considerarmos o caráter interdisciplinar deste enfoque e a formação do professor (Autor 09, 2011, p. 03).
Concepções, às Vezes, Errôneas De Professores E Estudantes.
Em deduzir que interdisciplinaridade é a junção de todas as disciplinas, e posteriormente depositada no estudante, trata-se do que Freire (1987) chama de
"Educação Bancária".
Ações interdisciplinares e as concepções do enfoque CTS, por vezes, podem não serem compreendidas pelos estudantes, ocasionando visões confusas a este enfoque. “Porém a proposta didática interdisciplinar diante de algumas observações iniciais das concepções de alunos do Ensino Médio,
que apontavam para uma visão estereotipada e rotulada sobre as interações CTS”
(Autor 10, 2011, p. 03).
Considerações
A medida que a pesquisa avançou notou-se que há uma preocupação especialmente com professores da Educação Básica, em suas dificuldades metodológicas em relacionar temas, que não só contribuam em um âmbito social mas transformar seu estudante em um ser crítico da Ciência-Tecnologia como necessidade de reforma curricular,
Considerações
Com a posterior saída dos professores e pesquisadores inseridos em formação continuada, e após o término de seus projetos em salas de aula na Educação Básica, como os professores titulares dariam continuidade sem terem participado ativamente deste processo?
"Acredito, também, na passagem e a mudança de percepções que o professor precisa trazer consigo, de um olhar estando sempre a frente dos estudantes, para um olhar que os contemple, um olhar dentre seus estudantes, tendo o professor um olhar de estudante continuamente eu seu aprendizado"!
Referências
ABREU, Teo Bueno de. LIMA, Bernadete. MARTINS, Isabel Gomes. Trabalhando O Conceito De Energia Em Aulas De Biologia No Ensino Médio Em Uma Perspectiva Cts (Ciência-Tecnologia-Sociedade): Uma Análise Discursiva. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.6.
AULER, Décio. DELIZOICOV, Demétrio. Educação CTS: Articulação entre pressupostos do educador Paulo Freire e referenciais ligados ao movimento CTS. Les relaciones CTS en la Educación Científica, 2006.
AULER, Décio, DELIZOICOV, Demétrio. Ciência-tecnologia-sociedade: relações estabelecidas por professores de ciência. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 05, n. 02, p. 337-355, 2006.
BARBOSA, Luis Gustavo D`Carlos. CASTRO, Ruth Schmitz de. O Ensino De Conceitos De Termodinâmica A Partir Do Tema Aquecimento Global. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2007, p.10.

BARRETTO, Elba Siqueira De Sá. A Avaliação Na Educação Básica Entre Dois Modelos. Educação & Sociedade, ano XXII, no 75, Agosto/2001.
BERNARDO, José Roberto da Rocha. VIANNA, Deise Miranda. SILVA, Vitor Hugo Duarte da. Introduzindo questões sociocientíficas na sala de aula: um estudo de caso envolvendo produção de energia elétrica, desenvolvimento e meio ambiente. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2001, p.3.
BERNARDO, José Roberto da Rocha. SILVA, Vitor Hugo Duarte da. FONTOURA, Helena Amaral da. VIANNA, Deise Miranda. A Construção Do Conceito De Potência Como Um Conceito Universal Na Física. Atas do Encontro Nacional De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 2005, p.8.
BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília: MEC; SEMTEC- 2002.
BRASIL, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília, MEC/SEMTEC, 1999.
BRITO, Luisa Dias. SOUZA, Marcos Lopes. FREITAS, Denise. A Busca de Um Diálogo sobre a Natureza do Conhecimento Científico e a Relação CTSA na Formação de Professores(as) de Ciências Biológicas. IV Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2003.
CACHAPUZ, A F. Epistemologia e Ensino das Ciências no Pós-Mudança Conceptual: Análise de um Percurso de Pesquisa. Atas do II ENPEC, Vallinhos, 1999.
CARLETTO, Marcia Regina. PINHEIRO, Nilcéia Aparecida Maciel. Repercussões De Uma Prática Pedagógica Transformadora. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2005, p.2.
