Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Os 4 cavaleiros

No description
by

Luis Gago

on 7 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Os 4 cavaleiros

Lingua Portuguesa Cena XII - Os Quatro Cavaleiros Cena XII - Os Quatro Cavaleiros Conclusão Trabalho Realizado por:
Luís Gago
Miguel Guerreiro
Carina Costa
Luís Oliveira
Daniel Barros

Prof: Manuel Morais
Lingua Portuguesa Nesta apresentação, vamos falar sobre a cena XII, “Os Quatro Cavaleiros”, da obra “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente.
. Introduçao 1.Prenche a grelha para saberes as razãos que suportam a sua ida para o paraiso. Análise da cena dos Quatro Cavaleiros: Os Quatro Cavaleiros, com a cruz de cristo as costas, entraram em cena cantando.
A canção falava que eles iriam para a barca do Anjo e que esta estava preparada com o que era necessário. Diziam também que tinham trabalhado toda a vida em honra de Deus, para conseguirem o seu lugar no Paraíso, ou seja, a sua vida eterna. Informavam ainda de que existiam, após a morte, dois caminhos, o do prazer, ou seja, a vida eterna no Paraíso, e o da dor e sofrimento, no Inferno. Reconto da cena XII - Os Quatro Cavaleiros Com esta cena Gil Vicente tenta transmitir que quem lutava por Deus tem a passagem para a Barca do Paraíso, porém com a obra critica a sociedade do século XVI pela sua ousadia e ganancia. ... No fim da canção, encontraram Diabo no caminho. Este tentou convencê-los a entrar, mas estes insistiram em não o fazer, discutiram com ele e prosseguiram o seu caminho.
Finalmente, após algum tempo, chegaram à barca da Glória. O Anjo falou com eles e disse-lhes que os tinha esperado e que iriam para o Céu, porque morreram lutando por Cristo. Disse também que seriam livres de todo o mal e mereciam a salvação. A cruzada Pronomes Chama-se cruzada a qualquer um dos movimentos militares de inspiração cristã que partiram da Europa Ocidental em direção à Terra Santa (nome pelo qual os cristãos denominavam a Palestina) e à cidade de Jerusalém com o intuito de conquistá-las, ocupá-las e mantê-las sob domínio cristão.  Percurso Cénico Cais - Barca do Anjo - Embarque Argumentos O fato de morrerem pelo triunfo do Cristianismo garante a esses personagens uma espécie de passaporte para a glorificação. Assim, não precisam de se defender, pois não são acusados de nada. Os pronomes são palavras que substituem nomes ou grupos nominais. Os pronomes podem ser: - Pessoais - O meu lápis
- Demonstrativos - Este lápis
- Relativos - O lápis que eu encontrei
- Interrogativos - Quem encontrou o lápis?
- Indefinidos - Outros lápis. Gramática 2. Justifica por que motivo se trata de um Auto de Moralidade Trata-se de um Auto de Moralidade pois transmite aos espectadores/leitores uma lição sobre o bem e o mal. Determinantes Os determinantes podem ser:
-Pessoais - Leva contigo o lápis.
-Possessivos - O lápis dela.
-Demonstrativos - Este lápis.
-Relativos - O lápis cujo pertence ao Jõao
.Interrogativos - Qual lápis?
-Indefinidos - Qualquer lápis. Determinantes Chamamos determinantes às palavras que se
escrevem antes dos nomes e que determinam
o seu género, número, posse e posição.

Os pronomes são palavras que utilizamos
em vez dos nomes. Determinantes e pronomes Estas cuecas são dela Estas cuecas - Determinante Demonstrativo

Dela - Determinante possessivo
Full transcript