Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Educação Bíblica de Filhos

No description
by

Ezeglair de Souza

on 14 May 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Educação Bíblica de Filhos

Educando Filhos na Palavra
EDUCAÇÃO E DIREÇÃO
BÍBLIA OU PSICOLOGIA?
EDUCANDO FILHOS
OBJETIVOS DA PATERNIDADE E MATERNIDADE
INVESTINDO NOS FILHOS
FORMANDO O PADRÃO BÍBLICO
SOMOS FELIZES
PAPEIS
Repetição
Outro Extremo
Influência do Padrão Familiar
Significa que nossos filhos precisam de direção e de um líder.
"Para que ordene seus filhos e sua casa”
"Como flechas na mão do valente, assim são os filhos da mocidade. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, quando falarem com os seus inimigos à porta” (Salmo 126/127 4-5).
Flecha na mão do valente
EXEMPLO:

O filósofo Jean-Jacques Rousseau afrimou: "O homem nasce bom, mas a sociedade o corrompe".
NÃO CONTAMOS COM UM ENSINO FORMAL
USAMOS A PRÁTICA - O QUE ESTÁ DANDO "CERTO"
USAMOS CONSELHOS ESPARSOS (AMIGOS, MÍDIAS, ETC.)
PADRÃO FAMILIAR HERDADO
Versículos específicos:

Efésios 6,1-3
Colossenses 3,20
Salmo 127/126,3-5
Provérbios 22, 6
Provérbios 22, 15
Deuteronômio 6

Versículos Gerais:
Padrões para todas as áreas da vida.

Padrão Bíblico
Porque, eu tenho escolhido, a fim de que ele ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, para que guardem
o caminho do Senhor
, para praticar a retidão e justiça; a fim de que o Senhor faça vir sobre Abraão o que a respeito dele se tem falado (Gênesis 18,19)
Exige de nós um relacionamento de autoridade com nossas crianças, orientando e dirigindo-as no CAMINHO em que ela devem andar.
É sob a orientação dos pais, observando e escutando os que nossos filhos, adquire o entendimento e o temor do Senhor (Cf. Provérbios 2,1-5)
É conhecendo o
"temor do Senhor"
que há a possibilidade de se conhecer a Deus
Há recompensa para os filhos que ouvem e obedecem as instruções dos pais.
A palavra nos fala do homem que enche deles (filhos-flechas) a sua aljava e não será envergonhado diante do inimigo à sua porta.

Fala dos filhos que literalmente o pai ajuda se proteger; neste sentido, podemos vê-los como parte da defesa diante do inimigo e como uma família deve aprender a lutar junta.
Uma outra aplicação para esta frase. Precisamos aprender a criar e liberar os filhos para a vida. O que um valente
(outra versão usa o termo guerreiro)
fazia com uma flecha?
*Ele a atira para longe de si. Ele a lança para atingir um alvo.
*ANTES DE “LANÇAR’ SEU FILHO, PREPARE-O
*Um filho que obedece aos pais e/ou às autoridades aparentemente, cujo coração permanece rebelde NÃO É UM FILHO INSTRUÍDO
*Educar filhos não é apenas criar regras, mas construir um relacionamento
*Regras geram rebeldia quando um filho não compreende a razão por trás da regras ou as consequências por quebrar as regras (Provérbios 22,28).
*MAIS QUE ORIENTAR É PRECISO DEMONSTRAR COM O EXEMPLO, FAZENDO VALER INTRUÇÕES, REGRAS E CONSEQUÊNCIAS.
*Jesus no deixou esse exemplo – O FILHO FAZ (aprende), O QUE VÊ O PAI FAZER.
“Mas Jesus respondeu: Na verdade, na verdade vos digo, que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se não vir fazer o Pai; porque tudo quanto ele fez, o Filho o faz igualmente”.
(João 5,19
)
NÃO ADIANTA EU LER E ENSINAR A BIBLIA PARA MEUS FILHOS E CRER MAIS NA PSICOLOGIA E APLICÁ-LA NO LUGAR DA BÍBLIA.
Lev Vygotsky desenvolveu, entre outras, a teoria do Behaviorismo (em inglês: Behaviorism, de behavior = comportamento, conduta), também designado de comportamentismo. É o conjunto das teorias psicológicas que postulam o comportamento como o mais adequado objeto de estudo da Psicologia.
O comportamento geralmente é definido por meio das unidades analíticas, respostas e estímulos investigados, pelos métodos utilizados pela ciência natural chamada análise do comportamento. Historicamente, a observação e descrição do comportamento fez oposição ao uso do método de introspecção.
O Behaviorismo Clássico parte do princípio de que o comportamento era modelado pelo
paradigma
de estímulo e resposta conhecido como condicionamento clássico. Em outras palavras, o Behaviorista Clássico, um comportamento é sempre uma resposta a um estímulo específico.
ANTAGONICAMENTE A BÍBLIA DIZ QUE:

“Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso, que todos pecaram (Romanos 5,12)
DAVI AFIRMA:
“Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe” (Salmos 50/51, 5)
* A
PSICOLOGIA
ensina a super valorizar o ego, o eu (fortalecer a auto-estima dos nossos filhos para que eles sejam bem sucedidos).
* A Bíblia diz que sem Jesus nada podemos fazer. Que todos precisamos de um Salvador. Que só pela graça somos salvos. Não adianta crermos doutrina da graça e ter a psicologia como parâmetro na educação dos nossos filhos, através da nossa vivência.
* "Cada criancinha tem um potencial imenso para o egoísmo e antagonismo a Deus” (Essa é verdade que a Bíblia ensina sobre o homem nascido em Adão – doutrina da depravação)
*Todos nascem com desejos egoístas, pecaminosos...
* Se todos nascessem bons como afirma Rosseau, porque a sociedade é corrompida?
* “Quando Adão completou cento e trinta anos, gerou um filho à sua semelhança, como sua imagem, e lhe deu o nome de Sete" (Gênesis 5,3)
* Herança que Adão nos deixou, um legado de corrupção.
* Todos nascem culpados e condenados
* Eis aí nossa dificuldade de educar nossos filhos, não conseguimos vivenciar a doutrina de que nascemos maus.
* Não há ninguém que entenda e que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.” (Romanos 3,11-12).

* Dizemos que acreditamos, mas quando olhamos para nossos filhos, nós pensamos e agimos de outra forma.
(
Obs.:
os cento e poucos anos da psicologia humanista nunca se produziu tanto crime, depravação, etc.)
* Por causa desse contexto de depravação precisamos, ENSINAR A CRIANÇA NO CAMINHO EM QUE ELA DEVE ANDAR.
* Não adianta só punir o mau comportamento ou só ensinar bom comportamento (condicionamento)
* PRECISAMOS GANHAR E PASTOREAR O CORAÇÃO DOS NOSSOS FILHOS.
* A origem do comportamento humano, O CORAÇÃO – DESTE ORIGINA TODOS OS MALES.
“Filho meu, dá-me o teu coração; e deleitem-se os teus olhos nos meus caminhos” (Provérbios 23, 26)
* Temos que tratar o coração da criança e não o comportamento. Este é só uma consequência.
* Ensinar os filhos de tal forma que possamos olhar para eles e ver o que Paulo viu em Timóteo “motivadas não pelo auto interesse, mas pelo interesse aos outros” (uma fé não fingida).
* Ensinar as crianças da necessidade do arrependimento e a fé em Cristo. É Cristo que traz mudanças permanentes no coração (nossos filhos precisam nascer de novo, precisam da graça).
* O arrependimento levará um coração cheio de auto-estima – amor próprio por um amor pelo Senhor e pelo próximo, então produzir um comportamento reto.

Com sabedoria, constância e amor ensinaremos nossos filhos no dia a dia que o evangelho é o poder de Deus que muda as pessoas de dentro para fora.