DALMOLIN, Antonio Marcos Teixeira. FENALTI, SANTOS, Veridiana dos. Abordagem Temática: natureza dos temas em Freire e no enfoque CTS. Alexandria Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v.2, n.1, p.67-84, 2009.
DAL MORO, Guilherme Andre. BRAGA Mauro, Michelotto. GARCIA, Nilson Marcos Dias. A Abordagem Cts Em Uma Atividade Didática Interdisciplinar De Física E Geografia Cts. Atas do Encontro Nacional De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 2011, p.3.
DEMO, Pedro. Universidade Aprendizagem e Avaliação. Editora Mediação, 3º Edição. Porto Alegre, 2008, p.133
GOULART, Paulo Ricardo Alcântara. SANTOS, Flávia Maria Teixeira dos. Eletrônica E Cidadania Em Uma Abordagem C.T.S. Para O Ensino Médio: Análise Dos Resultados Do Instrumento De Pesquisa. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2007, p.2.
FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade - Um Projeto Em Parceria. Loyola, V. 13 Coleção Educar. São Paulo. V. 13, 2007. (1991) p.31.
FIRME, Ruth do Nascimento. AMARAL, Edenia Maria Ribeiro do. Analisando A Implementação De Uma Abordagem Cts Em Sala De Aula De Química. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências,2007, p.4.
FORGIARINI, Marcia Soares. A Abordagem De Temas Polêmicos No Currículo Da EJA: O Caso Do “Florestamento” No RS. Dissertação de Mestrado em Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Santa Maria, 2007.
FRAILE, Ofelia Ortega. COMPIANI, Mauricio. Caminhos Em Direção A Uma Educação Cts Baseada No Lugar. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.11.
FREIRE, Leila Inês Follmann. Enfoque Educacional CTS e o Ensino de Química. Universidade Federal de Pós Graduação em Educação Científica e Tecnológica. Florianópolis-SC. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/89901/245569.pdf?sequence=> Acesso em 03 mar. 2015.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 48ª Ed. Rio de Janeiro - RJ: Paz e Terra, 2005.
GÜLLICH, Roque Ismael da Costa. O Livro Didático, o Professor e o Ensino de Ciências: Um Processo de Investigação-Formação-Ação. Tese (doutorado) – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Campus Ijuí). Educação nas Ciências, 2012.
GONZALEZ , Isadora Melo. Análise De Um Percurso De Ensino Sobre O Lixo Urbano Na Perspectiva Ctsa. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.5.
HUNSCHE, S. Professor “Fazedor” de Currículos: desafios no estágio curricular supervisionado em ensino de física. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação), Centro de Educação, Universidade Federal de Santa Maria, 2010. JAPIASSU, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.
IMBERNÓN, Francisco. Formação Docente e Profissional. Cortez, 9. Ed. – São Paulo, 2011, p.51.
JAPIASSU, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976
KRASILCHIK, Myriam. O Professor e o Currículo Das Ciências. EPU. Editora da Universidade de São Paulo, 1987.
LEAL, Maria Cristina. GOUVÊA, Guaracira. Ensino de Ciências e Ciência Tecnologia e Sociedade: Comparando Perspectivas no Ensino Formal e Não Formal. Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia, SP, 1999 p.3.
MARCELINO, Leonardo Victor. Compreensões de Professores Sobre Abordagens Da Biotecnologia no Ensino de Química. Dissertação submetida ao Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina, SC, 2014.
MORAES, Roque. GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise Textual Discursiva de Múltiplas Faces. Ciência & Educação, v. 12, n. 1, 2006.
MORAES, ROQUE. Uma Tempestade de Luz: A compreensão Possibilitada Pela Análise Textual Discursiva. Ciência & Educação, v. 9, n. 2,- 2003.

MUENCHEN, Cristiane. GRIEBLER, Adriane. SANTINI, Elder Luiz. FORGIARINI Marcia Soares. STRIEDER, Roseline Beatriz. HUNSCHE, Sandra. GEHLEN, Simoni Tormöhlen. AULER, Décio Auler. Enfoque CTS: Configurações Curriculares Sensíveis à temas Contemporâneos. Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia, SP, 2005 p.2
OLIVEIRA, Adriana Marques de. RECENA, Maria Celina Piazza. A Investigação Temática E A Análise Textual Discursiva: Busca Por Temas Geradores. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2009, p.2.
