Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TECNOLOGIA

No description
by

Caroline Duarte

on 16 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TECNOLOGIA

A História da Internet
Sistemas da Informação
Os Sistemas de Informação são uma série de elementos ou componentes inter-relacionados que coletam (entrada), manipulam e armazenam (processo), disseminam (saída) os dados e informações e fornecem um mecanismo de feedback.
Arquivos x Memória
• Arquivos e memória como elementos indissociáveis;

• Arquivos são bens culturais que remetem ao saber e a memória da humanidade;

• Arquivos permitem a identidade social e cultural de uma nação;
A Informação e a Ficção Científica
TECNOLOGIA
O Futuro dos Arquivos no
Brasil

SISTEMAS DE GESTÃO DOCUMENTAL:
dentro do ambiente digital, que incluem quatro pontos que poderíamos chamar de principais: primeiro, o desafio da longevidade digital, segundo, a necessidade de prover acesso eficaz à informação em grandes coleções, terceiro, o uso extensivo e padronizado de metadados e quarto, a gestão de processos e fluxo de trabalho para as atividades do acervo.
LONGEVIDADE DIGITAL:
estão sujeitos a se tornarem indisponíveis devido à rápida obsolescência. Resposta: efrescamento, migração, emulação, padronização, encapsulamento. Essas medidas requerem planejamento e execução meticulosos.
ACESSO:
feito através de mecanismos de arranjo e indexação e da criação de instrumentos de pesquisa que garantam a possibilidade de recuperação da informação.
O futuro
METADADOS:
contribuem para todas as operações rel aci onadas ao documento, acesso, preservação, controles de direito, preservação do contexto. Como e onde armazenar os metadados? Como - Dublin Core Metadata Initiative (DCMI), concebido para a descrição sumária de documentos eletrônicos. Onde - podem ser mantidos juntos ou separados com os dados.
PROCESSOS E FLUXO DE TRABALHO:
permitem a gestão controlada de atividades complexas, acompanhando a execução das tarefas e emitindo relatórios de estado e de alerta.
SEI - Serviço Eletrônico de Informações
O que é?


A criação do
SEI
partiu da necessidade de integrar a administração de toda a 4ª Região
da Justiça Federal (que inclui os três estados da região sul do Brasil - PR, RS, SC) por meio absolutamente eletrônico, a fim de produzir decisões mais precisas e a atualização das informações administrativas em tempo real.



A versão inicial do sistema foi desenvolvida em pouco tempo (quatro meses), com baixo custo e com uma equipe bastante reduzida (núcleo central de três servidores. Foi desenhado (telas e definição de funcionalidades) por duas servidoras que possuíam a capacidade de entender a lógica de um sistema informatizado. A codificação ficou a cargo do servidor de tecnologia da informação.
PONTOS +
- Economia do dinheiro público (transporte, papel,
toner, impressora, demais materiais)
- Sustentabilidade, economia de papel
- Diminuição de etapas/ Agilidade
- Transparência do fluxo das informações
- O processo pode estar em mais de um lugar ao mesmo tempo
PONTOS -
- Obsolescência

- Lentidão para arquivos grandes

- Falta de preocupação com a devida indexação

- Dificuldade na recuperação de documentos

• Os arquivos possibilitam a múltipla interpretação por parte de seus usuários, ou seja, o arquivo fornece a memória registrada e a partir da análise, o usuário faz a construção de seu próprio conhecimento;

• É preciso levar em consideração que os arquivos só permitem o conhecimento de certo número de relatos (sendo estes os que emergiram graças à sua preservação no arquivo).
Arquivos como guardiões da memória
"Como instituições, os arquivos servem como monumentos às pessoas e instituições julgadas
merecedoras
de serem lembradas. Igualmente, as que são rejeitadas, por serem consideradas
não

merecedoras
, têm seu acesso negado a esses templos da memória e estão fadadas ao esquecimento de nossas histórias e de nossa consciência social. "

Terry Cook (1998, p. 148)
• "A memória assim registrada e conservada constituiu e constitui ainda a base de toda e qualquer atividade humana: a existência de um grupo social seria impossível sem o registro da memória, ou seja, sem arquivos."

Lodolini (1989) apud Gagnon-Arguin (1998, p. 34)
Principal justificativa para a existência do Arquivo
• Capacidade de oferecer ao cidadão um senso de identidade, de história, de cultura e de memória pessoal e coletiva;

• A finalidade principal dos Arquivos é o
acesso à informação
.
Arquivos e Pesquisa Histórica

O pesquisador é o responsável por fazer a relação dos documentos com o contexto histórico;


Arquivos são peças fundamentais para a pesquisa histórica, pois são a materialização da memória;
Pesquisa Histórica
• Produção de sentidos
• Construir significados
• Estabelece interpretações
OBRIGADO!
Referências:
• Thiago Barros, Techmundo: A história da WEB. (2013);
•Portal GED - Gestão Eletrônica de Documentos
• BARROS, Dirlene. AMÉLIA, Dulce. Arquivo e Memória: uma relação indissociável (2009).
• JARDIM, José Maria. As novas tecnologias da Informação e o futuro dos Arquivos. (1992)
VALLE, Eduardo. Preservação digital e gestão eletronica de documentos para museus e arquivos.
Os conceitos militares que deram origem a internet começaram a surgir em meados da década de 50, mas só nos anos 60 que a ideia se desenvolveu.

Em 1969 se estabelece o marco do nascimento da internet, com a criação da ARPANET, a rede de conexão da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada dos Estados Unidos.



Em 1973 foi feita a primeira descrição de protocolos TCP.