Todo pai tem que ser um catequista em sua casa.

O que nossos filhos mais precisam é de regenaração. De modo nenhum auto-estima vai salvá-los.

A Bíblia nos diz como ensinar e nos dá atribuições (papéis) do pai e da mãe na educação de nossos filhos.
O PAPEL DO PAI
– DESENVOLVER, LANÇAR, IMPULSIONAR (SL 126/127,4-5; Efésios 6,4)
1)
O pai é doador da vida

a) Por meio da fertilização do óvulo da mãe, o pai determina o sexo da criança.
b) Ele orienta o filho rumo ao destino dele
c) Os filhos recebem do pai a identidade e o destino
2)
GERAR VIDA IMPLICA EM RESPONSABILIZAR–SE POR ELA.
“E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor”. Efésios 6,4

a) Deus estabeleceu o exemplo de pai ao tomar as providências para a salvação de seus filhos quando estes pecaram.
b) A doação da vida não se limita a um ato único de Deus, mas uma participação contínua nessa vida.
3)
No período da gravidez, a perspectiva do pai é visionária.

a) Ele projeta seus sonhos para o futuro não se atendo ao presente.

b) Mesmo após o nascimento, seu papel continua a ser visionário encorajando os filhos a cumprirem o destino.
3)
Os pais tendem a impulsionar os filhos. Eles enfatizam mais:

a) O futuro e o potencial mais que as limitações.

b) O futuro seguro que a segurança sem riscos, hoje.

c) Encorajam seus filhos a se arriscarem e acreditam que o resultado ajudará a crescerem e se desenvolverem.

d) A coragem dos seus filhos em irem além de seus próprios limites atuais.

OBS.:
o inimigo tem trabalhado para remover o pai da vida do filho na época em que é mais necessário, durante a puberdade.
O PAPEL DA MÃE – NUTRIR, PROTEGER E ENVOLVER
1)
A mãe é a portadora de vida

a) Carrega consigo a vida e o pai conceberam juntos (durante a gravdez tudo o que ela faz tem uma relação direta com a criança, a mãe compartilha o corpo com o bebe em crescimento).
b) O plano de Deus é que a mãe aprenda a amar o seu filho incondicionalmente.
c) Desde a gravidez e no decorrer da vida a mãe pode não gostar do que o seu filho está fazendo, mas ela o ama de maneira incondicional.
2)
As mães se dedicam aos filhos:

a) A partir da concepção, ela se preocupa com a vida e saúde dos filhos.

b) A mãe os nutre física, emcional e espiritualmente.

c) Elas procuram proteger os filhos e se esforçam para manter a segurança deles.

d) Desde a concepção e no decorrer da vida, o coração da mãe deseja dar proteção.

Obs.: O inimigo trabalha arduamente para remover a mãe da família quando os filhos são menores.

O cumprimento dos papeis de pai e mãe, requer trabalho em equipe – esforço combinado e concentrado por parte dos pais, apoiando um ao outro.

“E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir.” Marcos 3,25

*SALVAÇÃO
*CONHECER A DEUS
*CONHECER A SI
*FORMAÇÃO DO CARÁTER
QUAL O CONHECIMENTO DE NOSSA EDUCAÇÃO? ELA FOI BÍBLICA?
DEUS ESCOLHE A FAMÍLIA PARA ABENÇOAR AS GERAÇÕES
O INIMIGO USA AS FAMÍLIAS PARA REPASSAR AS MALDIÇÕES
DEVEMOS DECIDIR O QUE VAMOS PASSAR PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES
PRECISAMOS CONHECER O PLANO DE DEUS E COOPERAR COM ELE
PROFIRA PALAVRAS DE VIDA
OUÇA & ESCUTA
CONFIRME OS SENTIMENTOS
RESPEITE
SEJA EXEMPLO
LEVE-O A CRISTO
Full transcript