OLIVEIRA, Ingrid Santos. PINHEIRO, Nara Zamagno. FREITAS Cláudia Avellar. MENEZES, Paulo Henrique Dias. Problemas Ambientais Locais: Educabilidades Possíveis A Partir Do Enfoque Ctsa. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.7.
PANIAGUA, Sheila Karla Azevedo. SILVAS, Anelize Pires Reynozo. MACHADO, Maria Auxiliadora Delgado MACHADO. Energia Nuclear no Ensino Médio: Desenvolvendo Atividades Didáticas Com Enfoque CTSA – Uma Possibilidade Para a Formação da Cidadania. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2013, p.2.
PANSERA-DE-ARAÚJO, Maria Cristina. GEHLEM, Simoni Tormöhlen. MEZALIRA, Sandra Mara. SCHEID, Neusa Maria John. Enfoque CTS na pesquisa em Educação em Ciências: Extensão e Disseminação. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2009.
SACRISTÁN, J. Gimeno. Trad. Ernani F. da F. Rosa. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
SANTOS, Cintia Garcia Montoya Moreira. KATO , Danilo Seithi. Limites e possibilidades do uso de situações problemas como recurso pedagógico: os temas controversos sócio científicos e as relações CTSA como perspectiva para o ensino de ciências. Atas do Encontro Nacional De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 2013, p.6.
SANTOS, Rosemar Ayres dos. ROSA, Suiane Ewerling. AULER, Décio. A não neutralidade da ciência-tecnologia em abordagens CTS no contexto brasileiro. Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – IX ENPEC Águas de Lindóia, SP, 2013.
SANTOS, W. L. P. Educação Científica Humanística em Uma Perspectiva Freireana: Resgatando a Função do Ensino de CTS. Alexandria, Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, SC, v.1, n.1, 2008.
SANTOS, W. L. P dos. MORTIMER, E. F. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência -Tecnologia – Sociedade) no contexto da educação brasileira. ENSAIO, Pesquisa em Educação em Ciência, Minas Gerais, BH, v. 2, n. 2, 2002.
SASSERON, Lúcia Helena. CARVALHO, Anna Maria Pessoa de. Ensino Por Ctsa: Almejando A Alfabetização Científica No Ensino Fundamental. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2007, p.6.
SILVA, Fernanda Leite Da. PESSANHA, Paula Rocha. BOUHID, Rose Antony. Abordagem Do Tema Controverso Radioatividade/Energia Nuclear Em Sala De Aula No Ensino Médio – Um Estudo De Caso. Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.3.
SOBRAL, Ana Carolina Moura Bezerra. RODRIGUES, Gizella Menezes. MELO, Simone. FRANÇA, Suzane Bezerra. Análise do Reflexo CTS sobre o Discurso Docente no Contexto de Sala de Aula. VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Florianópolis, 2009.
SOUSA, Demutiey Rodrigues de. SILVA, Henrique César da. GARAVELLI, Sérgio Luiz. MAROJA, Armando de Mendonça. RICARDO, Elio Carlos. Poluição Sonora Na Física Do Ensino Médio: Construindo Uma Proposta. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2005, p.4.
SOUSA, Rogério. BRITO, Licurgo. Alfabetização Científica E Tecnológica E Cts Numa Ilha De Racionalidade Sobre Consumo Consciente De Energia Elétrica. Atas do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2011, p.2.
STRIEDER, Roseline Beatriz. Abordagem CTS e Ensino Médio: Espaços de Articulação. (Dissertação de Mestrado). Universidade de São Paulo. São Paulo. 2008.
TEIXEIRA, P. M. A educação científica sob a perspectiva da pedagogia histórico-crítica e do movimento CTS no ensino de ciências. Ciência e Educação. Bauru, 2003.
VAZ, Caroline Rodrigues. FAGUNDES, Alexandre Borges. PINHEIRO, Nilcéia Aparecida Maciel. O Surgimento da Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) na Educação: Uma Revisão. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia – PPGECT. I Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia, 2009.
OBRIGADO PELA ATENÇÃO
Rosemar Ayres dos Santos
UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL
CAMPUS DE CERRO LARGO
CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Full transcript