Em 1974 criou o termo “internet” para uma rede TCP/IP global.

Em 1983 a primeira rede de grande extensão baseada em TCP/IP entrou no ar.

Em 1985 criaram a National Science Foundation Network, um conjunto de redes universitárias interconectadas em 56 kbps.


Em 1988 abriram a rede para interesses comerciais, começando a popularização da grande
rede.

Em 1992 nasce a World Wide Web, permitindo que várias pessoas trabalhassem juntas acessando os mesmos documentos.

Nos anos 90 também surgiu o protocolo HTTPS (HyperText Transfer Protocol Secure) para garantir o envio de dados criptografados pela web, também na década de 90 as pessoas


"A Origem dos arquivos teve como base a proliferação dos documentos nas mais variadas estâncias: individuais, religiosas, jurídica, profissionais, econômicas, sociais e nacionais."

(Gomes, 1967)

ECM​
Enterprise Content Management (Gestão de conteúdo corporativo)​
São as estratégias, métodos e ferramentas utilizadas para capturar, gerenciar, armazenar, preservar e oferecer conteúdo e documentos relacionados com processos organizacionais. ECM são ferramentas e estratégias que permitem a gestão de uma organização da
informação não estruturada
, onde quer que a informação existir.​
Sigla criada pela AIIM ​

"Os arquivos são instituições públicas ou privadas, que tem como principais funções ou processos: Criação, avaliação, aquisição, classificação, descrição, comunicação, e conservação de documentos."
(ROUSSEAU, Couture. 1998)

"Documento é peça escrita ou impressa que pode oferecer prova ou informação sobre um assunto ou matéria qualquer."
(Gomes. 1967)
Sistema informatizado de gestão arquivística de documentos​
É um conjunto de procedimentos e operações técnicas, característico do sistema de gestão arquivística de documentos, processado por computador. Pode compreender um software particular, um determinado número de softwares integrados, adquiridos ou desenvolvidos por encomenda, ou uma combinação destes. [E-ARQ]​
Controle do ciclo de vida dos documentos.
O documento propôs extrapolar a dimensão do suporte em direção a informação contida nos variados documentos. Desta forma os documentos abrem caminhos para a formação da memória da humanidade.
SIGAD
Gerenciamento Eletrônico de Documentos​
Conjunto de tecnologias utilizadas para organização da
informação não estruturada
de um órgão ou entidade, que pode ser dividido nas seguintes funcionalidades: captura, gerenciamento, armazenamento e distribuição. ​
Um sistema de GED possui todas as ferramentas necessárias para que a empresa mantenha um controle adequado de seus documentos, possibilitando pesquisas rápidas, definições de limitações de acessos, aumento da segurança da informação, distribuições mais eficazes, e vários outros ganhos.
GED
• Os conceitos militares que deram origem a internet começaram a surgir em meados da
década de 50, mas só nos anos 60 que a ideia se desenvolveu.

• Em 1969 se estabelece o marco do nascimento da internet, com a criação da ARPANET,
a rede de conexão da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada dos Estados Unidos.
ECM X GED​
Ambos são ferramentas e estratégias que permitem a gestão de uma organização da informação não estruturada.​
Teorias diversas​
-ECM é a evolução do GED ​
-GED é direcionado apenas à gestão de documentos, enquanto ECM engloba ferramentas de workflow / BPM​
-ECM é o GED que se utiliza das potencialidades da Web​
-GED é voltado à gestão de documentos de departamentos, enquanto ECM trata a empresa como um todo​
SIGAD X GED
• Em 1973 foi feita a primeira descrição de protocolos TCP.

• Em 1974 criou o termo “internet” para uma rede TCP/IP global.

• Em 1983 a primeira rede de grande extensão baseada em TCP/IP entrou no ar.

• Em 1985 criaram a National Science Foundation Network, um conjunto de
redes universitárias interconectadas em 56 kbps.
Um GED trata os documentos de maneira compartimentada, enquanto o SIGAD parte de uma concepção orgânica, qual seja, a de que os documentos possuem uma inter-relação que reflete as atividades da instituição que os criou. Além disso, diferentemente do SIGAD, o GED nem sempre incorpora o conceito arquivístico de ciclo de vida dos documentos; ​[E-ARQ].
• Em 1988 abriram a rede para interesses comerciais, começando a
popularização da grande rede.

• Em 1992 nasce a World Wide Web, permitindo que várias pessoas
trabalhassem juntas acessando os mesmos documentos.

• Nos anos 90 também surgiu o protocolo HTTPS (HyperText Transfer
Protocol Secure) para garantir o envio de dados criptografados pela web,
também na década de 90 as pessoas;
Nasceram os PCs e surgiram os grandes portais, como AOL e
Yahoo, as salas de bate-papo como o ICQ e o mIRC e os serviços de
email como o Hotmail e os servidores de busca como o google.

Nos anos 2000 a internet se consolidou e a tecnologia evoluiu muito, a internet discada deu lugar a Banda Larga e a conexão no próprio celular, por meio de redes
3G e 4G.
Ficcao Científica
“forma de ficção desenvolvida no século XIX, que lida principalmente com o impacto da ciência, tanto verdadeira como imaginada, sobre a sociedade ou os indivíduos. O termo é usado, de forma mais geral, para definir qualquer fantasia literária que inclua o fator ciência como componente essencial, e num sentido ainda mais geral, para referenciar qualquer tipo de fantasia literária. Em inglês o termo ficção científica é às vezes abreviado para “sci-fi” ou SF. Em português, é abreviado para FC”.
Informação como matéria-prima
Contexto das Ficções-Científicas
Exemplos:
Full transcript